Tudo Sobre

Concurso Polícia Civil SP (PC SP) 2022

Concurso Polícia Civil SP: Doria autoriza convocação de 378 aprovados

Nomeações são do último concurso Polícia Civil SP (Polícia Civil do Estado de São Paulo). Novos editais iminentes para 2.939 vagas



Fernando Cezar Alves | fernando@jcconcursos.com.br
Publicado em 22/12/2021, às 08h19 - Atualizado às 14h13

None
Concurso Polícia Civil SP: sede da Acadepol Google Maps

Cresce a expectativa pela publicação dos editais do novo concurso Polícia Civil SP (Polícia Civil do Estado de São Paulo). Porém, antes do início da seleção, o governo resolveu priorizar a convocação de remanescentes da última seleção, autorizada em 2017. Neste sentido, o governador João Doria publicou, nesta quarta-feira, 22 de dezembro, o aval para preenchimento de 378 postos, relativos ao último certame. Com isto nada mais impede a publicação dos editais do novo concurso, que já conta, inclusive, com contrato assinado com a banca organizadora, que será a Fundação Vunesp. Os interessados devem ficar atentos.

As vagas autorizadas para convocação de remanescentes estão distribuídas da seguinte forma:

  • delegado de polícia - 68
  • agente policial - 143
  • investigador de polícia - 84
  • auxiliar de papiloscopista - 33
  • papiloscopista policial - 11
  • agente de telecomunicações policial - 39

Concurso Polícia Civil SP: saiba mais sobre a nova seleção

O novo concurso Polícia Civil SP pode ter seus novos editais publicados já no decorrer dos próximos dias. Ao todo serão oferecidas 2.939 vagas, conforme nova autorização divulgada pelo governador João Doria em 7 de outubro. Todas as oportunidades serão destinadas a cargos com exigência de nível superior, com remunerações iniciais de até 11.168,15. De acordo com a autorização, o preenchimento das vagas deve ocorrer até janeiro de 2023.

A distribuição das vagas por cargos da nova autorização é a seguinte:

  • escrivão de polícia - 1.600 vagas
  • investigador de polícia - 900
  • delegado - 250
  • médico legista - 189

Para as carreiras de investigador e escrivão, o inicial chega a R$ 4.716,85, incluindo o salário básico de R$ 3.931,18 e o adicional de insalubridade de até R$ 785,67. No caso de médico legista, o inicial é de R$ 9.485,61, considerando o salário de R$ 8.699,94 e o limite do adicional. Por fim, para a carreira de delegado de polícia, o inicial é de R$ 11.168,15, considerando o inicial de R$ 10.382,48 e o limite de R$ 785,67 do adicional.

Concurso Polícia Civil SP: veja autorização para convocação dos remanescentes

Horita Alonso - OAB/SP - 349.040.
No processo SISAUT-18000-2021-00003, SISAUT-18000-2021-00004 e SISAUT-18000-2021-00005, sobre autorização para o provimento de cargos: “Diante dos elementos de instrução do processo, da manifestação da Secretaria da Segurança Pública e do despacho do Secretário Executivo de Orçamento e Gestão, autorizo a Pasta interessada
a adotar as providências necessárias ao provimento de 378 cargos vagos, sendo 68 de Delegado de Polícia, 143 de Agente Policial, 84 de Investigador de Polícia, 33 de Auxiliar de Papiloscopista Policial, 11 de Papiloscopista Policial e 39 de Agente de Telecomunicações Policial, mediante o aproveitamento de candidatos remanescentes de concursos públicos com prazo de validade em vigor, observadas as disponibilidades orçamentárias e obedecidos os demais preceitos legais e regulamentares atinentes à espécie.”

Concurso Polícia Civil SP (PC SP): saiba como foram os últimos concursos

Como já havia sido anunciado, as últimas seleções do concurso Polícia Civil SP foram autorizados no final de 2017 pelo então governador Geraldo Alckmin. Ao todo foram 2.750 postos, sendo 800 de escrivão, 600 de investigador, 400 de agente policial, 300 de agente de telecomunicações, 250 de delegado, 200 de papiloscopista e 200 de auxiliar de papiloscopista. A banca organizadora, na ocasião, foi a Fundação Vunesp.

Os concursos da corporação costumam contar com cinco fases até a aprovação do candidato:

  • prova objetiva
  • prova escrita
  • comprovação de idoneidade e investigação social
  • prova oral
  • análise de títulos.

No caso de investigador, no último concurso Polícia Civil SP (PC SP), a prova objetiva foi composta de 100 questões, sendo 30 de língua portuguesa, 30 de noções de direito, 10 de noções de criminologia, 10 de noções de lógica, 10 de noções de informática e 10 de atualidades.

Para escrivão foram 36 de língua portuguesa, 30 de noções de direito, 16 de noções de informática e 18 de noções de criminologia, lógica e atualidades.

Para delegado foram 14 de direito penal, 14 de direito processual penal, 14 de legislação especial, 14 de direito constitucional, 14 de direitos humanos, 14 de direito administrativo e 16 de direito civil, medicina legal e noções de informática.

Por fim, para médico legista, o último concurso ocorreu em 2013 e também foi organizado pela Vunesp. A prova objetiva contou com 10 questões de língua portuguesa, 10 de noções de direito, 10 de criminologia, 5 de lógica e 5 de informática, além de 60 de conhecimentos específicos.

Sobre Vunesp

Criada em 1979, a Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (Vunesp) possui personalidade jurídica de direito privado, sem fins lucrativos. A banca tem como principais atividades: planejar, organizar, executar e supervisionar o  vestibular da Unesp; realizar vestibulares e concursos diversos para outras instituições e promover as atividades de pesquisa e extensão de serviços à comunidade, na área educacional.

+ Resumo do Concurso Polícia Civil SP (PC SP) 2022

PC SP - Polícia Civil de São Paulo
Vagas: 2939
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Delegado, Investigador, Escrivão, Agente de Policia Civil
Áreas de Atuação: Segurança Pública
Escolaridade: Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 4716,00 Até R$ 11168,00
Organizadora: Vunesp
Estados com Vagas: SP

+ Agenda do Concurso

04/06/2019 Autorização do Concurso Adicionar no Google Agenda
31/12/2022 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda
concursosconcursos 2023concursos sp (são paulo)provas anteriores

Comentários

Mais Lidas