Iniciais de até R$ 5 mil

ARSP ES: escolhida comissão para escolha da banca

Seleção contará com cinco vagas imediatas, para os cargos de especialista em regulação e analista de suporte técnico. Edital sai ainda neste semestre

Fernando Cezar Alves
Publicado em 23/11/2018, às 10h35

Agência de Regulação dos Serviços Públicos do Estado (ARSP/ES) divulgou na última quarta-feira, 21 de novembro, os nomes dos membros da comissão multidisciplinar do seu novo concurso público, autorizado pelo governador Paulo Hartung em 12 de junho. A seleção contará com uma oferta de cinco vagas, sendo duas para o cargo de especialista em regulação e três para analista de suporte técnico. Para os dois cargos é necessário possuir formação de nível superior, com remunerações iniciais, respectivamente, de R$ 5.024,74 e R$ 4.443,60.

A comissão multidisciplinar, composta de dois membros, é responsável pelo processo de escolha da banca organizadora, que deve ser anunciada em breve, e não deve ser confundida com a banca do concurso, formada em outubro, responsável pela elaboração do edital. Fazem parte do novo grupo as servidoras Marleide Rodrigues da Silva e Alieda Alves Godinho.   Somente após a contratação da empresa poderá ser definida a  data de publicação do edital de abertura de inscrições.

Já a comissão geral do concurso  é presidida pela servidora Ana Claudia Passos Santos Silva (Seger) e conta, ainda, com os seguintes membros: Claudine Horta (Seger), Ana Maria F. Henrique Deorce (Seger), Kamilla Mota Neiva (Seger), Taisa Andrade Soares (Seger), Ticiana Lilian Zaupa (Seger), Heloiza da Rocha Rodrigues (Seger), Jorge Eduardo Francisco Cardoso (Iases), Joseani Martins Cardoso (Iases), Marleide Rodrigues da Silva (ARSP), Alieda Alves Coutinho (ARSP),  Chander Rian de Castro Freitas (Iema), Jacqueline Miceli Chicralla (Iema), Carlos Lourenço Danielli Nogueira (Ipem), Indiana Nascimento Silva de Oliveira (Ipem), Rodrigo Borges Ramalho (IOPES), Camila Rodrigues Lobo (IOPES), Tamara Matos de Moura (Detran) e Paula Mageski Cardoso (Detran). 


As carreiras serão destinadas para as áreas de gás natural, saneamento básico, infraestrutura viária, estudos econômicos e administração geral do órgão.


Também já está definido que as oportunidades deverão ser para diversas áreas de atuação, incluindo engenharia, contabilidade e economia.

Comentários

Mais Lidas