Tudo Sobre

Concurso TRT

TRT/SP esclarece critérios para próximo concurso

Levantamento interno das necessidades do órgão tem sequência e prazos serão estabelecidos depois de escolhida empresa organizadora. Haverá vagas para os níveis médio e superior



Reinaldo Matheus Glioche
Publicado em 08/07/2013, às 14h40

Um dos concursos mais aguardados do segundo semestre em São Paulo certamente é oque proverá vagas nos cargos de analista judiciário (nível superior) e técnico judiciário (nível médio) nos quadros do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT 2). Anunciado no início de 2013, e formalmente autorizado no fim do primeiro trimestre do ano, o concurso é prometido para os próximos meses, ainda que haja resistência por parte da assessoria do tribunal em estipular uma previsão mais concreta. Atualmente, vive-se a fase de levantamento interno das necessidades do órgão para os dois cargos que constarão do próximo edital. Em abril, esse número girava em torno de 180. Agora, esse número já é de 256. Esse montante, porém, não deve repercutir no número de ofertas que serão disponibilizadas para efetivação imediata.

Segundo a assessoria de imprensa do órgão, esse levantamento tem como objetivo mapear as necessidades do tribunal e guiar as áreas prioritárias (execução demandados, judiciária, administrativas, etc), mas o que influencia o número de vagas efetivas é mesmo a capacidade orçamentária do órgão no momento da abertura do concurso público. Nesse sentido, esse número de vagas mais avantajado pouco tem a dizer sobre o que, de fato, constará do edital em matéria de oportunidades. Soma-se a essa informação, o fato do TRT 2 se alimentar com assiduidade do cadastro reserva, sempre presente em seus concursos, nomeando servidores em mais de 1.000% do número de vagas disponibilizadas em edital. De acordo com a assessoria, essa política de nomeações constantes durante a validade do concurso é um ajuste que se faz às demandas orçamentárias. Por isso, o próximo edital não deve ofertar mais que algumas dezenas de vagas, ainda que a necessidade de momento clame por muito mais.

Ajustando metas

O TRT 2 informa, ainda, que não há como falar em prazos sem ter a definição de que empresa será responsável pela organização da seleção. Vencida essa etapa,argumenta o setor de recursos humanos do órgão, será possível estabelecer um cronograma mais factível.

Ofertas

Para a posição de técnico judiciário, que de acordo com a modalidade pode ter outras exigências além do ensino médio, haverá ofertas nas modalidades administrativa,digitação, enfermagem, operação de computadores, tecnologia da informação, artes gráficas, carpintaria, marcenaria, estrutura de obras de metalurgia,telecomunicações e eletricidade, mecânica, copa, telefonia, transporte e segurança.

A remuneração para esse grupo consiste em R$ 4.703,08.

As oportunidades para analista judiciário, função que demanda formação superior,se dividem nas seguintes modalidades: administrativa (qualquer curso superior),judiciária (direito), execução de mandados (direito), contabilidade, tecnologia da informação, biblioteconomia, clínica geral, medicina do trabalho,cardiologia, psicologia, psiquiatria, estatística e arquivologia.

Os vencimentos para esse grupo são da ordem de R$ 7.261,52.

Para os dois grupos são oferecidos benefícios diversos como vale-alimentação e bonificações quinquenais.


APOSTILA PARA O CONCURSO - CLIQUE AQUI

+ Resumo do Concurso TRT

TRT
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Judiciária / Jurídica
Escolaridade: Ensino Médio, Ensino Superior
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: SP

+ Agenda do Concurso

08/07/2014 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas