Tudo Sobre

Empregos Ministérios

Ministério da Defesa: liberadas 368 vagas temporárias

Processo seletivo simplificado terá como objetivo contratar profissionais pelo período de um ano para satisfazer necessidades pontuais do Comando da Aeronáutica



Reinaldo Matheus Glioche
Publicado em 24/07/2013, às 15h23

O Ministério da Defesa está autorizado pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) a iniciar os preparativos para a realização de processo seletivo simplificado para a contratação temporária de 368 profissionais.

O objetivo da seleção, de acordo com o disposto na portaria publicada no Diário Oficial da União que oficializou-a, é atender a encargos temporários de obras e serviços de engenharia de excepcional interesse público, executados pelas unidades que integram a Comissão de Aeroportos da Região Amazônica do Comando da Aeronáutica. A sede do órgão está localizada em Belém.

A duração do contrato dos aprovados deve ser de um ano, prorrogável por período de até quatro anos, conforme prevê a lei nº 8.745/1993.

O MPOG não fixou nenhum prazo ao Ministério da Defesa para a divulgação do edital, mas estabeleceu critérios para as contratações que devem ser comunicadas à pasta comandada pela ministra Miriam Belchior.  A remuneração dos contratados é outra definição a cargo da Defesa que deve estipular os vencimentos e destacá-los no edital.

Ofertas

Haverá oportunidades para todos os níveis escolares. No nível fundamental destacam-se as vagas para cozinheiro de embarcações, cozinheiro geral, auxiliar de cozinha, auxiliar de estruturas metálicas, auxiliar de limpeza, auxiliar de mecânica e autos, auxiliar de pintor de automóveis, vigia e carpinteiro.

As oportunidades para os níveis médio e técnico se segmentam em muitas funções, tais como: almoxarife, apontador de obras, condutor maquinista fluvial, bombeiro hidráulico, eletricista predial, eletricista de autos, encarregado de soldagem, funileiro de veículos, garçom, lixador de peças de metais, telefonista, técnico de saneamento, técnico eletrônico, técnico em contabilidade, técnico em secretariado e técnico em telecomunicações.

Há menos vagas para profissionais com nível superior e elas se concentram majoritariamente na área de engenharia. 

Os interessados podem conferir no anexo a lista com todos os cargos que constarão do processo seletivo e suas respectivas vagas.

+ Resumo Empregos Ministérios

Ministérios
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Administrativa, Operacional
Escolaridade: Ensino Fundamental, Ensino Médio, Ensino Técnico, Ensino Superior
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: PA

+ Agenda

24/07/2014 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas