Tudo Sobre

Concurso Educação

Câmara aprova projeto de lei com 8,4 mil cargos

O documento seguirá agora para o Senado.



Redação
Publicado em 26/10/2009, às 15h51

A Câmara dos Deputados aprovou, nesta última semana, o projeto de lei nº. 1746/2007 que cria cargos efetivos e comissionados no Ministério da Educação.  Deverão ser criados 2.800 cargos de professor da carreira do magistério superior, cinco mil vagas de técnico-administrativo, 180 de direção e 420 funções gratificadas. O documento seguirá agora para o Senado.

De acordo com o projeto de lei, os cargos e as funções propostas destinam-se ao atendimento de necessidades decorrentes da política de expansão do ensino superior federal e às necessidades internas das universidades, que aumentaram seus cursos sem, contudo, oferecerem condições aos seus gestores e diretores.

Vagas – As ofertas de cargos efetivos serão distribuídas da seguinte forma: nível médio- assistente em administração (1000 vagas), técnico em contabilidade (228), técnico de laboratório –área (1000) e técnico em tecnologia da informação (500). Nível superior – administrador (713), analista de tecnologia da informação (513), arquiteto (57), auditor (40), bibliotecário (228), contador (114), economista (57), engenheiro (57), secretário executivo (146) e técnico em assuntos educacionais (347).

Samantha Cerquetani/SP

Veja também:

Correios: novos editais devem ser publicados em breve

Saúde/SP: Secretaria realizará concurso para o Samu

+ Resumo do Concurso Educação

Educação
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Não definido
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão

+ Agenda do Concurso

26/10/2010 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas