Tudo Sobre

Concurso INSS - Técnico, Analista e Perito

Notícia em primeiro lugar

Concurso INSS: formada comissão para 8.230 servidores

Oportunidades no concurso INSS (Instituto Nacional do Serviço Social) são destinadas a ex-funcionários já aposentados e militares inativos. Editais em breve



Fernando Cezar Alves | fernando@jcconcursos.com.br
Publicado em 29/04/2020, às 02h21 - Atualizado às 15h03

Concurso INSS: unidade de atendimento do INSS
Divulgação

Apenas um dia após o Ministério da Economia divulgar a autorização para o concurso INSS (Instituto Nacional do Serviço Social) para o preenchimento de  8.230 vagas temporárias destinadas a ex-servidores já aposentados e militares inativos, os preparativos para a seleção contam com uma novidade. Acontece que foi publicada, em diário oficial, nesta quarta-feira, 29 de abril, a portaria conjunta 12/2020, que forma a comissão responsável pela seleção. De acordo com o documento, todos os procedimentos deverão ser realizados dentro de um prazo de 90 dias, com possibilidade de prorrogação uma vez, pelo mesmo período. Novas informações devem ser confirmadas em breve

Uma novidade é que, segundo o documento, além do chamamento público, também está prevista a realização de processo seletivo. A expectativa é de que os editais do  chamamento público e processo seletivo sejam publicados dentro de um prazo de até seis meses, ou seja, até 28 de outubro. 

O processo seletivo faz parte da estratégia do governo para tentar reduzir a fila dos pedidos de benefícios.

A maior parte das oportunidades é para realização de atendimento e serviços administrativos em agências do INSS: são 7.400 postos. As demais chances estão distribuídas da seguinte forma:

  • Secretaria de Previdência (SPrev), com 540 ofertas;
  • e Secretaria de Gestão e Desempenho de Pessoal (SGP), com 290 vagas.

A portaria que autoriza o chamamento público também prevê a possibilidade de contratação para perícia médica e para atuação na concessão e revisão de benefícios/demandas judiciais, com limite de gastos, em 2020, de R$ 45,5 milhões e R$ 19,9 milhões, respectivamente.

A Medida Provisória que regulamenta o processo de admissão de servidores aposentados e militares da reserva foi publicada em 2 de março. À época, segundo o governo federal, o número de pedidos na fila do INSS passava de 1,8 milhão.

As comissões serão presididas pela representante do INSS Marcia Eliza de Souza. Também representa o órgão Cristie Freitas Sampaio Costa Cordeiro. 

Representando a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho,  o grupo conta com Elvis Gallera Garcia e Thais Reiter Vizioli

Representando a Secretaria Especial de Desburocratização, Gestã e Governo Digital, o grupo conta com os servidores Anderson Caires Santos e Eid Maria de Freitas Magalhães.

Por fim, pela Secretaria de Gestão Corporativa do Ministério da Economia, Rodrigo de Oliveira Alves e Daniel Pires de Castro

Concurso INSS: preenchimento efetivo

Embora ainda não exista uma previsão de quando pode ser realizado o concurso INSS para efetivos, o próprio presidente da instituição, Leonardo Rolim, reconhece a necessidade de pessoal. Segundo ele, porém, ainda não há previsão de quando isto poderá se concretizar. "Vamos precisar fazer concursos, mas agora não é o momento", disse.   

Pedido do concurso INSS

A expectativa é de que a autorização para o concurso INSS seja para as 7.888 vagas solicitadas ao Ministério da Economia. O pedido prevê 3.984 oportunidades para o cargo de técnico (área meio), 1.692 para analista (diversas formações) e 2.212 para perito.

A carreira de técnico do seguro social é uma das mais visadas no processo seletivo do INSS, ainda mais que exige apenas ensino médio completo e apresenta salário inicial de R$ 5.344,87, já considerando o auxílio-alimentação de R$ 458.

O emprego de analista exige formação superior em diversas áreas de atuação (incluindo serviço social, administração, engenharia, direito, pedagogia, psicologia, comunicação, ciências sociais, arquitetura e letras, entre outras), sendo que a remuneração corresponde a R$ 7.954,09 por mês, contado o benefício alimentação.

Já a posição de perito destina-se aos profissionais com graduação em medicina e registro no respectivo conselho regional. O inicial é de R$ 8.988,41, também no auxílio.

Concurso INSS: último edital

No final de 2015, foi lançado o edital do concurso INSS com o objetivo de preencher 950 vagas. Um total de 800 oportunidades era na função de técnico e as outras 150 para analista - serviço social.

A banca organizadora do concurso INSS foi o Cespe/UnB e os participantes passaram por uma prova com questões no estilo certo ou errado.

O último certame, cujo resultado foi publicado no dia 4 de agosto, foi um dos mais concorridos da história. Ao todo, a seleção registrou nada menos que 1.087.789 inscrições, sendo 1.043.807 somente para técnico do seguro social - em número de inscritos, perdeu apenas para duas outras seleções: a da Caixa Econômica Federal (CEF) realizada 2014, com 1.156.744 candidatos; e a da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) promovida em 2011, com 1.120.393 participantes.

Considerando foram oferecidas 800 oportunidades para técnico, é possível concluir que a concorrência foi de aproximadamente 1.304 candidatos por vaga.

+++ O JC Concursos disponibiliza mais detalhes sobre o processo seletivo na página do concurso INSS 

+ Resumo do Concurso INSS - Técnico, Analista e Perito

INSS
Vagas: 8230
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Técnico, Analista, Perito
Áreas de Atuação: Administrativa
Escolaridade: Ensino Médio, Ensino Técnico, Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 5344,00 Até R$ 7900,00
Estados com Vagas: AC, AL, AM, AP, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RO, RR, RS, SC, SE, SP, TO

concursosconcursos federaisconcursos 2020provas anteriores

Comentários

Mais Lidas