Governo autoriza concurso para agentes educacionais

Vagas serão nas funções de merendeira, inspetor de alunos e auxiliar de serviços gerais para suprimento das demandas das escolas da rede estadual de ensino

Redação
Publicado em 08/02/2013, às 10h39

Na última quinta-feira (7), o governador do Estado do Paraná, Beto Richa, liberou a contratação de merendeiras, inspetores de alunos e auxiliar de serviços gerais (agentes educacionais 1) para suprimento das demandas das escolas da rede estadual de ensino.
Segundo Richa, a medida garantirá ainda mais tranquilidade nesse início de ano letivo. Somada às contratações do ano passado, as escolas estarão supridas com cerca de 9.000 funcionários na categoria agente educacional 1. “São profissionais que darão apoio aos trabalhos dos diretores e dos alunos. Mas, temos ainda muitos avanços pela frente”, destacou o governador. 
O número de profissionais de cada escola da rede é determinado pelo número de alunos atendidos e também pelo tamanho da edificação. “A medida do governador garante que nenhuma escola ficará sem esses profissionais”, destacou o secretário da educação e vice-governador, Flávio Arns. A Secretaria já comunicou os 32 Núcleos Regionais de Educação sobre a decisão do governador. 
Segundo Arns, nos últimos dois anos foram nomeados 17 mil profissionais para os quadros da educação. Neste ano serão contratados mais de 13 mil professores por concurso público, conforme compromisso do governo com a categoria. “Queremos valorizar os professores, funcionários e pedagogos, que fazem a educação de qualidade”, afirmou.
O secretário destacou também o fortalecimento na área pedagógica, a maior autonomia para as escolas, investimentos na infraestrutura física das escolas, no transporte e merenda escolares, aquisição de novos equipamentos de tecnologia, o incentivo ao fortalecimento dos grêmios escolares e à participação da comunidade escolar.
Com informações da Agência de Notícias do Paraná
Renan Abbade/SP

Comentários

Mais Lidas