Tudo Sobre

Concurso MP

Concurso MP/SP: prova ocorre em 29 de outubro

Oportunidades no concurso do Ministério Público de São Paulo são para o cargo de promotor, que requer bacharelado em direito e três anos de experiência profissional



Patricia Lavezzo
Publicado em 19/10/2017, às 11h02

O Ministério Público do Estado de São Paulo (MP-SP) aplica em 29 de outubro a prova preambular do 92º concurso para contratação de promotores de justiça substitutos. A seleção oferece 67 vagas, sendo 5% reservadas a pessoas com deficiência. 
A avaliação será aplicada a partir das 14h, nas dependências do Centro Universitário Nove de Julho (Uninove) - campus Memorial (rua Adolfo Pinto, 109, Barra Funda, São Paulo). A convocação pode ser conferida aqui
A carreira é destinada a profissionais com curso de bacharelado em direito e experiência de três anos, no mínimo, em atividade jurídica. A remuneração inicial é de R$ 24.818,71.
Asinscrições foram recebidas exclusivamente pela internet, através do endereço eletrônico do Ministério Público de São Paulo (www.mpsp.mp.br). Foi cobrada uma taxa de participação do concurso MP-SP no valor de R$ 280.

Avaliações do concurso MP-SP


Com cinco horas de duração, a prova preambular será composta por 100 questões objetivas de múltipla escolha, sendo 15 de direito penal, 12 de direito processual penal, 10 de direito civil, 10 de direito processual civil, 12 de direito constitucional, seis de direito da infância e da juventude, quatro de direito comercial e empresarial, 14 da tutela de interesses difusos, coletivos e individuais homogêneos, quatro de diretos humanos, 10 de direito administrativo e três de direito eleitoral.
CURSO ONLINE MP/SP - PROMOTOR DE JUSTIÇA
O concurso MP-SP ainda será constituído das seguintes etapas: prova escrita; exame psicotécnico; sindicância sobre a vida pregressa e da investigação social; inscrição definitiva e análise de títulos; prova oral; e entrevista pessoal.

O que faz um promotor?


O profissional pode ser considerado como um defensor dos interesses da sociedade, já que ele faz de tudo para que a justiça aconteça e para que crimes de ordem social sejam esclarecidos.
Entre os seus principais deveres estão: relações jurídicas de natureza acidentária, inclusive para defesa dos interesses difusos ou coletivos relacionados com o meio ambiente do trabalho; relações jurídicas de direito de família e das sucessões; defesa dos interesses difusos ou coletivos relacionados com o consumidor; execução penal e a fiscalização de estabelecimentos prisionais; etc.
Veja também: MP/SP recebe aval para abrir concurso de auxiliar e analista

Dicas de estudos para o concurso do MP-SP


O MP-SP costuma apresentar um vasto conteúdo programático, por isso os interessados devem iniciar os estudos o quanto antes. O professor de direito penal do CERS Cursos Online, Marcelo Uzeda, separou algumas dicas para os concursandos. Confira! Conhecimentos serão cobrados na prova: direito penal; direito processual penal; direito civil; direito processual civil; direito constitucional; direito da infância e da juventude; direito comercial e empresarial; tutela de interesses difusos, coletivos e individuais homogêneos; direitos humanos; direito administrativo; e direito eleitoral. Matérias que devem ser priorizadas: no último concurso, a distribuição das questões da prova preambular foi a seguinte: direito penal: 15 questões; direito processual penal: 12 questões; direito civil: dez questões; direito processual civil: dez questões; direito constitucional: 12  questões; direito da infância e da juventude: seis questões; direito comercial e empresarial: quatro questões; tutela de interesses difusos, coletivos e individuais homogêneos: 14 questões; direitos humanos: quatro questões; direito administrativo: dez questões; direito eleitoral: três questões. Assim, devem ser priorizadas as matérias que possuem o maior número de questões.  Quem se inscreveu no concurso e vai estudar de última hora: é recomendável fazer revisão por meio da resolução das provas anteriores, com ênfase na lei seca e na jurisprudência. Horas para se dedicar aos estudos: deve-se estabelecer uma rotina de estudos, de acordo com a disponibilidade de tempo. Não adianta fazer uma meta que não pode ser atingida. O candidato que tem a oportunidade de dedicar-se exclusivamente à preparação para o concurso deve imaginar que a jornada diária de estudos equivale a uma jornada de trabalho. Ele deve cumprir os horários, não "faltar" ao trabalho, não dispersar durante o "expediente". Dessa maneira, se ele cumprir uma média de 8 horas por dia, pode fazer uma excelente preparação.Para quem divide os estudos com trabalho: o candidato que não pode abrir mão do trabalho deve reservar, pelo menos, quatro horas diárias de estudo. O importante é fazer um estudo constante e disciplinado. Nos deslocamentos (ônibus, metrô, carro), é interessante aproveitar o tempo para assistir/ouvir aulas online ou fazer exercícios de provas anteriores. Desta forma ganha-se tempo precioso. Tempo, em média, necessário se preparar para passar num concurso desses: na média, estudando seriamente, a preparação leva entre 2 e 3 anos.  Tempo que deve ficar em cada questão: considerando que a prova preambular tem 100 questões e duração de 5 horas, em média o tempo de resolução de cada questão é de 3 minutos. 

Prepare-se para as provas com dicas de direito administrativo


+ Resumo do Concurso MP

MP
Vagas: 67
Taxa de inscrição: R$ 280
Cargos: Promotor
Áreas de Atuação: Judiciária / Jurídica
Escolaridade: Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 24818,71 Até R$ 24818,71
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: SP

+ Agenda do Concurso

12/06/2017 Abertura das inscrições Adicionar no Google Agenda
11/07/2017 Encerramento das inscrições Adicionar no Google Agenda
29/10/2017 Prova Adicionar no Google Agenda
29/10/2018 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas