Edital para 138 vagas sai até dia 30 de abril

As oportunidades são para advogado da União e procurador da Fazenda. O salário inicial para ambas as carreiras de é de R$ 14,9 mil

Redação
Publicado em 23/04/2012, às 14h04

A Advocacia Geral da União (AGU) informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que os editais dos concursos que visam preencher 138 oportunidades de procurador da Fazenda Nacional e advogado da União devem sair ainda até o próximo dia 30.

Um edital trará 70 oportunidades para procurador da Fazenda Nacional e outro oferecerá 68 postos para advogado da União. Para concorrer a qualquer um dos cargos, o interessado deve ter formação superior em direito, estar inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e ter, no mínimo, dois anos de prática forense. O salário inicial para ambos os cargos é de R$ 14.970,60.

Ainda segundo o órgão, o concurso para procurador da Fazenda será organizado pelo Esaf (Escola Superior de Administração Fazendária), enquanto o para advogado da União caberá ao Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB) – o contrato com esta última instituição foi publicado na edição de 5 de abril do Diário Oficial da União.

O último concurso para a AGU foi aberto em 2008 e ofereceu 68 vagas de advogado. A organizadora foi o Cespe/UnB. A seleção atraiu 23.942 candidatos, o queresultou em concorrência de mais de 278 concurseiros por vaga. À época, osalário oferecido foi de R$ 14.049,53. A seleção dos candidatos compreendeu etapas de prova objetiva com 200 questões, avaliação dissertativa, exame oral e prova de títulos.  Na prova objetiva, as questões foram distribuídas em três grupos, no primeiro as perguntas versavam sobre direito administrativo, constitucional, financeiro e econômico, tributário, ambiental; no segundo grupo abordava direito civil, processualcivil, comercial, internacional público; enquanto no terceiro o foco dasquestões era para as disciplinas de direito penal (legislação específica) e processual penal, do trabalho e processual do trabalho, e direito da seguridade social.

Já para procurador da Fazenda, o último edital saiu em 2007 e também contou comorganização da Esaf. Houve oferta de 250 vagas mais formação de cadastro reserva. A remuneração inicial à época foi de R$ 10.497,56. 

Comentários

Mais Lidas