Publicado: 25/04/2018 - 11:52 | Atualizado: 18/05/2018 - 16:27
Publicado: 25/04/2018 - 11:52 | Atualizado: 18/05/2018 - 16:27

Detran/PA: escolhida banca para novo concurso

O edital do novo concurso do Departamento de Trânsito do Pará (Detran/PA) deve contemplar oportunidades em cargos de níveis médio e superior

Organizadora em breve

JC Concursos - Camila Diodato e Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

O Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran/PA) divulgou, por mieo de publicação em diário oficial, nesta quarta-feira, 25 de abril, o nome da vencedora do processo licitatório para a escolha da banca do seu novo concurso público. A vencedora é a Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (Fapesp). Porém, o processo ainda conta com cinco dias para as demais empresas aperesentar recursos. Caso não sejam impetrados ou sejam considerados improcedentes, a empresa poderá ser oficializada. Somente então poderá ser confirmada a data de publicação do edital de abertura de inscrições.     A comissão do concurso é presidida pela servidora Neuza Fernanda de Moraes Melo e conta com a participação dos servidores Edemilson Fagundes Barbosa (como 1° membro), Odilene Fernandes da Conceição Santos (2° membro) e Fábio de Oliveira Moura (3° membro).       Não foram revelados o número de vagas e nem as funções que serão abertas, mas deverá haver chances para candidatos com níveis médio e superior. Há uma expectativa para que diversos postos sejam contemplados.   Último grande concurso Detran/PA   Em 2006, o departamento promoveu uma seleção com 1.486 ofertas distribuídas em carreiras para todos os níveis de escolaridade. O processo seletivo foi organizado pelo Cespe/UnB.   O ensino fundamental tornou possível a candidatura nas profissões de auxiliar administrativo, motorista e auxiliar de serviços operacionais.   Para nível médio havia chances nas colocações de agente de trânsito – fiscalização, agente de trânsito – examinador, agente de trânsito – vistoriador, assistente administrativo, programador e técnico em informática.   As funções com exigência de graduação foram as de analista de sistemas, analista de suporte técnico, médico, procurador autárquico, técnico em administração e finanças (áreas de administração, biblioteconomia, ciências contábeis, ciências econômicas) e técnico em gestão e infraestrutura de trânsito (formação em arquitetura e urbanismo, ciências sociais, engenharia civil, engenharia elétrica ou eletrônica, engenharia mecânica, estatística, pedagogia, psicologia e serviço social).   Todos os participantes foram submetidos às provas objetivas com 30 ou 40 questões de múltipla escolha sobre conhecimentos básicos e conhecimentos específicos.

Vídeos DETRAN

William Douglas dá dicas para a sua aprovação


Mais Lidas

Mais Recentes

Shopping