Tudo Sobre

Concurso Procon

Sancionada lei que cria novos cargos

O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, sancionou a lei nº 5.738/10 que transforma o Programa de Orientação e Proteção ao Consumidor (Procon/RJ) em autarquia. O documento prevê, também, a criação de 181 ofertas efetivas para o órgão.



Redação
Publicado em 08/06/2010, às 10h43

O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, sancionou a lei nº 5.738/10 que transforma o Programa de Orientação e Proteção ao Consumidor (Procon/RJ) em autarquia. O documento prevê, também, a criação de 181 ofertas efetivas para o órgão. As chances deverão ser preenchidas por meio de concursos.

Lei nº 5.738/10Em maio, a Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) aprovou o projetonº 2.955/10 que deu origem a lei nº 5.738/10. O documento proporciona ao Procon/RJ maior autonomia administrativa, técnica e financeira, além de patrimônio próprio. De acordo com a lei, o órgão terá o prazo de um ano para realizar concurso e substituir servidores que foram cedidos de outras instituições.

Oportunidades – As ofertas serão para os seguintes cargos: agente administrativo (25), agente de proteção e defesa do consumidor (50), técnico em contabilidade (3), técnico em informática (3). Já para nível superior, as ofertas serão para analista de proteção e defesa do consumidor (80), executivo público (10) e advogado (10). Os vencimentos deverão variar de R$ 1.470 a R$ 8.027,17. Os servidores poderão receber gratificações e outros benefícios como vale - alimentação, auxílio transporte e plano de saúde.  Também serão criadas 23 funções comissionadas. Haverá 11 vagas de chefe de departamento, uma de chefe de divisão e 11 de coordenador de núcleo regional.

De acordo com a lei, os agentes administrativos realizarão atendimento à população. Já os agentes de proteção e defesa do consumidor orientarão os consumidores nas relações de consumo e realizarão coleta de campo para subsidiar estudos e pesquisas. Os técnicos em contabilidade ficarão responsáveis pelas atividades contábeis e elaborarão relatórios específicos. Os técnicos em informática prestarão assistência ao usuário e supervisionarão os equipamentos de informática. Os analistas ficarão responsáveis por solucionar reclamações, consultas ou denúncias. Já os advogados prestarão assessoria jurídica e os executivos públicos planejam e coordenam atividades administrativas e técnicas.

Procon/RJ – O Procon/RJ é responsável por planejar, coordenar, regular e executar a política estadual de proteção e defesa do consumidor. Além disso, dentre as suas funções destacam-se: prestar ao consumidor orientações sobre os seus direitos; desenvolver programas educativos, estudos e pesquisa na área; medir soluções negociadas entre fornecedores e consumidores; e receber e analisar denúncias apresentadas por entidades ou consumidores individuais.  (fonte: www.procon.rj.gov.br)

Samantha Cerquetani/SP

Veja também:

TCU/DF: definido organizador de concurso para auditor

Educação/SP: Governador autoriza 4.072 vagas temporárias

+ Resumo do Concurso Procon

Procon
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Não definido
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: RJ

+ Agenda do Concurso

08/06/2011 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas