Tudo Sobre

Empregos Ministérios

Ministérios terão 5.142 vagas nos próximos meses

Pastas da Saúde, Trabalho, Integração Nacional e Combate à fome lançarão editais para níveis médio e superior



Redação
Publicado em 08/11/2012, às 10h13

Quem deseja prestar um concurso para ingressar no serviço público federal tem boas opções para os próximos meses. Alguns dos principais ministérios se organizam para divulgar editais com oportunidades para os níveis médio e superior. São eles o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, o Ministério da Integração Nacional e o Ministério da Saúde. Juntos, eles somam 2.742 vagas. Mas não é tudo. O Ministério do Trabalho, ainda que se encontre em um estágio preliminar, atua para abrir 2.400 oportunidades no início de 2013.

Integração Nacional

O órgão tem até o dia 12 de dezembro para divulgar o edital com 122 ofertas. Para a função de assistente técnico administrativo serão abertas 33 vagas. O cargo exige ensino médio completo e apresenta uma remuneração de R$ 2.322,05. Para concorrer à posição de analista técnico administrativo será preciso ter formação superior. Serão 85 oportunidades para a função que apresenta vencimentos de R$ 3.714,22. O último posto com ofertas será o de engenheiro, que demanda formação específica na área, e que terá quatro vagas. O salário, no entanto, será o maior: R$ 4.834,22.

Saúde

Com a definição do Cespe/UnB como organizadora, o Ministério da Saúde deverá publicar até dezembro o edital de seu próximo concurso com 2.500 oportunidades para 17 Estados. O atraso na publicação do edital, inicialmente previsto para outubro, se deve à alteração no quadro de vagas previstas.

Ao fim de setembro, o Ministério do Planejamento publicou uma portaria de retificação do quadro de oportunidades. As carreiras de nível médio continuam com a maior parte das vagas, porém, caiu de 1.370 para 1.249 as oportunidades para auxiliar de enfermagem, técnico de laboratório caiu de 60 para 16 oportunidades e a carreira de agente de saúde pública não será mais contemplada. O salário inicial para este grupo é de R$ 2.322,02.

Também houve mudanças no quadro de postos para as carreiras de nível superior: enfermeiro saltou de 540 vagas para 623, médico foi de 125 para 210, odontólogo subiu de 165 para 219, assistente social passou de 45 para 47, administrador continua com 30 vagas e nutricionista caiu de 35 para 29. As novidade são as carreira de farmacêutico com 54 vagas e de uma oportunidade para terapeuta ocupacional. A remuneração inicial para as carreiras de nível superior é de R$ 3.714,22.

Os servidores do ministério recebem como benefícios auxílio-transporte, auxílio-alimentação, auxílio-pré-escolar, planos de saúde, entre outros.

Os aprovados irão reforçar o quadro de servidores responsáveis pelos setores de saúde indígena, saneamento básico e ambiental. A distribuição das vagas se dará em 15 distritos sanitários especiais indígenas (DSEIs): Litoral Sul (compreende a área litorânea dos estados de SP, SC, PR e RS), Interior Sul (região de fronteira dos estados de SP, SC, PR e RS), Minas Gerais e Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Alagoas e Sergipe, Bahia, Ceará, Pernambuco, as cidades mato-grossenses de Cuiabá, Xingu, Xavante e Kaiapó, além da região do Araguaia (GO, MT e TO).

Combate à Fome

Expira em janeiro o prazo concedido pelo Ministério do Planejamento para que seja liberado o edital de abertura do processo seletivo simplificado com vistas ao preenchimento de 120 vagas no órgão.

A justificativa para o novo processo seletivo é atender às necessidades excepcionais do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome relativas à implementação do Plano Brasil sem Miséria, à estruturação da Secretaria Extraordinária para Superação da Extrema Pobreza (SESEP), a liquidar o estoque de prestação de contas de convênios, entre outras atividades de maior premência.

Todas as oportunidades contemplam o nível superior.  Psicologia, tecnologia da informação, direito, engenharia, serviço social e economia são as especialidades mais pretendidas, mas haverá vagas para graduados em qualquer área.

Ainda que não haja especificação a respeito dos vencimentos que serão oferecidos para esses profissionais, a base remuneratória dos cargos de nível superior no âmbito dos ministérios do governo federal no primeiro ano de serviço figura entre R$ 3.559,47 e R$ 5.650.

Trabalho

O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) aguarda autorização do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão para mais de 2.400 oportunidades, entre cargos de níveis médio e superior. A expectativa é que a liberação ocorra até o fim do semestre, com a publicação dos editais no próximo ano.

Um total de 1.858 postos deverá atender à parte administrativa do MTE. O ministério não divulgou a relação de cargos solicitados, mas o concurso deverá seguir o mesmo padrão do concurso de 2008, quando houve a oferta da maioria dos cargos (1.648 vagas) para a carreira de agente administrativo. Para concorrer ao posto, os candidatos deverão ter nível médio completo e farão jus a remuneração inicial de até R$ 2.514,42, em valores de hoje. Já os cargos de nível superior oferecem remuneração inicial de até R$ 4.146,22.  O ministério ainda oferece benefícios como vale-alimentação e vale-transporte.

A expectativa é que haja vagas distribuídas em todo o território nacional.

As outras 629 vagas são para auditor fiscal do trabalho (nível superior) e o órgão espera pela liberação do concurso desde 2011. Segundo declarações do ministro Brizola Neto, o edital deverá ser publicado em 2013. Vale destacar que o sindicato da categoria mantém o pleito de concurso para 1.200 oportunidades, com o objetivo de suprir o déficit de servidores em razão de aposentadorias e exonerações. O salário inicial é de R$ 13.600, podendo alcançar até R$ 19.451 no topo da carreira.

Reinaldo Matheus Glioche/SP

Aline Viana/SP

+ Resumo Empregos Ministérios

Ministérios
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Administrativa, Saúde, Operacional
Escolaridade: Ensino Médio, Ensino Superior
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: AC, AL, AM, AP, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RO, RR, RS, SC, SE, SP, TO

+ Agenda

08/11/2013 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas