Tudo Sobre

Concurso Polícia Civil

Investigador: professora analisa prova de português

Sandra Ceraldi Carrasco, professora de língua portuguesa, comenta as questões do exame aplicado no último domingo (3). Recursos contra os gabaritos podem ser enviados até amanhã, dia 8



Redação
Publicado em 07/02/2013, às 14h22

A professora Sandra Ceraldi Carrasco, de língua portuguesa, comenta as questões da prova aplicada no último domingo (3), pela Vunesp, para os candidatos ao cargo de investigador da Polícia Civil de São Paulo. O processo seletivo vai preencher 433 vagas de nível superior e contou com 27.487 inscritos.

Os recursos contra os gabaritos podem ser enviados até amanhã, dia 8, pelo site www.vunesp.com.br. Confira as questões no anexo ao lado e veja os respectivos comentários nesta página!

Sandra Ceraldi Carrasco:

A prova da Vunesp exigiu dos candidatos à vaga de investigador de polícia conhecimentos interpretativos e entendimento de alguns termos como “urdido (tramado)”, “incauto (sem cautela)”, “arguir (argumentar)”, “cortesã (mulher dissoluta), entre outros. Trouxe textos objetivos com temas do cotidiano e extraiu questões de nível fácil e médio, não tendo nenhuma complicação para escolha da alternativa solicitada pela banca. A gramática foi também questionada de forma tranquila. Aqueles que assistiram às aulas de português, já com o enfoque para a Vunesp, não sentiram aperto na solução das questões de língua portuguesa. Confira a correção!

A questão nº 1 levou em consideração conhecimentos interpretativos, retirados de uma charge.  A questão mencionou o vocábulo “impetuoso” e teve como alternativa correta o vocábulo “entusiasmado”, que, segundo o texto, era o comportamento do personagem quando jovem. As demais alternativas não se encaixavam ao proposto. Alternativa correta: D.

A questão nº 2 trabalhou com pontuação e colocação pronominal, tendo como alternativa correta “Infelizmente se transformou o ímpeto de Hagar num passo lento, depois que casamos.” A frase está correta, visto que o advérbio (uma palavra apenas) não obriga o uso da vírgula, mesmo inverso, mas exige próclise. Houve separação de expressões adverbiais “num passo lento” e “depois que casamos” com vírgula de forma correta. As demais alternativas encontram-se destoantes quanto à norma. Alternativa correta: C.

A questão nº 3 solicitou interpretação textual e a alternativa que atendeu aos preceitos constitucionais e aos do Código Civil foi a descrita por: “entram em choque, opondo diferentes posicionamentos, como no caso das biografias.” Alternativa correta: E.

A questão nº 4 diz respeito à harmonia e coerência do título ao texto, tendo “a divulgação de fatos conhecidos, mas constrangedores”, alternativa que realmente revela o propósito da crítica do autor. Alternativa correta: C.

A questão de nº 5 ressalta o uso de linguagem figurada que se encontra na alternativa “... mas os copos e garrafas afastados para os lados, abrindo espaço para a luta, não param em cima da mesa”. Verifica-se nesta questão o uso da prosopopeia (vida a seres inanimados). Alternativa correta: B.

A questão de nº 6 solicita sinônimos de “provê = regulamenta”; “urdidas = que foi tramado” e “arguir = criticar, argumentar, censurar”.  Alternativa correta: E.

A questão nº 7 informa que a linguagem dos estrangeiros é discordante ao preceito do artigo 20 do Código Civil. Alternativa correta: B.

A questão nº 8 requer reescritura textual, mantendo-se o sentido original “o código Civil, em seu artigo 20, faz...”. Nesse caso, por se tratar de paralelismo, um dos recursos para dar conexão entre ideias é o uso das chamadas partículas, locuções ou expressões de transição, que permitem encadear de maneira coerente vários enunciados. No caso, houve adição de ideias referentes à Constituição e ao Código Civil e o uso de “Já” conferiu continuidade, porém relevância de informações, por isso, a alternativa que atende ao requisito é a “C”, que contém a expressão “por sua vez” (adição), que pode ser substituída facilmente sem alteração de sentido.

A questão nº 9 pergunta sobre a relação de adição da questão 8, “não apenas o protagonista,... como estende essa possibilidade a coadjuvantes...”. O sentido do texto original apresentou adição e reforço de protagonista e coadjuvantes. Alternativa correta: D.

A questão nº 10 apresenta erros de norma-padrão e solicita o período bem escrito. “Nos EUA e na Europa, caso as pessoas se sintam ofendidas por uma biografia, processam o autor caso queiram.” O período composto apresentou correção quanto aos tempos verbais (presente do subjuntivo – oração condicional) e também concordância verbal adequada, o que não ocorre com as demais alternativas. Alternativa correta: A.

A questão nº 11 se refere à crase e colocação de pronomes oblíquos, além de adequação quanto à regência.  “É ele que define os limites de fato à liberdade... autorizado a exercer violência contra o cidadão, encarcerando-o.” A crase foi solicitada por intermédio do termo regente “limites”. Houve preposição “a” diante do verbo exercer. O pronome adequado foi o oblíquo “o”, que é termo regido e completa seu regente transitivo direto “encarcerando”. Alternativa correta: E.

A questão nº 12 trabalhada pediu o uso correto do verbo “preferir”, cuja alternativa que atende à norma-padrão é “...prefiro ser demitido a ser demetido”. Alternativa correta: A.

A questão nº 13 (interpretação) apresentou alternativa correta “D”, pois o autor apresentava temor perante àquela situação.

A questão nº 14 (interpretação) informa referência ao sentimento do autor, que é de ojeriza, repugnância. Alternativa correta: A.

A questão nº 15 (interpretação) se refere ao termo “vizinhos”, que no texto informa que os passos estavam a uma pequena distância.  Alternativa correta: C.

Na questão nº 16 “cauteloso” tem por antônimo “imprudente” e “fronteira” tem por sinônimo  “frontal”. Alternativa correta: E.

A questão nº 17 se referiu aos questionamentos apontados pelo autor quanto ao cão que o acompanhava, porém, apenas apontou hipóteses do que poderia ocorrer com verbos no futuro do pretérito do indicativo. Alternativa correta: B.

A questão nº 18 requer trecho de acordo com a norma padrão, o que se percebe na alternativa “D”, pontuação, concordância, grafia e regência adequadas.

A questão nº 19 trata dos termos: “cães conhecidos, ou desconhecidos ....repugnância”. Os termos destacados são, respectivamente, adjetivo, substantivo (acompanhado de artigo na contração “do”) e substantivo. Alternativa correta: C.

A questão nº 20 solicita alternativa que altera o sentido original do texto. Portanto, quando se coloca “alguma” anteposto ao substantivo, apresentará ideia de qualquer, ao passo que colocada após, apresentará valor negativo, alterando o sentido de ambas as frases.  Alternativa correta: E.

Sobre Vunesp

Criada em 1979, a Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (Vunesp) possui personalidade jurídica de direito privado, sem fins lucrativos. A banca tem como principais atividades: planejar, organizar, executar e supervisionar o  vestibular da Unesp; realizar vestibulares e concursos diversos para outras instituições e promover as atividades de pesquisa e extensão de serviços à comunidade, na área educacional.

+ Resumo do Concurso Polícia Civil

Polícia Civil
Vagas: 433
Taxa de inscrição: R$ 60,85
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Segurança Pública
Escolaridade: Ensino Superior
Faixa de salário: Até R$ 2758,34
Organizadora: Vunesp
Estados com Vagas: SP

+ Agenda do Concurso

07/02/2014 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas