Até 27 de fevereiro

Câmara de Macatuba SP tem concurso com inscrição aberta

Oferta do concurso da Câmara de Macatuba é de duas vagas distribuídas entre os cargos de recepcionista e procurador, que exigem níveis médio e superior

Patricia Lavezzo
Publicado em 19/02/2019, às 16h00

Já estão abertas as inscrições do concurso da Câmara de Macatuba, localizada no Estado de São Paulo. A seleção visa o preenchimento de duas vagas do seu quadro de pessoal. 

Uma das ofertas é destinada ao cargo de recepcionista, que requer ensino médio completo e recebe o salário inicial de R$ 2.265,78.

A outra oportunidade é para o posto de procurador jurídico, que exige nível superior em direito e registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). A remuneração é de R$ 4.013,95.

De acordo com o edital do concurso da Câmara de Macatuba, os servidores ainda receberão o benefício de vale-refeição no valor de R$ 215. 

Etapas do concurso da Câmara de Macatuba SP

A empresa responsável pela organização do certame é a Orhion Consultoria. A ficha cadastral estará disponível no site www.orhion.com.br até o dia 27 de fevereiro de 2019. As taxas custam R$ 30 (recepcionista) e R$ 40 (procurador jurídico).

Todos os inscritos no concurso da Câmara de Macatuba serão avaliados por meio de prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. Ela será composta por 30 questões de múltipla escolha que versarão sobre as disciplinas de português, matemática e/ou conhecimentos específicos. 

O exame terá duração máxima de três horas e será aplicado no dia 31 de março de 2019, em locais e horários a serem comunicados no edital de convocação, a ser publicado em momento oportuno. 

Atribuições

Procurador jurídico

  • representar a câmara municipal em juízo ou fora dele, requerendo ou oficiando em todas as ações ou procedimentos de caráter administrativo em que ela for autora, ré, interveniente ou, por qualquer forma, interessada;
  • executar levantamentos na legislação municipal, federal e estadual, para instruir pareceres a serem exarados pelas comissões permanentes nas matérias em tramitação, ou a pedido da presidência, dos vereadores ou demais diretores;
  • emitir pareceres em sindicâncias e processos administrativos de natureza disciplinar;
  • emitir pareceres nos processos licitatórios da câmara municipal;
  • manter contato, quando designado pela presidência, com outros órgãos públicos para obtenção de dados relativos às atividades legislativas;
  • assessorar a presidência, no desempenho de suas atribuições e funções, nas questões de natureza jurídica;
  • manifestar através de pareceres escritos fundamentados na Constituição Federal, na Constituição do Estado, na Lei Orgânica do Município, no regimento interno da câmara, na legislação vigente, na doutrina e na jurisprudência que regem a matéria;
  • exercer outras atividades e tarefas de natureza jurídica determinadas pelo superior imediato.

Recepcionista

  • atender e encaminhar visitantes;
  • protocolo e distribuição de documentos em geral;
  • receber, registrar visitas e telefonemas, anotando dados pessoais ou comerciais dos visitantes;
  • controlar o acesso de visitantes nas dependências administrativas e dos gabinetes;
  • registrar os visitantes atendidos, anotando dados pessoais para possibilitar o controle dos atendimentos diários;
  • efetuar o atendimento de telefone tipo PABX, conectando as ligações com os ramais ou pessoas solicitadas;
  • zelar pelo equipamento telefônico, comunicando defeito ao superior imediato, solicitando conserto e manutenção para assegurar o perfeito funcionamento do sistema de telefonia;
  • encaminhar visitantes às pessoas ou locais procurados;
  • executar outras atividades correlatas que lhe forem atribuídas pelo diretor geral.
     

Comentários

Mais Lidas