Tudo Sobre

Concurso TST

Tribunal escolhe Carlos Chagas como organizadora

A empresa foi contratada pelo sistema de dispensa de licitação. Estão previstas oportunidades para técnico e analista judiciários



Redação
Publicado em 17/04/2012, às 14h02

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) contratou a Fundação Carlos Chagas para realizar de seu próximo concurso público de formação de cadastro reserva para as carreiras de técnico e analista judiciários. As oportunidades serão para Brasília (DF).

Segundo a assessoria de imprensa do tribunal, em breve haverá a nomeação da comissão organizadora. A comissão ficará responsável por definir as áreas para as quais haverá a seleção de candidatos.

A carreira de técnico judiciário pode ser preenchida por candidatos com formação de nível médio completo, enquanto a de analista requer formação de nível superior. Os salários iniciais não forma informados pelo tribunal.

Ainda de acordo com a assessoria do TST, não é possível estabelecer um prazo para apublicação do edital.

Concurso anterior - O último concurso do TST foi realizado em 2007 e contou com organização do Cespe/UnB. O edital também foi do tipo que visa a formação de cadastro reserva. A seleção contemplou os cargos de analista judiciário para as áreas judiciária, administrativa, de contabilidade, de análise de sistemas, de arquivologia, de enfermagem e de estatística. Para técnico, a oferta foi para as áreas administrativa, de segurança judiciária e de programação. O salário oferecido à época foi de R$ 3.085,70 para técnico e de R$ 5.104,64 para analista.

Aline Viana

+ Resumo do Concurso TST

TST
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Judiciária / Jurídica
Escolaridade: Ensino Médio, Ensino Superior
Faixa de salário:
Organizadora: Carlos Chagas
Estados com Vagas: DF

+ Agenda do Concurso

17/04/2013 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas