Tudo Sobre

Empregos Previdência

INSS e Previc deverão lançar concursos em 2010

Pedidos de abertura de seleções já foram feitos ao Ministério do Planejamento. Ofertas serão preenchidas por profissionais de níveis médio e superior.



Redação
Publicado em 25/05/2010, às 11h38

Dois órgãos vinculados ao Ministério da Previdência Social (MPS) devem promover novos concursos em 2010. O primeiro é o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que oferecerá oportunidades para técnico e analista do Seguro Social. A outra seleção será lançada pela Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) e ofertará vagas para especialista, analista e técnico. Veja as informações sobre cada processo seletivo previsto!

INSS – A assessoria de comunicação do Ministério da Previdência informou, recentemente, que o INSS já solicitou autorização do Planejamento para abrir nova seleção de técnico e analista. Segundo a assessoria, a expectativa é que sejam autorizadas duas mil novas vagas. Em abril, o instituto nomeou mil servidores aprovados no último concurso, que ocorreu em 2008. Também no último mês expirou a validade desta seleção.

O cargo de técnico exige dos interessados nível médio, enquanto a carreira de analista é voltada a profissionais com graduação superior completa. Segundo nota veiculada no portal de notícias da pasta da Previdência, atualmente, os salários iniciais correspondem a R$ 2.676,44 (técnico) e R$ 4.667,65 (analista).

No concurso de 2008 também foram disponibilizadas duas mil vagas, das quais 1.400 eram para técnico e 600 para analista. De analista, havia ofertas para graduados em qualquer curso superior, arquitetos, arquivistas, engenheiros em várias áreas, pedagogos, psicólogos, terapeutas ocupacionais etc.

Esta seleção foi organizada pelo Cespe/UnB e as taxas de participação custaram R$ 47 (técnico) e R$ 56 (analista). Os participantes enfrentaram avaliação objetiva composta por 150 questões de conhecimentos básicos, complementares e específicos.

Previc – A Previc também promoverá seu primeiro processo seletivo em breve. De acordo com a assessoria de imprensa do órgão, já foi enviado ao Planejamento o pedido para abertura do concurso e a previsão é que a solicitação seja aprovada ainda no primeiro semestre. O objetivo da autarquia é abrir a seleção em 2010, porém, devido ao período eleitoral que vigorará a partir de julho, a nomeação dos aprovados deve acontecer apenas em janeiro do ano que vem.

A lei nº 12.154/09, que recriou o órgão no fim de 2009, estabelece a implementação de 200 postos de trabalho, todos preenchidos através de concurso. Haverá cem oportunidades para especialista em previdência complementar (nível superior), 50 para analista administrativo (nível superior) e 50 para técnico administrativo (nível médio). Ainda não foram divulgadas, no entanto, para quais áreas haverá vagas.

De acordo com a assessoria, o concurso oferecerá todas estas 200 chances, mas, somente 50% dos aprovados serão nomeados de imediato. Os salários iniciais previstos na lei, a partir de 1º de julho deste ano, corresponderão a R$ 2.424,39 (técnico) e R$ 4.600 (analista e especialista).

Recentemente, foi publicado o regimento da autarquia, que fixa as competências, a estrutura e a composição do órgão. Em um dos artigos do regimento, consta que, além da sede em Brasília (DF), haverá escritórios regionais em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Pernambuco e Rio Grande do Sul.

Talita Fusco/SP

Veja também:

Projetos de lei: senado aprova PLs que criam 626 vagas

Prefeitura/SP: franco da Rocha lançará concurso para 157 vagas

+ Resumo Empregos Previdência

Previdência
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Ensino Médio, Ensino Superior
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão

+ Agenda

25/05/2011 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas