Na área docente

Concurso Famema SP: governador autoriza preencher 71 vagas

Um novo concurso Famema SP (Faculdade de Medicina de Marília) será para os cargos de professor assistente mestre e professor adjunto doutor, com iniciais até R$ 7,2 mil

Fernando Cezar Alves | fernando@jcconcursos.com.br
Publicado em 14/11/2019, às 11h38 - Atualizado às 14h58

Concurso Famema SP: sede da Famema
Google Maps

O governador João Doria autorizou, nesta quinta-feira, 14 de novembro, a realização de novo concurso Famema SP (Faculdade de Medicina de Marília), no interior paulista. A oferta será de 71 vagas, para cargos com exigência de nível superior, com remunerações iniciais de até R$ 7.219,89, com jornadas de trabalho de até 40 horas semanais. Com a autorização, o próximo passo é formar a comissão organizadora e, posteriormente, definir o nome da banca organizadora. Somente então poderá ser definida a data de publicação do edital de abertura de inscrições. Novas informações deverão ser anunciadas em breve.

Do total de oportunidades autorizadas, 14 são para o cargo de professor assistente mestre e 61 para professor adjunto doutor, ambos com exigências específicas de nível superior. No caso de professor assistente mestre, a remuneração inicial é de R$ 2.164,80, com jornada de trabalho de 20 horas semanais, R$ 3.247,20 para 30 e R$ 4.329,60 para 40 horas. No caso de professor adjunto doutor o inicial é de R$ 3.609,95 para 20 horas, R$ 5.514,91 para 30 e R$ 7.219,89 para 40 horas semanais.

Concurso Famema SP: carência de pessoal passa de mil vagas

A autorização do novo concurso Famema SP não deve suprir a necessidade de pessoal no órgão. Basta lembrar que, em 14 de setembro de 2018, o então governador Márcio França autorizou um concurso para a instituição, para o preenchimento de nada menos do que 1.726 vagas. Porém, ao assumir o cargo, Doria suspendeu os preparativos dos concursos já autorizados pela gestão anterior que ainda não contassem com editais publicados. Como em São Paulo, o prazo de validade da autorização de concursos do Executivo é de um ano, o prazo acabou expirando em 14 de setembro de 2019, sem que a seleção fosse realizada, o que representa que a necessidade de pessoal para estas carreiras continua.

Na autorização de 2018, do total de postos, 167 foram para cargos com exigência de ensino fundamental, 818 para ensino médio e 741 para cargos de nível superior, com remunerações iniciais de R$ 1.355,14 a R$ 14.386,50, para jornadas de trabalho de 12 a 40 horas semanais.

No caso de ensino fundamental, todas as 167 vagas autorizadas foram para o cargo de auxiliar de saúde, com remuneração inicial de R$ 1,355,14 em caso de 50% do Prêmio de Incentivo (PIN) e R$ 1567,64 no caso de 100% do benefício.

Para ensino médio, a autorização foi para os cargos de agente técnico de saúde (44 vagas, com inicial de R$ 1.424,14 no caso de 50% do PIN e R$ 1.705,64 para 100%), oficial administrativo (137, R$ 1.292,64 para 50% do PIN e R$ 1.442,64 para 100%), oficial operacional (24, R$ 1.292,64 para 50% e R$ 1.442,64 para 100%), técnico de enfermagem (532, R$ 1.464,14 para 50%e R$ 1.765,64 para 100%), técnico de laboratório (36, R$ 1.367,64 para 50% e R$ 1.592,64 para 100%) e técnico de radiologia (45, R$ 1.367,64 para 50% e R$ 1.592,64 para 100%).

Por fim, para nível superior, agente técnico de assistência à saúde (223, R$ 1.972,43 para 50% do PIN e R$ 2.631,43 para 100%), analista administrativo (42, R$ 2.364,46 para 50% e R$ 2.714,45 para 100%), analista sociocultural (6, R$ 2.364,46 para 50% e R$ 2.714,45 para 100%), cirurgião dentista (3, R$ 2.512,77 para 50% e R$ 2.762,77 para 100¨%), enfermeiro (154, R$ 2.391 para 50% e R$ 3.266,10 para 100%), engenheiro (7, R$ 4.890,59 para 50% e R$ 5.240,69 para 100%), médico I (213, R$ 2.685,82 para 12 horas com 50% do Prêmio de Produtividade Médica - PPM e R$ 3.726 para 100% com 12 horas, R$ 4.476,37 para 50% com 20 horas e R$ 6.210 para 100% com 24 horas, R$ 5.371 para 50% para 24 horas e R$ 7.452 para 100% e R$ 10.919 com 50% para 40 horas e R$ 14.386,50 para 40 horas), tecnólogo de radiologia (18, R$ 1.646,96 para 50% do PIN e R$ 1.871,96 para 100¨%), professor assistente mestre (14, com R$ 2.164,80 para 20 horas, R$ 3.247,20 para 30 e R$ 4.329,60 para 40 horas) e professor adjunto doutor (61, R$ 3.609,95 para 20 horas, R$ 5.514,91 para 30 e 7.219,89 para 40 horas).

Concurso Famema SP: veja dicas de interpretação de textos

concursosconcursos 2019concursos sp (são paulo)provas anteriores

Comentários

Mais Lidas