Tudo Sobre

Concurso TJ

TJ/SP pode reservar parte das vagas para remanescentes

A oferta prevista inicialmente, de cerca de 1.000 vagas, pode ser alterada. Editais para escrevente serão divulgados até o próximo dia 15



Fernando Cezar Alves
Publicado em 08/09/2014, às 10h31

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ/SP) avalia, em conjunto com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a possibilidade de reservar parte das vagas do próximo concurso de escrevente para remanescentes de seleções anteriores (realizadas em 2012 e 2013). Com isto, de acordo com a juíza assessora da presidência do órgão, Maria Fernanda Rodovalho, a oferta de aproximadamente 1.000 oportunidades, prevista inicialmente, pode ser reduzida.

 A juíza assessora explica que a intenção é definir este ponto ainda no decorrer desta semana, para que seja possível concluir a distribuição de vagas e manter o planejamento de publicar os editais até o próximo dia 15.

 De qualquer forma, a redução de oportunidades, caso ocorra, não deve afetar a oferta para a 1ª região, que engloba a capital e Grande São Paulo, para as quais está prevista a maior quantidade de vagas. Acontece que, para esta localidade, a lista de aprovados já foi esgotada, não havendo possibilidade de reserva para remanescentes. A expectativa é de que a 1ª região conte com cerca de 400 oportunidades.

 Para concorrer ao cargo de escrevente técnico judiciário é necessário possuir ensino médio completo. A remuneração inicial é de R$ 4.848, incluindo salário de R$ 3.878, auxílio-saúde de R$ 200, auxílio-alimentação de R$ 29 por dia e auxílio-transporte de R$ 6 por dia – considerando 22 dias trabalhados.

 Já está confirmado que a organizadora do certame será a Fundação Vunesp e a aplicação das provas está prevista para ocorrer entre outubro e novembro.

O conteúdo programático deverá seguir os concursos anteriores, de 2012 e 2013, também organizados pela Vunesp. Em ambos, o processo seletivo contou com duas fases, com provas objetivas na primeira e teste prático de digitação na segunda. A parte objetiva constou de questões sobre língua portuguesa (30), conhecimentos em direito (38) e conhecimentos gerais, incluindo atualidades (4), matemática (4) e informática (4).

Regiões – Além da 1ª região, que engloba a capital e Grande São Paulo, as demais possuem sede nas seguintes cidades: 2ª região – Araçatuba; 3ª região – Bauru, 4ª região – Campinas; 5ª região – Presidente Prudente; 6ª região – Ribeirão Preto; 7ª região – Santos; 8ª região – São José do Rio Preto; 9ª região – São José dos Campos; e 10ª região – Sorocaba.

Reserva de vagas – A reserva de oportunidades tem como objetivo atender ao apelo de aprovados nos concursos anteriores, que se consideram preteridos com a realização de uma nova seleção, enquanto ainda existem aprovados que aguardam convocações em algumas regiões. Neste sentido, os aprovados encaminharam um pedido de liminar, indeferido pelo CNJ, para impedir a realização do novo concurso público. Mesmo com o indeferimento, o TJ/SP considerou oportuno, mesmo com a realização do certame para todo o Estado, identificar as localidades que ainda contam com pessoas aguardando convocação, que devem ter preferência para a posse.

APOSTILA ESPECÍFICA TJ/SP - ESCREVENTE - CLIQUE AQUI

+ Resumo do Concurso TJ

TJ
Vagas: 1000
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Escrevente
Áreas de Atuação: Judiciária / Jurídica, Administrativa
Escolaridade: Ensino Médio
Faixa de salário: Até R$ 4848,00
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: SP

+ Agenda do Concurso

08/09/2015 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas