Tudo Sobre

Concurso TCM

Lei institui 50 cargos de nível superior no órgão

Novos cargos serão para técnico de controle externo, engenheiro e analista de informação. Oportunidades serão preenchidas por concurso.



Redação
Publicado em 16/06/2010, às 12h11

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, sancionou, no dia 10 de junho, a lei nº 5.187/2010 que cria vagas para três carreiras no Tribunal de Contas do Município (TCM/RJ). Ao todo, foram implementados 50 cargos de nível superior, divididos entre as atividades de técnico de controle externo (35 vagas), engenheiro (9) e analista de informação (6). Estas chances serão preenchidas através de concurso, o que gera a expectativa de que o órgão realize processos seletivos em breve.

Além dos cargos implementados, a lei também alterou os valores iniciais de gratificação oferecida aos profissionais do tribunal e instituiu o benefício do auxílio-refeição aos servidores. Graças ao aumento no valor da gratificação, o salário  inicial para as carreiras de nível superior corresponderá a R$ 8.605,15.

Demanda – Segundo o texto do projeto de lei nº 602/2010, que deu origem à lei, o órgão demandará mais profissionais devido à Copa do Mundo de 2014 e às Olimpíadas de 2016. Tais eventos, de acordo com o projeto, aumentarão consideravelmente as ações de fiscalização na cidade, como a análise de editais de licitação, o acompanhamento da execução de obras, entre outras atividades.

Segundo o projeto de lei, os 50 cargos criados causarão um impacto orçamentário de quase R$ 3 milhões em 2011, ano em que os aprovados na futura seleção deverão ser convocados para tomar posse no órgão.

Concurso anterior – Em 2003, o Tribunal de Contas publicou edital para os mesmos três cargos. Para analista de informação, foram oferecidas quatro vagas e, para engenheiro, havia 2 ofertas. Já o cargo de técnico de controle externo disponibilizou 10 oportunidades. Para concorrer, era necessário comprovar graduação superior completa em área correspondente. Apenas o cargo de técnico possuía como requisito a formação em qualquer curso superior. A remuneração para todas as carreiras correspondia a R$ 2.853,93.

A prova objetiva para analista de informação continha perguntas sobre português, inglês, conhecimentos específicos e raciocínio lógico. A avaliação para engenheiro foi composta por questões das mesmas disciplinas, com exceção da língua inglesa.

O exame para o cargo de técnico foi o mais extenso. Na primeira parte, os candidatos enfrentaram perguntas de português, auditoria, contabilidade geral e pública, economia, matemática financeira e raciocínio lógico. Na segunda parte, foi cobrado conhecimento em administração, noções de informática e direito (administrativo, constitucional e financeiro).

Talita Fusco/SP

Veja também:

Banco Central: sancionada lei que cria cargos de procurador

SEFAZ/RJ: secretaria abrirá concurso para oficial em breve

+ Resumo do Concurso TCM

TCM
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Ensino Superior
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: RJ

+ Agenda do Concurso

16/06/2011 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas