Tudo Sobre

Concurso SME

Secretaria abrirá 1.530 vagas de Professor

Ainda não há previsão de como as oportunidades serão distribuídas e nem para quais disciplinas haverá vagas.



Redação
Publicado em 29/12/2008, às 11h09

O prefeito Gilberto Kassab autorizou a Secretaria Municipal de Educação a realizar concurso para 1.530 vagas de Professor de Ensino Fundamental II e Ensino Médio. Ainda não há uma previsão de como as oportunidades serão distribuídas e nem para quais disciplinas haverá vagas.

De acordo com a autorização, o concurso visa à reposição dos quadros da Secretaria e também o preenchimento de novas vagas que surgirão com a criação de unidades escolares na cidade de São Paulo. Os interessados devem possuir o nível superior com licenciatura na área para a qual vai ministrar a disciplina.

Segundo o Sindicato dos Professores e Funcionários Municipais de São Paulo (Aprofem), o salário inicial do Professor que cumpre a Jornada Básica do Docente (JBD) é de R$ 1.121,38. No entanto, uma lei municipal instituiu o piso da categoria em R$ 1.475. Por isso, nenhum Professor da rede municipal recebe menos do que esse valor, e a diferença (R$ 353,62) é dada a título de abono complementar. Durante a carreira, o salário pode chegar a R$ 2.241,78. A JBD é de 30h/aula semanais, sendo 25h/aula cumpridas em sala de aula e as 5 restantes para atividades desenvolvidas fora da classe.

No segundo ano de trabalho efetivo, o Professor poderá optar pela Jornada Especial Integral de Formação (JEIF), de 40h/aulas semanais, sendo 25h/aula em sala de aula e 15h/atividades. Nesse caso, o salário inicial salta para R$ 1.950 (já incluído o abono complementar) e pode chegar a R$ 2.998,96 ao longo da carreira.

Concurso de acesso
A prefeitura também foi autorizada a realizar concurso de acesso para preencher 331 cargos vagos de Gestor Educacional, sendo 230 a Coordenador Pedagógico, 97 de Diretor de Escola e 4 para Supervisor Escolar. Essas vagas são destinadas a servidores da área da Educação Municipal já detentores de cargos efetivos.

Dicas de Estudo
Em entrevista ao Jornal dos Concursos, o presidente da Aprofem, Ismael Nery Palhares Junior, relatou que a parte didática/pedagógica cobrada nos concursos anteriores para Professor não deve sofrer tantas mudanças e os candidatos podem estudar tendo como base aqueles autores que geralmente são cobrados.

Na parte referente à Legislação, ele garante que a nova lei será bastante explorada e que aqueles que almejam uma vaga tanto de Professor quanto de Gestor Educacional devem concentrar os estudos nesse conteúdo. Outra dica dada pelo presidente da Aprofem é que, além de estudar a lei, os candidatos devem, ainda, procurar pelas atualizações que ela já sofreu. A lei 14.660/07 trouxe novidades em relação à jornada de trabalho e denominação de cargos, por exemplo, modificando artigos das leis que mais eram cobradas anteriormente (a 11.229/92 e 11.343/93).

Para o presidente do Sindicato, a Secretaria Municipal da Educação não deve tardar a publicar o edital do concurso de Professor. Ele afirma que há condições de todas as etapas serem concluídas até a metade do próximo ano e os aprovados tomarem posse ainda em 2009. E, apesar do concurso de 2007 para Professor ter validade até 2009, as listas de remanescentes nas disciplinas de Ciências, Geografia, Inglês, Matemática, Educação Artística e Educação Física já se esgotaram, o que indica a necessidade de uma nova seleção ser realizada o quanto antes.



Samantha Cerquetani/SP

+ Resumo do Concurso SME

SME
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Não definido
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: SP

+ Agenda do Concurso

29/12/2009 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas