AM e PA

Concurso Crefono 9: último dia de inscrições para 110 vagas

Com lotação em Belém e Manaus, chances no concurso do Crefono 9 (Conselho Regional de Fonoaudiologia - 9ª Região) são para auxiliar administrativo e fiscal. Salários chegam a R$ 3,6 mil

Samuel Peressin
Publicado em 25/04/2019, às 11h23 - Atualizado em 17/06/2019, às 09h11

Parte das vagas do concurso do Crefono 9 é destinada a Manaus, capital do Amazonas
EBC

Encerra-se às 23h59 desta segunda-feira (17) o período de inscrições para o concurso do Crefono 9 (Conselho Regional de Fonoaudiologia - 9ª Região) destinado a preencher 110 vagas em Belém/PA e Manaus/AM. O edital disponibiliza três chances imediatas e 107 para cadastro reserva (CR).

O cargo de auxiliar administrativo (2 postos + 53 CR) é opção para candidatos com ensino médio. Já a carreira de fiscal (1 + 54 CR) cobra curso superior em fonoaudiologia. A distribuição das funções por cidade pode ser conferida no quadro abaixo.

Quadro de vagas do concurso Crefono 9

Os salários iniciais são de R$ 1.334,98 (auxiliar) e R$ 3.679,54 (fiscal). Além da remuneração, os contratados receberão vales transporte, alimentação e de incentivo à cultura.

Como se inscrever

O concurso do Crefono 9 é promovido pelo Instituto Quadrix. A banca recebe inscrições somente pela internet e cobra taxas de R$ 50 (auxiliar) e R$ 60 (fiscal).

O formulário para cadastro está disponível no site http://www.quadrix.org.br. Em caso de dúvidas, os candidatos podem contatar a organizadora pelo telefone (61) 3550-0000.

Como serão as provas do concurso Crefono 9

Composta por 120 questões do tipo 'certo' ou 'errado', a prova objetiva será aplicada em 14 de julho, nas duas capitais com oferta de vagas. Os candidatos terão três horas para concluir a avaliação.

O conteúdo programático abrange língua portuguesa, informática, raciocínio lógico e matemático, atualidades, legislação e ética na administração pública, direito administrativo e conhecimentos específicos.

O processo seletivo inclui, ainda, análise de títulos para os concorrentes a fiscal, com entrega dos documentos comprobatórios à banca, via postal, entre os dias 13 e 15 de agosto.

De acordo com o edital, o concurso do Crefono 9 terá validade de dois anos, a contar da homologação do seu resultado. O prazo poderá ser prorrogado uma vez, a critério do conselho.

Atribuições dos cargos

  • A rotina do auxiliar administrativo envolve as seguintes atividades: executar serviços de apoio nas áreas de secretaria, recursos humanos, administração, financeiro e jurídico; atendem fornecedores e clientes, fornecendo e recebendo informações sobre produtos e serviços; Registrar a entrada e saída de documentos; Executar processos de inscrição, cancelamento, transferências de profissionais da fonoaudiologia; contas a pagar; solicitar pareceres; preencher formulário e/ou cadastros; emitir certificados; realizar prestação de contas; acompanhar notificação de não conformidade; expedir ofícios e memorandos; controlar material de expediente; controlar expedição de malotes e recebimentos; apresentar para o devedor títulos devidos; encaminhar títulos ao cartório; analisar títulos e documentos de cobrança; consultar legislação; definir estratégias de cobranças; manter privacidade da dívida com terceiros; notificar ao devedor sua inclusão nos órgãos de proteção ao crédito; encaminhar processos ao departamento jurídico; solicitar reabilitação do devedor junto aos órgãos de proteção de crédito; inclusões, exclusões e alteração dos inscritos ao plano de saúde; cumprir os fluxogramas das rotinas operacionais; prestar informações para elaboração do planejamento estratégico do CREFONO 9; auxiliar na classificação de despesas, observando os princípios da contabilidade pública; dar suporte a comissão de patrimônio; auxiliar na apuração de impostos, tributos e contribuições impostas pela legislação; auxiliar no controle dos benefícios dos servidores do CREFONO 9; prestar suporte aos servidores das delegacias regionais; reunir dados e documentos para atender fiscalizações e auditorias; atender ao público para esclarecimento sobre denúncias por infração ao código de ética; incluir, no sistema de acompanhamento de processos éticos, o andamento dos processos; manter atualizada a agenda coorporativa sobre a audiência, julgamentos e outros eventos da comissão de ética; digitar atas, acórdãos e outros documentos oriundos de audiências de julgamento. Assessorar o setor de gerência, controle de frequência de funcionários, folha de pagamento, e outras rotinas administrativas pertinente ao processo operacional.
  • Já os aprovados no concurso do Crefono 9 para a carreira de fiscal terão como funções: responder pelas atividades do Setor de Fiscalização do CREFONO9; organizar, controlar e executar ações de fiscalização; propor metas para a fiscalização e justificá-las ao presidente da comissão de fiscalização e(ou) à diretoria do CREFONO9; levantar as pendências da fiscalização e proceder com os devidos encaminhamentos; identificar-se como fiscal em suas visitas de orientação e fiscalização, apresentando cédula de identificação funcional; preencher o termo de visita quando não encontradas irregularidades; redigir ofícios, cartas e outros documentos para fonoaudiólogos e empresas com o objetivo de prestar esclarecimentos sobre irregularidades no exercício profissional e a regularização de situações face à legislação; arquivar e(ou) cadastrar toda a documentação utilizada no momento de visitas aos profissionais; orientar fonoaudiólogos sobre inscrição e registro no CREFONO9, legislação pertinente à área de fonoaudiologia, abertura de clínica, código de ética profissional e outras informações gerais relacionadas ao exercício profissional do fonoaudiólogo; receber denúncias, verificar sua origem, analisar o conteúdo e tomar as medidas e providências necessárias para as investigações e pareceres pertinentes; averiguar irregularidades e, no caso de confirmação, tomar as devidas providências e(ou) encaminhar ao Conselho Federal de Fonoaudiologia ou CREFONO9, bem como para outros órgãos competentes como a Agência Nacional de Vigilância Sanitária e a Agência Nacional de Saúde Suplementar, entre outros; elaborar relatórios e providenciar documentos específicos quando solicitados pela comissão de fiscalização ou diretoria do CREFONO9; auxiliar na elaboração de textos pertinentes à legislação em fonoaudiologia, para divulgação nos informes do CREFONO9 ou na imprensa em geral; quando convocado, participar de reuniões com as comissões do CREFONO9, prestando as informações solicitadas e contribuindo com ideias e sugestões para o aprimoramento das ações fiscais; orientar os profissionais da área de atendimento e secretaria nos casos de fonoaudiólogos e pessoas jurídicas com pendências que exijam procedimentos da comissão de fiscalização; ministrar treinamentos internos e externos relacionados à fiscalização da profissão, esclarecendo dúvidas e trocando informações com os demais profissionais, bem como discutindo ações com a comissão de fiscalização; participar na elaboração do relatório anual das atividades desenvolvidas pela comissão de fiscalização para envio ao Conselho Federal de Fonoaudiologia; executar outras tarefas bcompatíveis com a natureza e exigências do cargo mediante determinação superior.

Saiba o que estudar para o concurso Crefono 9

  • Língua portuguesa - 1 Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. 2 Reconhecimento de tipos e gêneros textuais. 3 Domínio da ortografia oficial. 4 Domínio dos mecanismos de coesão textual. 4.1 Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e de outros elementos de sequenciação textual. 4.2 Emprego de tempos e modos verbais. 5 Domínio da estrutura morfossintática do período. 5.1 Emprego das classes de palavras. 5.2 Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração. 5.3 Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração. 5.4 Emprego dos sinais de pontuação. 5.5 Concordância verbal e nominal. 5.6 Regência verbal e nominal. 5.7 Emprego do sinal indicativo de crase. 5.8 Colocação dos pronomes átonos. 6 Reescrita de frases e parágrafos do texto. 6.1 Significação das palavras. 6.2 Substituição de palavras ou de trechos de texto. 6.3 Reorganização da estrutura de orações e de períodos do texto. 6.4 Reescrita de textos de diferentes gêneros e níveis de formalidade. 7 Correspondência oficial (conforme Manual de Redação da Presidência da República). 7.1 Aspectos gerais da redação oficial. 7.2 Finalidade dos expedientes oficiais. 7.3 Adequação da linguagem ao tipo de documento. 7.4 Adequação do formato do texto ao gênero.
  • Informática - 1 Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos de informática: tipos de computadores, conceitos de hardware e de software, instalação de periféricos. 2 Edição de textos, planilhas e apresentações (ambiente Microsoft Office, versões 2010, 2013 e 365). 3 Noções de sistema operacional (ambiente Windows, versões 7, 8 e 10). 4 Redes de computadores: conceitos básicos, ferramentas, aplicativos e procedimentos de Internet e intranet. 5 Programas de navegação: Mozilla Firefox e Google Chrome. 6 Programa de correio eletrônico. 7 Sítios de busca e pesquisa na Internet. 8 Conceitos de organização e de gerenciamento de informações, arquivos, pastas e programas. 9 Segurança da informação: procedimentos de segurança. 10 Noções de vírus, worms e pragas virtuais. 11 Aplicativos para segurança (antivírus, firewall, antispyware etc.). 12 Procedimentos de backup.
  • Raciocínio lógico e matemático - 1 Operações, propriedades e aplicações (soma, subtração, multiplicação, divisão, potenciação e radiciação). 2 Princípios de contagem e probabilidade. 3 Arranjos e permutações. 4 Combinações. 5 Conjuntos numéricos (números naturais, inteiros, racionais e reais) e operações com conjuntos. 6 Razões e proporções (grandezas diretamente proporcionais, grandezas inversamente proporcionais, porcentagem, regras de três simples e compostas). 7 Equações e inequações. 8 Sistemas de medidas. 9 Volumes. 10 Compreensão de estruturas lógicas. 11 Lógica de argumentação (analogias, inferências, deduções e conclusões). 12 Diagramas lógicos.
  • Atualidades - 1 Tópicos relevantes e atuais de diversas áreas, tais como recursos hídricos, segurança, transportes, política, economia, sociedade, educação, saúde, cultura, tecnologia, energia, relações internacionais, desenvolvimento sustentável e ecologia.
  • Legislação e ética na administração pública - 1 Ética e função pública. 2 Ética no setor público. 3 Lei nº 8.429/1992 e suas alterações. 4 Lei nº 9.784/1999 e suas alterações (Processo administrativo). 5 Acesso à Informação: Lei nº 12.527/2011; Decreto nº 7.724/2011.
  • Direito administrativo - 1 Estado, governo e administração pública: conceitos, elementos, poderes e organização; natureza, fins e princípios. 2 Organização administrativa do Estado. 3 Administração direta e indireta. 4 Agentes públicos: espécies e classificação, poderes, deveres e prerrogativas, cargo, emprego e função públicos. 5 Poderes administrativos. 6 Atos administrativos: conceitos, requisitos, atributos, classificação, espécies e invalidação. 7 Controle e responsabilização da administração: controle administrativo, controle judicial, controle legislativo, responsabilidade civil do Estado.
  • Conhecimentos específicos (auxiliar) - Noções de administração Pública: 1 Princípios fundamentais que regem a Administração Federal: enumeração e descrição. 2 Administração Federal: administração direta e indireta, estruturação, características e descrição dos órgãos e entidades públicos. 3 Os Ministérios e respectivas áreas de competência. 4 Os poderes e deveres do administrador público. Organização: 1 Conceito e tipos de estrutura organizacional. 2 Noções de arquivamento e procedimentos administrativos. 3 Relações humanas, desempenho profissional, desenvolvimento de equipes de trabalho. Orçamento Público: 1 Princípios orçamentários. 2 Noções de administração financeira.
  • Conhecimentos específicos (fiscal) - 1 Constituição. 1.1 Conceito, classificações, princípios fundamentais. 2 Direitos e garantias fundamentais. 2.1 Direitos e deveres individuais e coletivos, direitos sociais, nacionalidade, cidadania, direitos políticos. 3 Administração Pública. 3.1 Disposições gerais, servidores públicos. Legislação: Lei nº 6.965/1981 que dispõe sobre a regulamentação da profissão de fonoaudiólogo e determina outras providências; Decreto nº 87.218/1982; Código de Ética da Fonoaudiologia; Código de Processo Disciplinar; Demais Resoluções, Pareceres e Recomendações do Conselhos Federal; NR 7 MTb; Portaria 19/1998 MT; Lei nº 6.839/1980 – “Dispõe sobre o registro de empresas nas entidades fiscalizadoras do exercício de profissões”; Lei nº 12.303/2010 – “Dispõe sobre a obrigatoriedade da realização do exame denominado Emissões Otoacústicas Evocadas”; Lei nº 12.401/2011 – “Dispõe sobre a assistência terapêutica e a incorporação da tecnologia em saúde no SUS”; Decreto nº 6.286/2007 – “Institui o Programa Saúde na Escola – PSE e dá outras providências”; Decreto nº 7.602/11 – “Política Nacional de Segurança e Saúde no Trabalho (PNSST)”;Portaria GM/MS nº 3.088/2011- “Institui a Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) para pessoas com sofrimento ou transtorno mental e com necessidades decorrentes do uso de álcool e outras drogas, no âmbito do SUS”; Portaria GM/MS nº 793/12 – “Institui a Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência no âmbito do Sistema Único de Saúde”; Portaria GM/MS nº 930/12 – “Define as diretrizes e objetivos para a organização da atenção integral e humanizada ao recém-nascido grave ou potencialmente grave e os critérios de classificação e habilitação de leitos de Unidade Neonatal no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS)”; Portaria GM/MS nº 1.823/12 – “Institui a Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora”; Resolução ANVISA RDC nº 50 - “Dispõe sobre o Regulamento Técnico para planejamento, programação, elaboração e avaliação de projetos físicos de estabelecimentos assistenciais de saúde”; Resolução ANVISA RDC nº 11/06 – “Dispõe sobre o Regulamento Técnico de Funcionamento de Serviços que prestam Atenção Domiciliar”; Resolução ANVISA RDC nº 07/10 – “Dispõe sobre os requisitos mínimos para funcionamento de Unidades de Terapia Intensiva e dá outras providências”; Resolução Normativa ANS nº 167/08 – “Atualiza o Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde, que constitui a referência básica para cobertura assistencial nos planos privados de assistência à saúde, contratados a partir de 1º de janeiro de 1999, fixa as diretrizes de Atenção à Saúde e dá outras providências”; Protocolo Perda Auditiva Induzida por Ruído (PAIR) Brasília: Ministério da Saúde, 2006.

Cronograma

O calendário de atividades do concurso Crefono 9 respeitará as seguintes datas:

Cronograma do concurso Crefono 9

Prova anterior para CREFONO 9

Para auxiliar nos estudos, o JC Concursos liberou provas anteriores da QUADRIX, além dos gabaritos para consulta das questões aplicadas. É importante avaliar se a organizadora será a mesma para o novo processo de seleção, direcionando a preparação para o estilo da banca.

Sobre Crefono 9 - Conselho Regional de Fonoaudiologia - 9ª Região

Sediado em Manaus, o Conselho Regional de Fonoaudiologia - 9ª Região (Crefono 9) compreende, além do Amazonas, os Estados do Acre, Amapá, Pará, Rondônia e Roraima.

Sobre Quadrix - Instituto Quadrix

Presente no mercado desde 1997, o Instituto Quadrix organiza seleções em âmbito municipal, estadual e federal. Mantém escritórios em São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Porto Alegre, Curitiba, Brasília e Belo Horizonte.

Mais Lidas