Tudo Sobre

Concurso Educação

Goldman sanciona criação de 900 vagas

Oportunidades de nível médio e superior serão para Unesp e Famerp, e deverão ser preenchidas de forma gradativa



Redação
Publicado em 04/01/2011, às 15h49

Ainda sob os últimos instantes de 2010, continuaram a sair boas notícias para os concurseiros. O Diário Oficial do Estado de São Paulo trouxe na edição da última terça-feira (28), a promulgação pelo então governador Alberto Goldman (PSDB) de dois projetos de leis que criam juntos cerca de 900 oportunidades para duas universidades públicas: a Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp) e a Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp).

Para a Unesp foram criadas 600 oportunidades de professor assistente-doutor, sendo 550 em regime de dedicação integral à docência e à pesquisa (RDIDP), 40 em regime de turno completo (RTC) e 10 em regime de tempo parcial (RTP). Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria de Ensino Superior, as oportunidades previstas na lei complementar 1.129/2010 “serão preenchidas de forma gradativa por meio de vários editais específicos, podendo, inclusive, ser destinadas a reposições de quadro”. As diversas unidades de ensino deverão lançar os editais, definindo áreas de atuação dos professores, pré-requisitos e salários.

Farmep – Também foi promulgado o projeto de lei número 1.130 de 27 de dezembro, que constitui o quadro de pessoal técnico e administrativo da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto. Ficou estabelecido que agora todas as vagas de empregos públicos deverão ser preenchidas por meio de concurso.

O quadro de pessoal permanente da faculdade foi estabelecido em um total de 345 postos, sendo 43 para analista de serviço administrativo, 65 para analista de serviço acadêmico, 140 para auxiliar de serviço administrativo e 93 para técnico de serviço acadêmico; outras quatro oportunidades serão para as carreiras de técnico em saúde do trabalhador e especialista em saúde do trabalhador 1 e 2 – outros 87 postos estão previstos como cargos de confiança. Os novos servidores serão contratados em regime de CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) e terão direito a benefícios como ajuda de custo, diárias e gratificações e outras vantagens previstas em lei. As novas oportunidades também deverão ser preenchidas de forma gradativa. 

Vale destacar que a nova lei prevê que a instituição terá prazo de um mês para aferir seu quadro atual de servidores. Funcionários que já estavam na instituição em 27 de setembro de 1994 passarão a constituir o quadro especial em extinção da Secretaria de Ensino Superior.

Confira a íntegra da matéria na edição 1570 do Jornal dos Concursos & Empregos já nas bancas.

Aline Viana

Veja também:

UFPR (PR)/Saúde: HC poderá abrir 180 vagas temporárias

Sefaz (RJ)/ Secretaria deverá lançar em breve três editais

+ Resumo do Concurso Educação

Educação
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Educação
Escolaridade: Ensino Superior
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: SP

+ Agenda do Concurso

04/01/2012 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas