Tudo Sobre

Empregos SPPREV

Órgão institui comissão responsável por concurso

Seleção, autorizada no início da semana pelo governador Alberto Goldman, ofertará 179 vagas para técnico (nível médio) e analista (nível superior).



Redação
Publicado em 09/12/2010, às 11h03

Somente dois dias após ser publicado o despacho do governador Alberto Goldman autorizando a São Paulo Previdência (SPPREV) a promover novo concurso, a autarquia anunciou que a comissão responsável pelo processo seletivo já está constituída.  A portaria que trouxe os nomes dos servidores do órgão foi publicada na edição desta quinta-feira, 9 de dezembro, do Diário Oficial de São Paulo.

Segundo a assessoria de imprensa da SPPREV, ainda não há nenhuma informação sobre a data prevista para a publicação do edital, mas a rápida formação da comissão responsável pelo concurso pode indicar que o órgão tem pressa em lançar a seleção. Antes da publicação do edital, no entanto, a autarquia deverá anunciar qual será a empresa organizadora.

Chances – Vinculada à Secretaria da Fazenda (Sefaz), a SPPREV oferecerá 179 oportunidades para profissionais de níveis médio e superior. Serão abertas 12 ofertas para analista em gestão previdenciária (nível superior) e 167 para técnico em gestão previdenciária (nível médio).

A assessoria não informou os valores atuais dos salários de analista e técnico. De acordo com o edital da seleção que ocorreu em 2009, as remunerações iniciais correspondiam a R$ 3.800 para analista e a R$ 1.400 para técnico.

Seleção anterior – No início de 2009, a São Paulo Previdência abriu 325 vagas de técnico e analista. Para analista, havia 75 ofertas, todas para atuação na capital paulista. Para participar do concurso, foi preciso comprovar graduação completa em qualquer curso superior.

Já as 250 chances de técnico (nível médio) eram para diversas cidades do Estado. A maioria – 220 – estava concentrada em São Paulo, mas também foram ofertadas oportunidades para Araçatuba, Araraquara, Campinas, Bauru, Santos, Taubaté, entre outros municípios.

Sob a responsabilidade da Fundação Vunesp, as taxas de inscrição custaram R$ 38 para técnico e R$ 60 para analista. Todos os candidatos enfrentaram prova objetiva. Para os concorrentes às chances de analista, houve também avaliação de títulos e curso de formação.

No exame para técnico, foi cobrado conhecimento em português, matemática e noções de informática, enquanto para analista, foram aplicadas questões sobre português e conhecimentos específicos. Segundo a Vunesp, 74.496 pessoas se inscreveram no concurso, sendo 66.469 para a carreira de técnico em gestão previdenciária.

Sobre o órgão – A São Paulo Previdência é responsável pela administração da folha de pagamento de pensões e aposentadorias dos órgãos da administração direta e indireta do Estado de São Paulo.

De acordo com a SPPREV, também cabe a ela administrar as pensões e aposentadorias dos profissionais da Assembleia Legislativa (Alesp), do Tribunal de Contas do Estado (TCE/SP), do Poder Judiciário, do Ministério Público, da Defensoria Pública e das universidades estaduais.

Talita Fusco/SP

Veja também:

Transpetro: empresa deverá abrir concurso público em 2011

PM/AM: concurso terá mais de 2 mil ofertas

+ Resumo Empregos SPPREV

SPPREV
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Não definido
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão

+ Agenda

09/12/2011 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas