Iceam decide cancelar concurso após polêmica

MPF requisitou instauração de inquérito policial para investigar a seleção

Da Redação
Publicado em 27/03/2013, às 15h23

A Fundaso, organizadora do concurso do Instituto Científico Educacional de Assistência aos Municípios (Iceam), divulgou na madrugada desta quarta-feira (27), em seu site, nota sobre o cancelamento do processo seletivo.

Segundo a empresa, a medida foi uma decisão voluntária do Iceam e lamenta que o Instituto tenha tomado esta iniciativa, “pois a intenção da Fundaso, apesar de estar injustamente sendo enxovalhada a sua honra publicamente, estaria lutando até o fim para a realização do certame”.

Na sexta-feira, dia 22, o Ministério Público Federal divulgou comunicado informando a abertura de investigação sobre um possível golpe de estelionato, já que o Iceam não está vinculado a nenhum órgão federal e estaria usando o brasão da República indevidamente (entenda o caso). Nos últimos dias, a Fundaso chegou a responder as acusações de concursandos e imprensa acerca de provável fraude.

A empresa justificou o uso do brasão da República, no material de divulgação do concurso, como desatenção e falta de tempo para comunicar-se com o departamento de arte. Sobre as acusações de fraude, diz tratar-se de denúncias vazias, sem nenhuma prova.

Devolução de taxa

A empresa solicita aos candidatos inscritos no processo, que preencham formulário, inserido no edital, disponível no site www.fundaso.com.br e envie para o e-mail concursoiceam@gmail.com, para que seja devolvido o valor da taxa paga. Foi disponibilizado um prazo de 30 dias, após a publicação do cancelamento, para requerer a quantia.

Comentários

Mais Lidas