Tudo Sobre

Empregos Autarquias

Editais em breve para quase 500 novas vagas

Serão abertas 294 oportunidades no Ibram e 203 chances na CNEN. Concursos serão lançados em fevereiro.



Redação
Publicado em 12/01/2010, às 10h50

Duas autarquias federais oferecerão, em breve, 497 novas ofertas de trabalho para profissionais de níveis médio e superior. Estamos falando da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN), vinculada ao Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), e do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), ligado ao Ministério da Cultura. Confira as informações sobre cada concurso previsto:

CNEN – Em setembro de 2009, o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) autorizou a Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) a realizar concurso para preencher um total de 203 vagas. Segundo a portaria, o órgão teria até quatro meses para divulgar o edital.

O prazo venceu no início de janeiro, mas o Planejamento publicou novo documento concedendo à autarquia mais 30 dias para lançar a seleção. Com a prorrogação, a abertura do processo seletivo será divulgada até, no máximo, a primeira semana de fevereiro.  Recentemente, a Fundação Conesul foi escolhida para ser a organizadora do concurso.

Das 203 oportunidades autorizadas, 115 exigirão o ensino superior completo e as 88 restantes pedirão o nível médio. De nível superior, haverá chances para pesquisador (36), tecnologista (66) e analista em ciência e tecnologia (13). Já quem possui nível médio poderá concorrer às ofertas de técnico (55) e assistente em ciência e tecnologia (33). Não foram divulgadas ainda para quais áreas de atuação serão abertas as vagas.

De acordo com informações do Ministério do Planejamento, os salários iniciais devem corresponder a R$ 5.111,07 para pesquisador, R$ 4.549,63 para tecnologista e analista e R$ 2.504,68 para técnico e assistente.

O último concurso do órgão foi promovido em 2004 pela empresa Trade Census. A CNEN disponibilizou 110 vagas, distribuídas entre as cidades de São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Recife (PE), Belo Horizonte (MG) e Goiânia (GO).

Foram oferecidas chances para pesquisador associado, pesquisador adjunto, assistente de pesquisa, tecnologista pleno, analista sênior, analista pleno, analista júnior e técnico. As ofertas eram para as mais diversas áreas de atuação, a exemplo dos setores de física, química, monitoração ambiental, engenharia de segurança, administração, telecomunicações, controle de qualidade, entre outros.

Os vencimentos básicos variavam de R$ 716,08 (técnico) a R$ 2.299,08 (analista sênior), mas o edital previa também o pagamento de gratificações por titulação.

Os inscritos às vagas de técnico, analista, tecnologista e assistente de pesquisa enfrentaram avaliação objetiva. Para as oportunidades de pesquisador, o edital previa apenas a realização de defesa pública de memorial e análise de títulos. 

Ibram – O Instituto Brasileiros de Museus (Ibram) acaba de definir a empresa organizadora de seu concurso, que oferecerá 294 chances de níveis médio e superior. De acordo com a assessoria de imprensa da autarquia, a seleção ficará sob a responsabilidade da Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab). A assessoria também informou que o edital será lançado em breve.

O Ibram recebeu o aval do Planejamento para realizar o processo seletivo em agosto de 2009 e o prazo para a publicação do edital se esgota no fim de fevereiro.

Das 294 oportunidades, 50 serão para assistente técnico, função que exige nível médio. As outras 244 vagas serão distribuídas entre carreiras de nível superior. Haverá 90 ofertas para analista, 115 para técnico em assuntos culturais e 39 para técnico em assuntos educacionais. Não foram divulgadas informações sobre as remunerações previstas para cada cargo. Este será o primeiro concurso do órgão, já que o Ibram foi criado em janeiro de 2009.

Além dessas 294 vagas já autorizadas, a autarquia também oferecerá outras 131 oportunidades futuramente. Isto porque a lei nº 11.906/2009, que implementou o Ibram, também estabeleceu a criação de 425 cargos que devem ser preenchidos através de concurso: analista (136) técnico em assuntos culturais (176), técnico em assuntos educacionais (39) e assistente (74).

Desta forma, uma segunda seleção poderá disponibilizar ainda 46 oportunidades para analista, 61 para técnico em assuntos culturais e 24 para assistente.

Talita Fusco/SP

Veja também:

DPU: edital para 311 vagas deve sair até fevereiro

BNB: órgão lançará concurso em breve

+ Resumo Empregos Autarquias

Autarquias
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Ensino Médio, Ensino Superior
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão

+ Agenda

12/01/2011 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas