Publicado: 20/04/2018 - 14:05 | Atualizado: 04/05/2018 - 16:58

Concurso em Carapicuíba/SP inscreve para 53 vagas

Com oportunidades em diversos cargos, Prefeitura Municipal de Carapicuíba mantém as inscrições abertas até o dia 18 de maio. Os salários iniciais oferecidos chegam a R$ 3,1 mil

Todos os níveis

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

Encontram-se abertas as inscrições dos dois editais de concurso público da Prefeitura Municipal de Carapicuíba, situada na Região Metropolitana de São Paulo, a apenas 28 km da capital. Ao todo, a seleção preencherá 23 vagas do seu quadro de pessoal.  

Candidatos alfabetizados podem se inscrever para a função de artífice nas especialidades de jardineiro (1 vaga), operador de motosserra (1) e pedreiro (5). O salário inicial é de R$ 976,14.

Já para quem tem o ensino fundamental, as chances são para os empregos de eletricista de auto e máquinas (1) e motorista (5). Os respectivos vencimentos são de R$ 1.040,85 e R$ 1.162,27.

O cargo de guarda civil municipal (30) exige ensino médio completo, altura mínima de 1,60m para as mulheres e 1,65m para os homens e carteira de habilitação nas categorias “A” e “B”. O inicial é de R$ 978,18.

Curso técnico específico é requisito no concurso da Prefeitura de Carapicuíba para o posto de técnico em infraestrutura de rede e telefonia (2), cujo ganho é de R$ 1.612,22.

Aqueles que têm o nível superior estão aptos às carreiras de arquiteto (1), dentista (1), engenheiro civil (1), farmacêutico (1), fisioterapeuta (1), fonoaudiólogo (1) e terapeuta ocupacional (2). As remunerações variam de R$ 1.782,24 a R$ 3.145,69.

Etapas do concurso da Prefeitura de Carapicuíba/SP

As inscrições deverão ser realizadas no endereço eletrônico da RBO Assessoria Pública e Projetos Municipais (www.rboconcursos.com.br) até as 15h do dia 18 de maio. O valor da taxa de participação, para todos os cargos, é de R$ 23, 70.

O concurso da Prefeitura de Carapicuíba será constituídos das seguintes etapas: prova objetiva para todos os empregos; avaliação prática para os níveis alfabetizado, fundamental, médio e técnico; e aferição de altura, teste de aptidão física e avaliação psicológica para guarda civil municipal.

A prova objetiva será composta por questões de múltipla escolha que versarão sobre as disciplinas de língua portuguesa, matemática, conhecimentos em informática e/ou conhecimentos específicos.

A avaliação será aplicada na cidade de Carapicuíba/SP no dia 24 de junho para a função de guarda civil municipal e dia 1º de julho para todos os demais postos. As informações sobre os locais e horários de realização dos exames serão divulgadas no edital de convocação, a ser publicado, oportunamente, no site da RBO. 

APOSTILAS CONCURSO PREFEITURA CARAPICUÍBA 2018 - TÉCNICO DE INFRAESTRUTURA DE REDE E TELEFONIA

Vídeos Prefeitura Carapicuíba

Mais Lidas

Comissão de Finanças e Tributação

Comissão de Finanças e Tributação

MPU e CNMP: PL que aumenta salários aguarda parecer

Mais Recentes

Atualizado: 08/05/2018 - 15:51

Inscrição aberta para concurso com 22 vagas em Cajuru/SP

Prazo segue disponível até 27 de maio. Oportunidades no concurso da Prefeitura de Cajuru estão distribuídas entre funções destinadas a profissionais de todas as escolaridades

Interior paulista

Por JCConcursos - Samuel Peressin

Estão abertas as inscrições para o concurso da Prefeitura de Cajuru, no interior de São Paulo, com oferta de 22 vagas, além de chances para cadastro reserva (CR).

 

Para disputar as funções de motorista (1 posto e salário de R$ 987), operador de máquinas (1 - R$ 1.339) e vigia (1 - R$ 954) é necessário possuir nível fundamental incompleto. Já profissionais que concluíram tal ciclo escolar podem concorrer como agente administrativo (1 - R$ 1.339), auxiliar de educador/cuidador (1 - R$ 967), auxiliar de enfermagem (1 - R$ 1.131) e agente comunitário de saúde (1 - R$ 1.131).

 

Ensino médio é requisito do concurso da Prefeitura de Cajuru para almoxarife (CR - R$ 2.154), auxiliar de contabilidade (CR - R$ 2.154), assistente administrativo (CR - R$ 2.154), educador/cuidador (1 - R$ 1.115), escriturário (1 - R$ 967), lançador (1 - R$ 2.154), técnico de enfermagem (1 - R$ 1.072) e técnico em licitações (1 - R$ 2.056).

 

As oportunidades de nível superior são para assistente de procurador (1 - R$ 2.225), assistente social (1 - R$ 1.720), contador (1 - R$ 3.139), enfermeiro (1 - R$ 2.554), nutricionista (CR - R$ 1.155), psicólogo (1 - R$ 1.339), médico (1 - R$ 5.000), neurologista (1 - R$ 5.000), oftalmologista (1 - R$ 5.000), otorrinolaringologista (1 - R$ 5.000) e pediatra (1 - R$ 5.000).

 

Concurso Prefeitura Cajuru 2018: inscrições e provas

 

Será possível se inscrever no concurso da Prefeitura de Cajuru até 27 de maio, mediante a realização de cadastro no site www.institutoindec.com.br e o pagamento de taxas entre R$ 40 e R$ 70.

 

O processo seletivo envolverá provas objetiva (todos os cargos) e prática (operador de máquinas), em datas a serem definidas.

 

A avaliação escrita cobrará a resolução de 40 questões de múltipla escolha no tempo máximo de duas horas. 

 

O conteúdo programático inclui língua portuguesa e matemática, além de conhecimentos específicos - exceto para vigia e auxiliar de educador/cuidador.

 

O concurso da Prefeitura de Cajuru terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do governo municipal, de acordo com o edital.

Continuar lendo

Atualizado: 08/05/2018 - 11:21

Corumbataí/SP inscreve para concurso com cinco vagas

Chances em disputa no concurso da Prefeitura de Corumbataí são para carreiras de encanador, pedreiro, operador de ETA, procurador jurídico e assistente social

Até 14 de maio

Por JCConcursos - Samuel Peressin

Seguem abertas até a próxima segunda-feira (14), às 23h59, as inscrições para o concurso da Prefeitura de Corumbataí, em São Paulo, destinado a preencher cinco vagas. Inicialmente, o prazo estava previsto para terminar na próxima quarta-feira (9), mas foi prorrogado pelo município. 

 

São três oportunidades para profissionais com ensino fundamental: encanador (salário de R$ 1.434,03), pedreiro (R$ 1.358,52) e operador de ETA (R$ 1.434,03).

 

Em nível superior há chances para procurador jurídico (R$ 6.037,94) e assistente social (1.886,87).

 

O formulário para inscrição está disponível no site da banca Sigma Assessoria (http://www.sigmaassessoria.com.br). As taxas custam R$ 30 (postos de ensino fundamental) e R$ 50 (superior).

 

Sobre a prova do concurso da Prefeitura de Corumbataí 2018

 

Marcada para 27 de maio, a prova objetiva cobrará a resolução de 40 questões de múltipla escolha sobre português, matemática e conhecimentos gerais e específicos. 

 

O concurso da Prefeitura de Corumbataí terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do governo municipal, de acordo com o edital.

 

Atribuições do operador de ETA no concurso da Prefeitura de Corumbataí 2018

 

a) Desempenhar-se com zelo e probidade nas tarefas do respectivo setor; b) praticar, sob orientações técnicas, os serviços de tratamento de água destinada ao consumo público; c) manter em funcionamento os sistemas de captação e distribuição de água; d) comunicar aos superiores hierárquicos os eventuais problemas encontrados no respectivo desempenho, para as providencias de alçada; e) zelar pela Estação de Tratamento de Água, protegendo-a contra depredações ou quaisquer outros atos danosos ao sistema; f) cumprir as determinações superiores objetivando o perfeito funcionamento do Setor, inclusive, em termos de disciplina do trabalho.

Continuar lendo

Atualizado: 08/05/2018 - 10:45

Prefeitura de Tupã/SP realiza concurso com 15 vagas

Concurso da Prefeitura de Tupã reúne oportunidades para motorista, agente de combate a endemias, auxiliar de desenvolvimento infantil, monitor de transporte escolar, biólogo, veterinário e médico

Salários até R$ 6,3 mil

Por JCConcursos - Samuel Peressin

Cidade paulista localizada a cerca de 500 km da capital, Tupã abriu concurso público para preencher 15 oportunidades imediatas na prefeitura.

 

Podem concorrer ao cargo de motorista (1 posto e salário de R$ 1.133,75) profissionais com nível fundamental incompleto. Já candidatos que concluíram tal ciclo escolar têm opção como agente de combate a endemias (1 - R$ 1.133,75).

 

O processo seletivo cobra ensino médio para auxiliar de desenvolvimento infantil (1 - R$ 1.019,94) e monitor de transporte escolar (1 - R$ 1.019,94).

 

As demais oportunidades destinam-se a profissionais graduados como biólogo (1 - R$ 1.019,94), veterinário (1 - R$ 1.475,18) e médico nas seguintes especialidades: clínico geral (1), pediatra (1), ginecologista obstetra (1), cardiologista (1), ortopedista (1), neurologista (1), psiquiatra (1), oftalmologista (1) e medicina do trabalho (1), com vencimentos de R$ 6.326,51.

 

Concurso Prefeitura Tupã 2018: inscrições e provas

 

O formulário para inscrição fica disponível até 28 de maio, às 16h, no site www.dedalusconcursos.com.br. As taxas de participação variam de R$ 7,99 e R$ 9,99.

 

A avaliação dos candidatos compreenderá prova objetiva para todos os cargos e exame prático apenas para motorista. Ambas as etapas estão marcadas para 10 de junho.

 

O teste objetivo trará 40 perguntas de múltipla escolha sobre língua portuguesa, matemática e conhecimentos gerais e específicos.

 

A validade do concurso da Prefeitura de Tupã será de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do governo municipal, conforme estabelece o edital.

 

Atribuições do agente de combate a endemias no concurso da Prefeitura de Tupã 2018

 

Visitar domicílios periodicamente, conforme orientações da coordenação da área de saúde; rastrear e combater focos de doenças específicas; auxiliar na promoção da educação sanitária e ambiental; participar de campanhas preventivas; incentivar atividades comunitárias; participar de atividades entre unidades de saúde, autoridades e comunidade; participar de reuniões profissionais. Executar tarefas administrativas relativas ao seu trabalho; executar atividades correlatas. Visitar residências, estabelecimentos comerciais, industriais e outros relacionados com a prevenção da dengue no Município; vistoriar terrenos baldios; localizar e eliminar focos e criadouros; Realizar tratamento focal, aplicação de larvicida (organofosforado) em vasos e plantas, pneus, tambores e outros; Realizar tratamento focal em pontos estratégicos, borracharias, ferro velho, oficinas e outros; Realizar pesquisa larvária em pontos estratégicos; Realizar levantamento de índice (larvário) em imóveis existentes na cidade, de acordo com a classificação endêmica do Município; Fazer orientação sobre o mosquito Aedes Aegypti e como evitar a dengue, em todas as visitas; Preencher formulários; Atualizar mapeamento; Participar de reuniões e cursos de formação e educação continuada, correlatos à prevenção da dengue; Realizar outras ações e atividades, que sejam definidas no planejamento local e/ou da equipe. E executar outras tarefas de mesma natureza e nível de dificuldade ou correlatas determinadas pelo superior imediato, em todo âmbito do município.

Continuar lendo

Atualizado: 08/05/2018 - 09:56

Concurso Sabesp 2018: saiu gabarito da prova objetiva

Avaliação foi aplicada para mais de 137 mil candidatos no último domingo (6). Concurso da Sabesp preencherá 661 postos em carreiras de todas as escolaridades, com salários de até R$ 8,8 mil

Capital, Grande SP, interior e litoral

Por JCConcursos - Samuel Peressin

A Fundação Carlos Chagas já divulgou o gabarito da prova objetiva do concurso da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), aplicada no último domingo (6). Os candidatos podem consultá-lo aqui

 

A seleção preencherá, ao todo, 661 vagas distribuídas entre a capital, Grande SP, interior e litoral, além de formar cadastro reserva (CR), de acordo com o edital. O número total de inscritos é de 137.866, segundo balanço da empresa organizadora.  

 

Quem possui nível fundamental pôde se candidatar a agente de saneamento ambiental (256 postos), motorista operador de equipamentos automotivos (15) e oficial de manutenção nas áreas de caldeiraria (1), civil (2), elétrica (33), mecânica (19) e soldador (4).

 

Ensino médio foi requisito para as carreiras de atendente a clientes (16) e técnico em gestão (50). Quem também possui formação técnica teve opções como técnico em gestão - informática (3), controlador de sistemas de saneamento (1), técnico de segurança do trabalho (4) e técnico em sistemas de saneamento nas áreas de agrimensura (1), automação (1), edificações (22), eletromecânica (13), eletrônica (3), eletrotécnica (6), mecânica (7), química (50), química/meio ambiente/saneamento (23), saneamento (8) e telecomunicações (1).

 

Em nível superior estão em disputa oportunidades no concurso da Sabesp para advogado (29); biólogo (1); engenheiro nas seguintes especialidades: ambiental (4), civil (18), elétrico (1), mecânico (3), sanitarista (1) e segurança do trabalho (3); médico do trabalho (2); químico (3); tecnólogo - construção civil/edifícios e obras hidráulicas (2); e analista de gestão nas áreas de administração (33), contabilidade (10), economia (4), psicologia (2), publicidade e propaganda (1), relações públicas (2) e sistemas (3).

 

APOSTILAS CONCURSO SABESP 2018 - DIVERSOS CARGOS E NÍVEIS

 

Além da capital, o processo seletivo disponibiliza vagas para atuação nas áreas de abrangência das regiões de Bragança Paulista, Franco da Rocha, Mairiporã, Avaré, Itapeva, Itapetininga, Alto Paranapanema, Presidente Prudente, Franca, Mococa, São João da Boa Vista, Divisões do Pardo e Grande, Itatiba, Botucatu, Caraguatatuba, Apiaí, Juquitiba, Registro, Baixada Santista, Fernandópolis, Jales, Lins, Monte Alto, Novo Horizonte, Baixo Tietê e Grande, Taubaté, São José dos Campos, Lorena e Campos do Jordão.  

 

O último concurso da Sabesp, realizado em 2013, totalizou 41.264 inscritos. A oferta foi de 624 oportunidades. 

 

Salários oferecidos no concurso da Sabesp 2018

 

As remunerações partem de R$ 3.058,80 para vagas de nível fundamental e alcançam R$ 4.854,34 para postos de ensino médio e R$ 8.804,74 para cargos com exigência de curso superior.

 


Ads

Seja aprovado no concurso SABESP 2018

Tenha uma preparação completa para o Concurso da SABESP com materiais de acordo com o Edital. Clique Aqui!.

 

Os vencimentos informados já incluem o vale-refeição diário de R$ 35,01 (total de R$ 840,24, considerando 24 dias) e a cesta básica de R$ 364,03 (exceto para postos de engenheiro, que excedem o salário-base de R$ 7.504,78), conforme o acordo coletivo 2017/2018.

 

A companhia ainda concede outros benefícios, entre eles: vale-transporte, participação nos resultados, plano de saúde, previdência suplementar e seguro de vida em grupo. Em caso de hora extra, os servidores recebem o equivalente a 100% do valor do horário normal.

 

As inscrições para o concurso da Sabesp 2018 foram recebidas por meio do site www.concursosfcc.com.br. As taxas custaram R$ 50 (nível fundamental), R$ 60 (médio) e R$ 70 (superior).

 

Concurso Sabesp 2018: detalhes sobre as provas

 

Todos os candidatos realizaram prova objetiva com questões de múltipla escolha. Foram 40 perguntas para as funções de nível fundamental e 50 para as demais vagas.

 

O conteúdo programático do concurso da Sabesp previa língua portuguesa, matemática/raciocínio lógico, informática, atualidades e conhecimentos específicos, variando as disciplinas conforme a carreira. 

 

A avaliação ocorreu em Botucatu, Bragança Paulista, Caraguatatuba, Franca, Itapetininga, Itatiba, Lins, Presidente Prudente, Registro, Santos, São José dos Campos e São Paulo.

 

Nas demais etapas, os concorrentes serão submetidos, respectivamente, a outras duas fases: comprovação de pré-requisitos e exame médico admissional, em datas a serem definidas.  

 

Segundo prevê o edital, o concurso da Sabesp terá validade de um ano, prorrogável por mais um, a critério da companhia. A publicação do resultado final está prevista para 19 de junho. 

 

Nomeações do concurso estão previstas para ter início a partir de junho. Veja mais informações clicando aqui.

 

Atribuições do agente de saneamento ambiental (256 vagas) no concurso da Sabesp 2018

 

Atuar no sistema de saneamento ambiental em atividades que exigem esforço físico, relacionadas com a operação, conservação e manutenção de sistemas de produção, controle de qualidade, abastecimento de água, coleta e disposição final de esgotos, realizando atividades internas e externas. Executar abertura e/ou fechamento de valas, registros hidráulicos e atividades relativas à instalação, manutenção, remanejamento e prolongamento de redes de água e esgotos e manobras em linhas adutoras. Transportar equipamentos, materiais e ferramentas em geral. Coletar amostras em locais pré-determinados. Operar equipamentos das estações elevatórias e subestações transformadoras, máquinas de desobstrução de esgotos, etc. Efetuar leitura de hidrômetros, corte, entrega de contas, supressão e restabelecimento de ligações de água, nos domicílios dos clientes. Realizar, sob orientação, ensaio metrológico de hidrômetro em campo, verificando suas condições físicas e utilizando equipamento portátil, de acordo com os procedimentos estabelecidos e informar o resultado ao cliente, prestando os devidos esclarecimentos. Executar serviços de desinfecção em redes e reservatórios, etc. Atuar em atividades de natureza elétrica, hidráulica, mecânica, civil e realizar outras atividades correlatas, zelando pela organização, segurança e conservação do local de trabalho. Dirigir veículo para realização das atividades previstas para o cargo.

 

Conteúdo programático parcial para vagas de nível fundamental no concurso da Sabesp

 

Língua portuguesa – Interpretação de texto. Sinônimos e antônimos. Sentido próprio e figurado das palavras. Ortografia oficial. Acentuação gráfica. Pontuação. Substantivo e adjetivo: flexão de gênero, número e grau. Verbos: regulares, irregulares e auxiliares. Emprego de pronomes, preposições e conjunções. Emprego e sentido que imprimem às relações que estabelecem. Concordância verbal e nominal. Regência.

 

APOSTILAS CONCURSO SABESP 2018 - TÉCNICO EM GESTÃO

 

Matemática/raciocínio lógico – Números inteiros e racionais: operações (adição, subtração, multiplicação, divisão, potenciação); expressões numéricas; múltiplos e divisores de números naturais; problemas. Frações e operações com frações. Números e grandezas proporcionais: razões e proporções; divisão em partes proporcionais; regra de três; porcentagem e problemas. Estrutura lógica de relações arbitrárias entre pessoas, lugares, objetos ou eventos fictícios; deduzir novas informações das relações fornecidas e avaliar as condições usadas para estabelecer a estrutura daquelas relações. Compreensão e elaboração da lógica das situações por meio de: raciocínio verbal, raciocínio matemático, raciocínio sequencial, orientação espacial e temporal, formação de conceitos, discriminação de elementos. Compreensão do processo lógico que, a partir de um conjunto de hipóteses, conduz, de forma válida, às conclusões determinadas.

 

Confira o conteúdo programático completo do concurso da Sabesp 2018

Continuar lendo

Atualizado: 08/05/2018 - 09:49

Concurso Polícia Civil/SP: última semana para 1400 vagas

As chances no concurso da Polícia Civil de São Paulo são para candidatos de nível superior em qualquer área de conhecimento, com remunerações de R$ 4,4 mil

Escrivão e investigador

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

Ainda dá tempo de participar do concurso público da Polícia Civil do Estado de São Paulo (PC/SP) para as carreiras de escrivão e investigador de polícia. Os dois editais somam 1.400 vagas, sendo 70 reservadas às pessoas com deficiência.  

 

Leia também: 

Concurso PC/SP 2018: publicados editais com 500 vagas de nível médio
Concurso PC/SP: inscrições para 250 oportunidades de delegado

 

Do total de ofertas, 800 são destinadas ao cargo de escrivão de polícia e as outras 600 são para investigador de polícia. Interessados em concorrer a uma das vagas devem possuir diploma de conclusão de curso de nível superior em qualquer área de conhecimento, carteira de habilitação na categoria “B” e ter conduta irrepreensível na vida pública e privada.

APOSTILAS CONCURSO POLÍCIA CIVIL PC/SP 2018 - DIVERSOS CARGOS
APOSTILA CONCURSO POLÍCIA PC/SP 2018 - INVESTIGADOR

 

A remuneração inicial dos postos de escrivão e investigador de polícia é de R$ 4.435,62, incluindo o salário de R$ 3.743,98 (correspondente à soma dos valores do salário-base e da gratificação pelo Regime Especial de Trabalho Policial - RETP) e o adicional de insalubridade de R$ 691,64.

A empresa responsável pela organização e execução do processo de seleção do concurso da Polícia Civil/SP é a Fundação Vunesp. As inscrições deverão ser realizadas até o dia 15 de maio, exclusivamente pela internet, através do endereço eletrônico www.vunesp.com.br.

CURSO CONCURSO POLÍCIA CIVIL PC/SP 2018 -  ESCRIVÃO E INVESTIGADOR
APOSTILA COCURSO POLÍCIA CIVILPC/SP 2018 - ESCRIVÃO

Será cobrada uma taxa de participação do concurso da Polícia Civil/SP 2018, no valor de R$ 84,81 para ambas as funções. O pagamento do boleto bancário deverá ser efetuado até a data limite do prazo, observado o horário de funcionamento do banco.

 

 

Provas do concurso da PC/SP 2018 para escrivão e investigador

 

 

A primeira etapa a ser disputada pelos candidatos será a prova preambular, de caráter eliminatório e classificatório. Constituída de 100 questões de múltipla escolha, ela será aplicada no dia 10 de junho nas cidades de Araçatuba, Bauru, Campinas, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo (capital e região metropolitana), Piracicaba e Sorocaba.


Ads

Seja aprovado no concurso PC/SP 2018

Tenha uma preparação completa no Concurso de Investigador e Escrivão da PC/SP. Materiais de acordo com o Edital. Confira.

Para escrivão de polícia, a prova preambular contará com 36 questões de língua portuguesa, 30 de noções de direito, 16 de noções de informática e 18 de noções de criminologia, noções de lógica e atualidades.

 

Já para investigador de polícia serão 30 questões de língua portuguesa, 30 de noções de direito, 10 de noções de criminologia, 10 de noções de lógica, 10 de noções de informática e 10 de atualidades.

 

Serão convocados para a prova escrita, eliminatória e classificatória, os candidatos habilitados na prova preambular, no total de 1.200 para o cargo de escrivão e em número de duas vezes o de vagas postas em disputa para investigador.

 

O concurso da Polícia Civil/SP 2018 para escrivão e investigador ainda contará com as seguintes etapas: comprovação de idoneidade e conduta escorreita mediante investigação social, de caráter unicamente eliminatório; prova oral, eliminatória e classificatória; e análise de títulos, de apenas classificatória.

 

 

Atribuições dos cargos do concurso da Polícia Civil/SP

 

 

Escrivão de polícia - elaboração de registros digitais de ocorrência - RDO; termos circunstanciados; inquéritos policiais - em todas as suas formas de instauração; processos administrativos; sindicâncias; apurações e demais peças e documentos policiais, tendo ainda como atribuição a organização cartorária, sob a presidência direta do Delegado de Polícia), além das funções previstas na Portaria DGP nº 30/12 e na Lei nº 207, de 5 de janeiro de 1979 (Lei Orgânica da Polícia do Estado de São Paulo).

 

Investigador de polícia - realizar diligências investigatórias e de policiamento preventivo especializado; cumprir requisições escritas ou verbais atinentes ao trabalho de polícia judiciária, emanadas pela autoridade policial; cumprir mandados; elaborar documentos de polícia judiciária e relatórios circunstanciais; escoltar presos; realizar prisões e apreensões; manter a segurança de locais onde se desenvolve a atividade policial civil; atender ao público interno e externo, no desempenho da atividade policial; intervir, a qualquer tempo, em ocorrências de natureza criminal; conduzir viaturas policiais; transportar pessoas e coisas vinculadas a ocorrências policiais, conservar, manusear e empregar armas de fogo e equipamentos menos letais; portar arma de fogo e atuar em campo com possibilidade de exposição a situações de conflito armado; executar demais atos compatíveis com a atividade de polícia judiciária e administrativa.

 

Saiu o edital para delegado da PC/SP 2018. Confira aqui!

Continuar lendo

Atualizado: 07/05/2018 - 15:49

Patrocínio Paulista/SP: concurso com inscrições abertas

Oferta no concurso da Câmara Municipal de Patrocínio Paulista é de duas vagas distribuídas entre os cargos de auxiliar administrativo e procurador

Nível superior

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

A Câmara Municipal de Patrocínio Paulista, localizada no Estado de São Paulo, abriu as inscrições do concurso público de dispõe de duas vagas para cargos de nível superior. O contrato de trabalho será regido pelo regime jurídico da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

 

Oportunidades estão distribuídas entre os postos de auxiliar administrativo e procurador, cujos respectivos salários iniciais são de R$ 1.700 e R$ 2.764,09.

 

As inscrições deverão ser realizadas exclusivamente pela internet, através do endereço eletrônico http://concursos.srdigitalizacoes.com.br, até o dia 5 de junho. O valor da taxa é de R$ 80 para ambas as funções.

 

O concurso da Câmara de Patrocínio Paulista/SP será constituído de uma única etapa: prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. Ela será composta por 30 questões de múltipla escolha, sendo 10 de língua portuguesa e 20 de conhecimentos específicos.

 

A avaliação será aplicada na cidade de Patrocínio Paulista/SP na data provável de 29 de julho, em locais e horários a serem comunicados no edital de convocação, a ser divulgado em momento oportuno.

 

 

Atribuições dos cargos da Câmara de Patrocínio Paulista/SP

 

 

Procurador - representar juridicamente a câmara municipal, em juízo ou fora dele, na forma da legislação em vigor; elaborar pareceres relativamente aos projetos de lei, decretos legislativos e resoluções, subsidiando o trabalho das comissões, sempre que solicitado por estas e / ou que se fizer necessário; emitir parecer em licitações e contratos; prestar suporte jurídico ao presidente da câmara e aos demais vereadores em matérias de interesse do Legislativo; apresentar justificativas, dentre outras manifestações junto ao Tribunal de Contas do Estado; participar de todas as sessões ordinárias, extraordinárias e solenes da câmara municipal; proferir decisões nas sindicâncias e nos processos administrativos e demais atribuições relacionadas ao exercício da advocacia. Emitir parecer em todos os projetos de lei, resolução ou decreto legislativo encaminhados às comissões permanentes para parecer.

 

Auxiliar administrativo - prestar atendimento e esclarecimentos ao público interno e externo, ou por meio de ofícios e processos ou através das ferramentas de comunicação que lhe forem disponibilizadas; efetuar e auxiliar no preenchimento de processos, guias, requisições e outros impressos; aperfeiçoar as comunicações internas e externas, mediante a utilização dos meios postos à sua disposição, tais como, telefone, correio eletrônico, entre outros; monitorar e desenvolver as áreas de protocolo, serviço de postagem; instruir requerimentos e processos, realizando estudos e levantamentos de dados, observando prazos, normas e procedimentos legais; organizar, classificar, registrar, selecionar, catalogar, arquivar e desarquivar processos, documentos, relatórios, periódicos e outras publicações; operar computadores, utilizando adequadamente os programas e sistemas informacionais postos à sua disposição, contribuindo para os processos de automação, alimentação de dados e agilização das rotinas de trabalho relativos à sua área de atuação; redigir textos, ofícios, relatórios e correspondências, com observância das regras gramaticais e das normas de comunicação oficial; efetivar o registro e o controle patrimonial dos bens públicos; colaborar em levantamentos, estudos para a formulação de projetos e ações públicas; realizar procedimentos do controle interno, elaborando os competentes relatórios de conformidade com a legislação de regência; auxiliar nos serviços do setor contábil; manter-se atualizado sobre as normas legais; participar de cursos de qualificação e repassar aos seus pares informações e conhecimentos técnicos proporcionados, dentre outras correlatas.

Continuar lendo

Atualizado: 07/05/2018 - 14:24

Consórcio Cemmil Pró-Estrada/SP: concurso com 14 vagas

As inscrições do concurso do Consórcio Intermunicipal Cemmil Pró-Estrada já estão abertas e serão aceitas até o dia 24 de maio

Nível fundamental

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

Encontram-se abertas as inscrições do concurso público do Consórcio Intermunicipal Cemmil Pró-Estrada, que abrange as cidades de Mogi Guaçu, Mogi Mirim, Itapira e Leme, localizadas no Estado de São Paulo. Oportunidade é de 14 vagas, além de formação de cadastro reserva (CR).

 

Candidatos que têm o ensino fundamental incompleto podem concorrer para os cargos de motorista (1 vaga), operador de trator agrícola (2), operador de trator esteira (1), operador de retroescavadeira (CR) e auxiliar de serviços gerais (10). Os salário iniciais são de R$ 998 para auxiliar e R$ 1.782 para operador e motorista.

 

Além dos vencimentos, o Consórcio Intermunicipal Cemmil Pró-Estrada ainda oferece os seguintes benefícios: R$ 231 de vale-alimentação e R$ 178,50 de auxílio-transporte.

 

De acordo com o edital, as ofertas de auxiliar de serviços gerais e operador de trator agrícola serão lotadas na cidade de Mogi Guaçu, enquanto que os demais postos atuarão em âmbito territorial.

 

Interessados deverão preencher o formulário de inscrição no endereço eletrônico da Orhion Consultoria (http://orhion.com.br), empresa responsável pela organização e execução do processo de seleção, até o dia 24 de maio. A taxa custa R$ 28.

 

 

Provas do concurso do Cemmil Pró-Estrada

 

 

A primeira etapa a ser disputada pelos candidatos será a prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. Ela será composta por 30 questões de múltipla escolha, sendo 10 de português, 10 de matemática e 10 de conhecimentos específicos.

 

As informações sobre a data, locais e horários de realização da avaliação serão comunicadas no edital de convocação, a ser divulgado no site da Orhion Consultoria a partir do dia 12 de junho.

 

A etapa final do concurso do Cemmil Pró-Estrada será a prova prática, eliminatória e classificatória, que será realizada por todos os empregos.

 

 

 

Atribuições dos cargos do Cemmil Pró-Estrada

 

 

Operadores de máquinas (trator agrícola, trator de esteira e retroescavadeira) - operar e conservar máquinas da frota da prefeitura manipulando os comandos de marcha, direção e demais mecanismos, conduzindo-os e operando-os em programas determinados de acordo com as normas de trânsito e segurança do trabalho e as instruções recebidas. Inspecionar o equipamento, antes da saída, verificando o estado dos pneus, os níveis de combustível, água e óleo do carter, testando freios, parte elétrica e outros mecanismos para certificar-se de suas condições de funcionamento. Verificar os itinerários, o número de viagens e outras instruções de trânsito e a sinalização, visando o cumprimento das normas estabelecidas. Operar corretamente; niveladora, pá-carregadeira, retro escavadeira, máquina de esteira, rolo compactador, trator rural, esteira hidráulica e demais veículos pertencentes a frota da Prefeitura, obedecendo ao Código de Trânsito Brasileiro, para a execução dos serviços determinados. Zelar pela documentação de carga e do veículo, verificando sua legalidade e correspondência aos volumes transportados, para apresentá-la as autoridades competentes, quando solicitada, nos postos de fiscalização. Controlar e auxiliar a carga e descarga do material transportável, comparando-o aos documentos recebidos, para atender corretamente o usuário. Zelar pela manutenção do veículo, comunicando falhas e solicitando reparos, para assegurar o seu perfeito funcionamento e conservação. Transportar, ferramentas e equipamentos para obras. Recolher o veículo após a jornada de trabalho, conduzindo-o à garagem da Prefeitura, para permitir sua manutenção e abastecimento. Ficar à disposição, em plantão contínuo, quando escalado. Transportar materiais de construção em geral, ferramentas e equipamentos para obras. Utilizar os veículos apenas para as finalidades públicas especificadas; exercer outras tarefas correlatas.

 

Motorista - dirigir e conservar veículos automotores da frota do Cemmil, tais como: caminhão caçamba, basculante, veículos leves, toco e truco, munck, pipa, gaiola automóveis, peruas, picapes, caminhões, ônibus, micro-ônibus e peruas e/ou vans, manipulando os comandos de marcha, direção e demais mecanismos, conduzindo-os e operando-os em programas determinados de acordo com as normas de trânsito e segurança do trabalho e as instruções recebidas, para efetuar e transporte de: materiais, pessoal carregar terra e areia, cascalho. Inspecionar o veículo, antes da saída, verificando o estado dos pneus, os níveis de combustível, água e óleo do carter, testando freios, parte elétrica e outros mecanismos para certificar-se de suas condições de funcionamento. Verificar os itinerários, o número de viagens e outras instruções de trânsito e a sinalização, visando o cumprimento das normas estabelecidas. Dirigir corretamente caminhão caçamba, basculante, veículos leves, toco e truco, munck, munck, pipa, gaiola automóveis, peruas, picapes, caminhões, ônibus, micro-ônibus e peruas e/ou vans e demais veículos pertencentes a frota do Cemmil, obedecendo ao Código de Trânsito Brasileiro, recolhendo e transportando pessoas, cargas, materiais, areia, terra, cascalho, e equipamentos em locais e horas determinadas, conduzindo-os em segurança conforme itinerários estabelecidos. Operar os mecanismos específicos dos caminhões, tais como basculante, munck, etc., obedecendo as normas de segurança no trabalho. Zelar pela documentação de carga e do veículo, verificando sua legalidade e correspondência aos volumes transportados, para apresenta-la as autoridades competentes, quando solicitada, nos postos de fiscalização. Controlar e auxiliar a carga e descarga do material transportável, comparando-o aos documentos recebidos, para atender corretamente o usuário. Zelar pela manutenção do veículo, comunicando falhas e solicitando reparos, para assegurar o seu perfeito funcionamento e conservação. Transportar materiais de construção em geral, ferramentas e equipamentos para obras. Recolher o veículo após a jornada de trabalho, conduzindo-o à garagem da Cemmil, para permitir sua manutenção e abastecimento. Ficar à disposição, em plantão contínuo, quando escalado. Utilizar os veículos apenas para as finalidades públicas especificadas; exercer outras tarefas correlatas.

 

Auxiliar de serviços gerais - executar serviços em diversas áreas da organização, exercendo tarefas de natureza operacional em obras públicas, conservação e manutenção dos logradouros públicos e outras atividades. Auxiliar nos serviços de armazenagem de materiais leves e pesados, tais como cal, cimento, areia, tijolos e outros, acondicionando-os em prateleiras ou pátios. Auxiliar nos serviços de jardinagem, aparando gramas, preparando a terra, plantando sementes e mudas, podando árvores. Efetuar limpeza e conservação de áreas verdes, praças, terrenos baldios, ruas e outros logradouros públicos, carpindo, limpando, lavando, varrendo, transportando entulhos, executando atividades de carregamento, descarregamento e entrega de materiais e mercadorias. Auxiliar na preparação de rua para a execução de serviços de pavimentação, compactando o solo, esparramando a terra, pedra, para manter a conservação dos trechos desgastados ou na abertura de novas vias. Auxiliar nas instalações e manutenções elétricas, fornecendo materiais necessários e utilizando ferramentas manuais, para estruturar a parte geral das instalações. Apreender animais soltos em vias públicas tais como cavalos, vaca, cachorros, cabritos entre outros, lançando-os e conduzindo-os ao local apropriado, para evitar acidentes e garantir a saúde da população. Auxiliar no assentamento de tubos de concreto, transportando-os e /ou segurando-o para garantir a sua correta instalação. Executar serviços de capinação em terrenos, ruas, avenidas, estradas rurais e outros logradouros públicos, carregando e descarregando galhos nos caminhões de coleta. Zelar pela conservação das ferramentas, utensílios e equipamentos de trabalho, recolhendo-os e armazenando-os nos locais adequados; executar serviços de limpeza próprios e logradouros municipais; executar atividades correlatas.

Continuar lendo

Atualizado: 07/05/2018 - 11:49

Igaraçu do Tietê/SP realiza concurso com 14 vagas

Chances no concurso da Prefeitura de Igaraçu do Tietê estão distribuídas entre funções destinadas a profissionais de todas as escolaridades. Inscrições até 21 de maio

Interior paulista

Por JCConcursos - Samuel Peressin

No interior de São Paulo, a Prefeitura de Igaraçu do Tietê abriu concurso público para contratação de 14 servidores em funções de todas as escolaridades. 

 

O cargo de motorista (1 posto) pode ser disputado por candidatos com nível fundamental e Carteira Nacional de Habilitação (CNH) categoria "D".

 

O certame exige ensino médio para auxiliar de dentista (1), escriturário (1) e secretário de escola (1). 

 

As oportunidades de nível superior no concurso da Prefeitura de Igaraçu do Tietê são para fonoaudiólogo (1), nutricionista (1), professor de geografia (1) e médico nas seguintes especialidades: cardiologista (1), ginecologista (1), ortopedista (1), pediatra (1), psiquiatra (1), ultrassonografista (1) e vascular (1).

 

As remunerações variam de R$ 888,90 a R$ 3.063,12. No caso das carreiras de fonoaudiólogo e professor, os vencimentos são por hora trabalhada, nos valores de R$ 8,02 e R$ 10,68, respectivamente.

 

Concurso Prefeitura Igaraçu do Tietê 2018: inscrições e provas

 

O processo seletivo é organizado pela OM Consultoria, que recebe inscrições até 21 de maio, exclusivamente pela internet (www.omconsultoria.com.br).

 

A banca cobra taxas de R$ 20 (ensino fundamental), R$ 25 (médio) e R$ 35 (superior).

 

A seleção envolverá provas objetiva (todos os cargos), prática (motorista) e de títulos (professor), em datas a serem definidas.

 

De acordo com o edital, o concurso da Prefeitura de Igaraçu do Tietê terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do governo municipal.

Continuar lendo

Atualizado: 07/05/2018 - 11:05

Prefeitura de Cardoso/SP reúne 16 vagas em concurso

Cargos em disputa no concurso da Prefeitura de Cardoso, no interior paulista, pagam até R$ 4,6 mil. Prazo para inscrições termina em 25 de maio

Todos os níveis

Por JCConcursos - Samuel Peressin

Com cerca de 10 mil habitantes, o município de Cardoso, no interior de São Paulo, abriu concurso para preenchimento de 16 vagas no quadro de servidores da prefeitura, além de formação de cadastro reserva (CR).

 

O processo seletivo cobra nível fundamental para fiscal de tributos municipais (1 posto e salário de R$ 1.1213,98), motorista (1 - R$ 1.404,64) e escriturário (1 - R$ 1.404,64).

 

Quem possui ensino médio pode concorrer como agente comunitário de saúde (6 - R$ 1.404,64), assistente de administração (1 - R$ 1.631,54), auxiliar odontológico (1-  R$ 1.404,64), visitador sanitário (1 - R$ 1.404,64) e técnico de enfermagem (1 - R$ 2.424,30), função que também requer formação técnica. 

 

São ofertadas chances de nível superior para dentista (1 - R$ 4.693,56), enfermeiro (1 - R$ 4.693,56) e farmacêutico (1 - R$ 3.331,98).

 

Concurso Prefeitura Cardoso 2018: inscrições e prova

 

Os interessados podem se inscrever até 25 de maio. A ficha para cadastro está disponível no site da banca Seta Concurso (www.setaconcurso.com.br). As taxas custam R$ 50 (níveis fundamental e médio) e R$ 80 (superior).

 

Marcada para 17 de junho, a prova objetiva trará 40 questões de múltipla escolha sobre língua portuguesa, matemática e conhecimentos gerais e específicos.

 

A validade do concurso da Prefeitura de Cardoso será de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do governo municipal, conforme estabelece o edital.

 

Continuar lendo

Atualizado: 07/05/2018 - 10:31

São José dos Campos/SP: concurso inscreve para 35 vagas

Chances no concurso da Prefeitura de São José dos Campos estão distribuídas entre três cargos: assistente em gestão municipal, agente educador e dentista, com vencimentos que vão de R$ 1,7 mil a R$ 3,4 mil

Até 4 de junho

Por JCConcursos - Samuel Peressin

A Prefeitura de São José dos Campos, em São Paulo, a cerca de 100 km da capital, abriu nesta segunda-feira (7) as inscrições para o concurso público que oferece 35 vagas imediatas.

 

A maior parte das oportunidades é destinada a profissionais com ensino médio. Elas estão distribuídas entre dois cargos: assistente em gestão municipal (10 postos) e agente educador (20). A remuneração é de R$ 1.781,23.

 

As demais contratações são para a carreira de dentista, que reúne cinco chances, paga R$ 3.401,26 e requer curso superior.

 

Disponíveis até as 23h59 de 4 de junho, as inscrições devem ser registradas mediante o preenchimento de formulário no site www.ibamsp-concursos.org.br. As taxas custam R$ 45 (assistente e agente) e R$ 80 (dentista).

 

Detalhes sobre a prova do concurso da Prefeitura de São José dos Campos 2018

 

Os candidatos serão avaliados em etapa única, por meio de prova objetiva marcada para 1º de julho. O exame trará 50 questões de múltipla escolha para serem solucionadas em, no máximo, três horas e meia.

 

O conteúdo programático inclui: língua portuguesa, atualidades e informática para todos os cargos; matemática apenas para vagas de nível médio; e conhecimentos específicos para agente e dentista.

 

De acordo com o edital, o concurso da Prefeitura de São José dos Campos terá validade de um ano, prorrogável por mais um, a critério do governo municipal.

 

Concurso Prefeitura São José dos Campos: atribuições do assistente em gestão municipal

 

Executar atividades de suporte ao desenvolvimento, à operação e gestão dos processos técnicos e administrativos em diferentes unidades organizacionais da Prefeitura de São José de Campos. Desenvolver estudos, levantamentos e pesquisas que subsidiem análises de capacidades objeto de ação para fins de diagnósticos, planejamento e intervenções no sistema de trânsito, transportes e outros setores da Administração Municipal. Na área de trânsito e transportes, fiscalizar, orientar, organizar as operações de transito e transportes, por delegação, utilizando procedimentos facilitadores de melhoria do sistema.

 

Atribuições do agente educador no concurso da Prefeitura de São José dos Campos

 

Atuar como agente no desenvolvimento de ações educativas de implementação de programas de promoção social, cultural, educacional e de lazer, visando a reabilitação psicossocial, a formação para cidadania, de proteção e de acolhimento. Nas unidades escolares, participar do planejamento, execução de procedimentos e vivências relacionadas à etapa da educação básica correspondente aos grupos etários da educação infantil (do berçário até o ingresso no ensino fundamental). Executar atividades de suporte à promoção de eventos de natureza cultural, social, educativas e de lazer na área de atuação.

Continuar lendo

Atualizado: 07/05/2018 - 10:12

Câmara de Itaquaquecetuba/SP tem concurso com 19 vagas

Concurso da Câmara Municipal de Itaquaquecetuba é destinado a candidatos de todos os níveis escolares. A participação deverá ser garantida entre os dias 10 de maio e 7 de junho

Ganhos de até R$ 8,6 mil

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

Na região metropolitana de São Paulo, a cerca de 42,2 km da capital, a Câmara Municipal de Itaquaquecetuba divulgou um novo edital de concurso público destinado ao provimento de 19 vagas. Do total de ofertas, quatro são reservadas a pessoas com deficiência.

 

Para quem concluiu o ensino fundamental, as chances são para as funções de auxiliar administrativo (4 vagas), servente-copeira (4) e vigia (3). O salário inicial do primeiro cargo é de R$ 1.647,30 e dos dois últimos é de R$ 1.339,39.

 

Candidatos que têm o ensino médio estão aptos às carreiras de oficial administrativo (2) e recepcionista (1). Os respectivos vencimentos são de R$ 1.966,93 e R$ 1.647,30.

 

Nível superior é requisito para os postos de contador (1), controlador interno (1), jornalista (1), procurador jurídico (1) e técnico em informática (1). As remunerações variam de R$ 3.882,02 a R$ 8.622,99.

 

Como benefícios, a Câmara de Itaquaquecetuba ainda oferece auxílio-transporte, vale-refeição e cesta básica.

 

De acordo com o edital, o candidato nomeado prestará serviços câmara dentro do horário estabelecido pela administração, podendo ser diurno e/ou noturno, em dias de semana, sábados, domingos e/ou feriados, em escalas de plantão, obedecida à carga horária semanal de trabalho.

 

 

Etapas do concurso da Câmara de Itaquaquecetuba/SP

 

 

A empresa responsável pela organização e execução do processo de seleção é a Fundação Vunesp. O formulário de inscrição estará disponível na página eletrônica www.vunesp.com.br entre os dias 10 de maio e 7 de junho. Os valores da taxa de participação são de R$ 45 para ensino fundamental, R$ 55 para nível médio e R$ 82 para formação superior.

 

Todos os inscritos no concurso da Câmara de Itaquaquecetuba serão avaliados por meio de prova objetiva de múltipla escolha, que versará sobre as disciplinas de língua portuguesa, matemática, raciocínio lógico, noções de informática, legislação e/ou conhecimentos específicos.

 

Candidatos que pleiteiam o cargo de procurador jurídico ainda serão submetidos à prova prático-profissional. Ela irá avaliar o grau de conhecimento e a capacidade de argumentação técnica do participante, necessários ao desempenho da função.

 

As prova objetiva e prático-profissional serão aplicadas na cidade de Itaquaquecetuba/SP no dia 29 de julho. A confirmação da data e as informações sobre o local, sala e horário serão comunicadas no Edital de Convocação, a ser divulgado no site da Fundação Vunesp em momento oportuno.

 

 

Atribuições dos cargos de nível médio da Câmara de Itaquaquecetuba/SP 

 

 

Oficial administrativo - auxiliar nos serviços de natureza administrativa, específicos de cada divisão ou setor da câmara. Redigir, digitar, conferir, ofícios ou quaisquer outros tipos de correspondências oficiais, proposituras, projetos, emendas, relatórios, encaminhados pelo superior hierárquico; conferir, ordenar e arquivar processos, publicações oficiais, documentos, livros, periódicos, prontuários, documentos fiscais e contábeis; atender a funcionários, vereadores e público fornecendo informações gerais atinentes ao serviço realizado, pessoalmente, por meio eletrônico ou por telefone; auxiliar nas sessões ordinárias, extraordinárias, solenes, nos atos solenes e atividades oficiais da câmara, no tocante aos serviços administrativos para o bom andamento dos trabalhos; comunicar ao superior hierárquico os problemas que prejudiquem o desenvolvimento dos trabalhos, assim como propor medidas capazes de simplificar e facilitar a execução dos trabalhos afetos ao seu serviço.

 

Recepcionista - atender o público em geral, identificando e averiguando suas pretensões para prestar-lhe informações e/ou encaminhá-lo às pessoas ou unidades administrativas solicitadas; registrar as visitas e os telefonemas atendidos, anotando dados pessoais e comerciais do munícipe e visitante, para possibilitar o controle dos atendimentos diários; receber a correspondência endereçada à câmara, bem como aos servidores, registrando em livro próprio para possibilitar sua correta distribuição; auxiliar nos serviços de natureza administrativa; executar outras tarefas correlatas determinadas pelo superior imediato.

Continuar lendo

Atualizado: 07/05/2018 - 09:34

Concurso PC/SP: últimos dias de inscrição para delegado

Edital reúne 250 vagas, que cobram nível superior em direito e CNH categoria "B". Prazo para quem pretende se inscrever no concurso da Polícia Civil/SP termina em 11 de maio

 Salário de R$ 10,5 mil

Por JCConcursos - Da Redação

Após ser prorrogado, o prazo de inscrições do concurso para delegado da Polícia Civil/SP (PC/SP) termina às 23h59 da próxima sexta-feira (11). Estão em disputa 250 vagas, sendo 13 reservadas a pessoas com deficiência. 

 

Leia também: Polícia Civil/SP: saiu edital com 1.400 vagas para escrivão e investigador

 

A carreira exige diploma de curso superior em direito, além de Carteira Nacional de Habilitação (CNH) categoria "B" ou superior e comprovação de, no mínimo, dois anos de atividade jurídica ou de efetivo exercício em cargo de natureza policial civil.

 

O salário inicial é de R$ 10.579,71 (já considerando o adicional de insalubridade de R$ 691,64), conforme correção do valor oficializada por meio de retificação. Antes da atualização, os vencimentos correspondiam a R$ 10.199,41.

APOSTILA CONCURSO PC/SP 2018 - DELEGADO
APOSTILA CONCURSO PC/SP 2018 - DIVERSOS CARGOS
CURSOS CONCURSO PC/SP -  DELEGADO / AGENTE/ ESCRIVÃO/ PERITOCRIMINAL/ INVESTIGADOR

 

As inscrições são recebidas por meio do site da Fundação Vunesp (www.vunesp.com.br), organizadora do processo seletivo. O valor da taxa é de R$ 84,81.

 

Sobre as provas do concurso da Polícia Civil de São Paulo 2018

 

Em 27 de maio, os participantes farão prova objetiva com 100 questões de múltipla escolha sobre informática, legislação especial, medicina legal e conhecimentos em direito penal, processual penal, constitucional, direitos humanos, administrativo e civil.

 

Os candidatos com melhores notas na primeira fase do concurso da Polícia Civil/SP realizarão, na sequência, exame escrito contendo uma pergunta dissertativa e quatro discursivas. As questões serão corrigidas considerando três aspectos: domínio da norma culta, coesão e coerência textual.

 

Válida pela terceira etapa, a avaliação oral, gravada em áudio e vídeo, versará sobre as disciplinas de direito penal, processual penal, constitucional, administrativo e direitos humanos, além de legislação especial. A banca analisará cinco quesitos: domínio do conhecimento jurídico, adequação da linguagem, articulação do raciocínio, capacidade de argumentação e uso correto do vernáculo. 

 

Os aprovados na fase oral do concurso da PC/SP 2018 serão convocados para apresentação de títulos, na Academia de Polícia (praça Professor Reinaldo Porchat, 219, Cidade Universitária, São Paulo). Além de cursos de especialização, mestrado e doutorado, os concorrentes poderão obter pontos por publicação de livro ou artigo e exercício de docência em curso superior.

 

Quem passar por todas as etapas seletivas realizará, por fim, curso de formação técnico-profissional na Academia de Polícia “Dr. Coriolano Nogueira Cobra”, localizada na capital. Para definição da lotação, a classificação obtida no treinamento determinará a ordem da escolha das vagas nas unidades disponibilizadas pela PC/SP.

 

De acordo com o edital, o concurso da Polícia Civil de São Paulo para delegado terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do órgão. 

 

Atribuições do delegado no concurso da Polícia Civil/SP 2018

 

Exercer atos inerentes à gestão dessa atividade; presidir os atos de polícia judiciária e a apuração das infrações penais, praticar atos de polícia administrativa e exercer policiamento preventivo especializado, presidir a investigação criminal e as ações a ela relacionadas, dentre as quais aquelas previstas no Código de Processo Penal e na legislação extravagante; portar arma e atuar com possibilidade de exposição a situações de risco; mediar conflitos.

 


Ads

Comece sua carreira na Polícia Civil

A Central vai ajudar você a passar no concurso da Polícia Civil de São Paulo. Aproveite os descontos especiais. Passa na Central que você passa. Confira.


   

 

Conteúdo programático parcial para o concurso de delegado da Polícia Civil/SP 2018

 

Informática - MS-Windows 7: conceito de pastas, diretórios, arquivos e atalhos, área de trabalho, área de transferência, manipulação de arquivos e pastas, uso dos menus, programas e aplicativos, interação com o conjunto de aplicativos MS-Office 2010. MS-Word 2010: estrutura básica dos documentos, edição e formatação de textos, cabeçalhos, parágrafos, fontes, colunas, marcadores simbólicos e numéricos, tabelas, impressão, controle de quebras e numeração de páginas, legendas, índices, inserção de objetos, campos predefinidos, caixas de texto. MS-Excel 2010: estrutura básica das planilhas, conceitos de células, linhas, colunas, pastas e gráficos, elaboração de tabelas e gráficos, uso de fórmulas, funções e macros, impressão, inserção de objetos, campos predefinidos, controle de quebras e numeração de páginas, obtenção de dados externos, classificação de dados. MS-PowerPoint 2010: estrutura básica das apresentações, conceitos de slides, anotações, régua, guias, cabeçalhos e rodapés, noções de edição e formatação de apresentações, inserção de objetos, numeração de páginas, botões de ação, animação e transição entre slides. Correio Eletrônico: uso de correio eletrônico, preparo e envio de mensagens, anexação de arquivos. Internet: navegação na Internet, principais navegadores, conceitos de URL, links, sites, busca e impressão de páginas.

 

Medicina legal - Medicina Legal: conceito; da necessidade e da utilidade da Medicina Legal nos diversos ramos do Direito. Perícia e perito: conceitos; da necessidade da perícia no Direito; da atuação do perito nos diversos ramos do Direito; da manifestação dos peritos; documentos médico-legais. Traumatologia médico-legal. Toxicologia médico-legal. Asfixiologia médico-legal. Tanatologia médico-legal. Lei sobre Transplante e Doação de Órgãos (Lei 9.434/97). Sexologia médico-legal: dos crimes contra a dignidade sexual; do abortamento e do infanticídio. Psicologia e Psicopatologia médico-legais. Identidade e identificação: identificação policial ou judicial e identificação antropológica, incluindo-se a genética. Infortunística.

 

Legislação especial -  Decreto-lei 3.688/1941 (Lei das Contravenções Penais). Lei 1.521/1951 (Crimes Contra a Economia Popular). Lei 2.889/1956 (Genocídio). Lei 4.737/1965 (Crimes Eleitorais). Lei 4.898/1965 (Lei de Abuso de Autoridade). Lei 6.766/1979 (Lei de Parcelamento do Solo Urbano). Lei 7.210/1984 (Lei de Execução Penal). Lei 7.492/1986 (Crimes contra o Sistema Financeiro Nacional). Lei 7.716/1989 (Preconceito racial). Lei 7.960/1989 (Prisão Temporária). Lei 8.069/1990 (Estatuto da Criança e do Adolescente). Lei 8.072/1990 (Lei dos Crimes Hediondos). Lei 8.078/1990 (Código de Defesa do Consumidor). Lei 8.137/1990 (Crimes Contra a Ordem Tributária). Lei 8.176/1991 (Crimes Contra a Ordem Econômica). Lei 8.666/1993 (Lei de Licitações). Lei 8.906/1994 (Estatuto da OAB). Lei 9.029/1995 (Práticas discriminatórias relativas à gravidez no trabalho). Lei 9.099/1995 (Juizados Especiais Cíveis e Criminais). Lei 9.279/1996 (Lei da propriedade industrial). Lei 9.296/1996 (Lei de Interceptação Telefônica). Lei 9.434/1997 (Lei do Transplante de Órgãos). Lei 9.455/1997 (Tortura). Lei 9.503/1997 (Código de Trânsito Brasileiro). Lei 9.605/1998 (Lei do Meio Ambiente). Lei 9.609/1998 (Lei do Software). Lei 9.610/1998 (Lei sobre Direitos Autorais). Lei 9.613/1998 (Lavagem de Capitais). Lei 9.807/1999 (Programa de Proteção à Testemunha). Lei 10.671/2003 (Estatuto de Defesa do Torcedor). Lei 10.741/2003 (Estatuto do Idoso). Lei 10.826/2003 (Estatuto do Desarmamento). Lei 11.101/2005 (Lei de Recuperação de Empresas e Falência). Lei 11.105/2005 (Lei de Biossegurança). Lei 11.340/2006 (Lei Maria da Penha). Lei 11.343/2006 (Lei Antidrogas). Lei 12.037/2009 (Identificação Criminal do Civilmente Identificado). Lei 12.288/2010 (Estatuto da Igualdade Racial). Lei 12.830/2013 (Investigação Criminal Conduzida pelo Delegado). Lei 12.850/2013 (Lei de Combate às Organizações Criminosas). Lei 12.852/2013 (Estatuto da Juventude). Lei 12.984/2014 (Lei discriminação de portadores de HIV). Lei 13.146/2015 (Estatuto da Pessoa com Deficiência. Lei 13.257/2016 (Políticas Públicas para a Primeira Infância). Lei 13.260/2016 (Lei Antiterrorismo). Lei 13.445/2017 (Lei de Migração).

 

Confira o conteúdo programático completo para o concurso da Polícia Civil de São Paulo

 

Quase 3 mil vagas na Polícia Civil de São Paulo

 

Ao todo, o concurso da Polícia Civil/SP vai preencher 2.750 vagas, autorizadas pelo governador Geraldo Alckimin em 2 de novembro. Do total de oportunidades, 1.100 são para cargos com exigência de ensino médio e 1.650 para carreiras com necessidade de nível superior, com remunerações iniciais de até R$ 9.507,77. Os demais editais serão publicados nos próximos dias.

 

Investigador e escrivão - provas no mesmo dia

 

Já está certo que para as carreiras de investigador e escrivão as provas deverão ser aplicadas no mesmo dia, conforme oficializado pela resolução SSP-118, publicada em diário oficial em 9 de novembro. O documento especifica que, nos concursos, as provas dissertativas, quando ocorrerem, deverão valer 100 pontos, com um mínimo de 50 para a aprovação, devendo ser considerado o conhecimento e a utilização da língua portuguesa.

 

A resolução também diz que “quando houver abertura simultânea de concursos para as carreiras de investigador e de escrivão de polícia, as respectivas provas escritas serão realizadas na mesma data e horário”.

 

Ensino médio

 

No caso de ensino médio, as vagas autorizadas para os novos concursos da PC/SP serão para os cargos de agente de telecomunicações (com 300 vagas), agente de polícia (400), papiloscopista policial (200) e auxiliar de papiloscopista, também com 200.

 

Para os cargos de agente policial e auxiliar de papiloscopista, a remuneração inicial é de R$ 3.428,38, incluindo o salário de R$ 2.793,60 e o adicional de insalubridade de R$ 634,78. Para papiloscopista e agente de telecomunicações, iniciais de R$ 4.086,56, incluindo salário de R$ 3.451,78 e os R$ 634,78 de insalubridade.

 

A diferença salarial entre os cargos de agente policial e auxiliar de papiloscopista para os papiloscopistas e agente de telecomunicações se deve à lei complementar 1.249, de 3 de junho de 2014, que alterou de ensino fundamental para médio a exigência de ingresso para os cargos de agente, atendente de necrotério e auxiliar de papiloscopista, sem compatível alteração salarial.

 

 

Nível superior

 

Em caso de nível superior, a autorização é para os cargos de investigador de polícia (600 vagas), escrivão (800) e delegado (250). A remuneração inicial para os cargos de investigador e escrivão é de R$ 4.194,76, já considerando o complemento, enquanto para delegado é de R$ 10.579,71, também considerando o adicional de insalubridade.   Veja também: o que fazem o escrivão e o investigador de polícia     

 

Ações judiciais

 

A necessidade de pessoal é reconhecida, inclusive pela própria Secretaria de Segurança Pública (SSP/SP) que, em 2013, divulgou uma resolução especificando o número mínimo de servidores necessários em cada delegacia. Três anos depois, em 2016, sem conseguir cumprir a própria determinação, a medida foi revogada, o que vem ocasionando medidas judiciais contra o governo.   Das diversas ações que estão sendo encaminhadas para o Ministério Público do Estado de São Paulo (MP/SP), uma primeira decisão deu parecer contra o governo, em maio. De acordo com a juíza Juliana Maria Finatti, a segurança é um direito constitucional do cidadão e um dever do estado.  Segundo seu parecer, o governo deverá garantir à delegacia de Águas de Lindóia um mínimo de 22 policiais. Na sentença, a juíza ressalta que “certo é que a resolução foi revogada. No entanto, a obrigação do estado não advém apenas de um ato normativo, mas da Constituição Federal, que institui a segurança pública como um direito fundamental do estado”. 


Na decisão, rebateu argumentos do Estado, alegando que o pedido de reforço de policiais por parte do Ministério Público feria o princípio constitucional da divisão de poderes. “Nem se diga que haja ingerência indevida do judiciário em assunto exclusivo do Poder Executivo, pois isso não se dá neste caso, onde se determina a implementação de políticas públicas para assegurar direitos fundamentais do cidadão, como a segurança”, disse.   Com a decisão, o governo deve reservar para Águas de Lindóia, nas próximas nomeações, sete investigadores, cinco escrivães, quatro agentes, um auxiliar e três carcereiros, sob pena diária de R$ 1.000 em caso de descumprimento.   Outros casos estão ocorrendo no estado. No final de junho, o juiz Wander Pereira Rossette Júnior, da Vara da Fazenda Pública de Piracicaba, no interior paulista, determinou que o governo providencie, dentro de um prazo de seis meses, a nomeação de 100 policiais, em decisão também obtida pelo Ministério Público, que investigou o déficit de servidores. 

As regiões de Leme e Jales, no interior, também já conseguiram liminares, obrigando o estado a contratar servidores, e diversos outros municípios contam com ações em andamento, incluindo São José do Rio Preto, Dracena, Ilha Solteira, Itapura, Lindóia e Jacareí.      Mesmo confirmando a realização de estudos, já em andamento, para os novos concursos, a SSP/SP ressalta que “o estado deve obedecer aos limites impostos pela Lei de Responsabilidade Fiscal e, para toda contratação, deve ser observado seu impacto financeiro”.    

 

Reestruturação na Polícia Civil/SP

 

Vale lembrar que  tramita na Alesp o projeto de lei complementar 37/2016, do deputado Campos Machado (PTB) que visa instituir a lei orgânica da polícia do Estado de São Paulo. Um dos objetivos da proposta é reestruturar o quadro de servidores da Polícia Civil/SP, com  a criação de uma nova carreira, de agente de polícia que, caso aprovado o projeto, substituirá as atuais funções de agente policial, auxiliar de papiloscopista, atendente de telecomunicações, fotógrafo técnico pericial, desenhista técnico pericial, atendente de necrotério e auxiliar de necropsia.    Veja mais informações sobre o projeto de lei clicando aqui.   A proposta, que tramita em regime ordinário, está na Comissão de Constituição, Justiça e Redação, desde 8 de setembro, onde recebeu, em 4 de abril, parecer do relator, deputado Marcos Zerbini (PSDB), contrário  à aprovação da proposta. 

Para ser votada em plenário, também deverá ser votada, ainda, pelas Comissões de Segurança Pública e Assuntos Penitenciários; e de Finanças, Orçamento e Planejamento.   

 

Dicas para ser aprovado no concurso da Polícia Civil/SP*

 

Em primeiro lugar, deve ouvir o seu coração. Se ele disser que é esse concurso que deve prestar, preste-o, sem medo de ser feliz. Mas para isso, alguns requisitos são obrigatórios:   

1) Estudar o edital, pois nele constam informações importantíssimas que regulamentam o seu concurso. Lembre-se que vigora o princípio da legalidade do edital - é a lei das leis;   

2) Procurar um curso preparatório, pois todos sabemos a dificuldade que os candidatos enfrentam quando se deparam com textos técnicos de lei. No curso, principalmente presencial, os professores lhes passarão todas as dicas para a obtenção do sucesso, bem como estarão lhes apoiando em tudo que for necessário;   

3) Resolver muitas questões, pois somente assim conseguirá perceber o perfil da banca examinadora.   

Apenas a título de ilustração, falo aos meus alunos o seguinte: imaginem que vocês tenham apenas 30 dias para estudar. Façam um teste de resolver apenas 20 questões por dia. Com isso, ao final do mês, terá resolvido 600 questões. Agindo assim, percebam e imaginem o que vocês são capazes de fazer em seis meses!    Outro ponto: não se esqueçam que não podem estudar somente as matérias que lhes agradam, devem estudar todas as matérias que constam no edital. A exemplo do direito penal,percebemos que a banca examinadora, Vunesp, que elabora os concursos da Polícia Civil em São Paulo, gosta de pedir os crimes contra a administração pública, a exemplo de Peculato, Concussão, Excesso de Exação, Prevaricação, Corrupção Passiva, dentre outros. A organizadora também costuma pedir recentes alterações, portanto, você deve estar sempre atualizado. O estudo não é difícil, basta ter um pouco de força de vontade e muita disciplina. Com vontade, disciplina, foco e determinação, tudo isso somado às dicas passadas pelos professores no curso preparatório, o seu sucesso será garantido, é apenas questão de tempo.    Salienta-se que o erro do candidato é estudar apenas quando tem edital aberto. Isso não pode acontecer. O estudo é para sempre.Deve estudar e angariar conhecimento, porque quando sair o edital, terá tempo de fazer apenas uma revisão num curto espaço de tempo. Não entrem no clima de discursos políticos, tais como: "não vai abrir concurso"ou"vai abrir concurso" etc. Estude, porque é a melhor coisa que pode fazer por você. Invista no conhecimento, até mesmo porque é a única coisa de real valor que carrega consigo. Para ficar mais fácil o vosso estudo,verifique uma pessoa de sucesso que muito admira e espelhe-se nela; procure descobrir o que ela fez para obter sucesso e chegar lá–licitamente, é claro! Tenho certeza que isso lhes fará muito bem.    Não se preocupe o que vai acontecer quando passar, pense em acontecimentos maravilhosos e você trabalhando com sentimento de humanidade e justiça,rumo a um mundo melhor. Digo-lhes uma coisa: não há sensação melhor do que você comemorar a vitória que você mesmo trabalhou para consegui-la,pois o mérito é todo seu, de mais ninguém. A Polícia Civil/SP possui,além dos Distritos da Capital que investigam os crimes ocorridos no âmbito das suas respectivas circunscrições, as especializadas, tais como: Da Mulher, DEAM - Delegacia de Explosivos e Armas e Munições, Do Consumidor, Grupo Especial COPE, Grupo Especial TIGRE, NUCIBER - Grupode Combate aos Cibercrimes, Proteção ao Meio Ambiente, SICRIDE - Serviço de Investigação de Crianças Desaparecidas,Lavagem de Dinheiro, GARRA -Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos, Divisão de Narcóticos,Corregedoria, dentre outras. Afirmo-lhesque possui diversos lugares bastante atraentes para trabalhar com satisfação pessoal.    Por isso, queridos concurseiros, persistam com heroísmo, não apenas para encontrar uma nova verdade, mas também para ter coragem de agir de acordo com essa visão. Corram atrás dos seus sonhos, vocês são merecedores. Sejam heróis e iniciem já os vossos estudos. A maioria das pessoas sabe que heróis matam dragões, salvam donzelas etc., e sua jornada consiste sempre num final feliz. O vosso final será muito feliz também, basta ter um projeto de vida e começar a grande e gratificante jornada. Não pensem que as suas jornadas não são importantes, comemorem e agradeçam cada passo, porque, afinal, vocês foram os autores. Sejam autores de suas próprias histórias e sintam o seu gostinho. Desapeguem do que não lhes faz bem e iniciem AGORA.   

*Rodrigo Castello, professor de direito penal e processo penal na Central de Concursos  

 

Continuar lendo

Atualizado: 07/05/2018 - 09:15

CRB/SP: último dia de inscrições para técnico e fiscal

Candidatos podem se inscrever até as 23h59 desta segunda-feira (7). Destinadas a profissionais de níveis médio e superior, chances no concurso do CRB/SP apresentam salários entre R$ 2,3 mil e R$ 4,6 mil.

Na capital

Por JCConcursos - Samuel Peressin

Terminam às 23h59 desta segunda-feira (7) as inscrições do concurso do Conselho Regional de Biblioteconomia de São Paulo - 8ª Região (CRB/SP) destinado a preencher três vagas, além de formar cadastro reserva.

 

O processo seletivo conta com duas chances para técnico administrativo, cargo que cobra ensino médio e oferece remuneração inicial de R$ 2.368,02.

 

A terceira oportunidade é para fiscal bibliotecário. Com salário de R$ 4.641,34, a carreira requer curso superior.

 

Os vencimentos informados já incluem o vale-alimentação mensal de R$ 693. Os outros benefícios ofertados pelo órgão são: auxílio-transporte, plano de assistência médica e adicional por tempo de serviço.

 

Ambas as funções em disputa no concurso do CRB/SP têm lotação na capital paulista e jornada semanal de 40 horas de trabalho.  

 

Concurso CRB/SP 2018: inscrições e provas

 

A seleção é organizada pelo Instituto Quadrix. A banca recebe inscrições por meio da página www.quadrix.org.br. São cobradas taxas de R$ 52 para técnico e R$ 75 para fiscal.

 

Todos os candidatos farão, em 10 de junho, prova objetiva com 50 questões de múltipla escolha e duração de três horas. A aplicação ocorrerá na cidade de São Paulo.

 

As perguntas abordarão língua portuguesa, raciocínio lógico e matemático, informática, legislação e ética no serviço público e conhecimentos específicos, além de noções de direito constitucional apenas para nível superior.

 

O processo seletivo prevê, ainda, análise de títulos para os concorrentes a fiscal, com envio dos documentos, via postal, previsto para 11 e 13 de junho. Serão considerados diplomas de especialização, mestrado e doutorado.

 

De acordo com o edital, o concurso do CRB/SP terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do órgão.

 

Atribuições do técnico administrativo no concurso do CRB/SP 2018

 

GERAIS: a. Atender os visitantes, profissionais e conselhos que contatem o CRB-8. b. Realizar análise e consolidação de dados de acordo com parâmetros estabelecidos. c. Elaborar e gerenciar planilhas, relatórios e documentos, e providenciar a destinação quando necessário. d. Organizar, localizar e arquivar documentos e processos. e. Realizar a montagem de processos de acordo com os procedimentos estabelecidos. f. Receber, organizar e enviar documentos e correspondências pelo correio. g. Propor melhorias nos processos e procedimentos dos setores. h. Controlar e requerer materiais de escritório. i. Atuar na organização e execução dos eventos e solenidades do CRB-8. 2. FINANCEIRO: a. Realizar análise financeira do cadastro dos profissionais cadastrados no CRB-8, e tomar as providências necessárias para regularização de atrasados. b. Realizar a notificação de cobrança das anuidades dos anos anteriores e do ano vigente, informando a situação da dívida e realizado as negociações de dívida. c. Realizar negociações de dívidas, gerando acordos com os profissionais para quitação de débitos, realizando cálculos e encaminhando os meios de pagamento. d. Acompanhar e controlar o pagamento de boletos emitidos. e. Identificar a quitação de acordos realizados, solicitando à assessoria jurídica o sobrestamento da ação executiva e informando o profissional sobre a quitação da dívida. f. Atualizar o recebimento de cobranças realizadas, prestando informações a coordenação financeira. g. Orientar os novos profissionais durante a inscrição sobre o pagamento da taxa de anuidade e taxa de inscrição. h. Arquivar documentos e processos, organizando o arquivo jurídico e financeiro. i. Gerar e encaminhar os boletos de cobrança da anuidade profissional, todo início de ano. j. Gerar e encaminhar certidões de dívida ativa dos profissionais inadimplentes a assessoria jurídica. k. Atuar na campanha de conciliação, realizando acordos com os profissionais inadimplentes. l. Realizar manutenção de cadastro de profissionais e intuições inscritos. m. Importar as guias emitidas e atualização cadastral pelo site do Conselho. n. Realizar baixa de pagamentos realizados. o. Emitir certidões de regularidade. p. Realizar a emissão de notificações e encaminha-las. q. Executar as operações bancárias. r. Elaborar quadro de passagens, diárias, verbas e ajuda de deslocamento, conferindo os documentos e mantendo o site da Transparências atualizado. s. Auxiliar na montagem de processos do financeiro para envio à contabilidade. 3. ADMINISTRATIVO: a. Receber e redirecionar e-mails aos responsáveis. b. Atualizar site e redes sociais com informações. c. Registrar e acompanhar dados de planilhas do setor Administrativo. d. Divulgar e inscrever participantes em eventos, realizando a emissão de certificados do CRB-8 ou/e de parceiros. e. Realizar a numeração de processos. f. Realizar a convocação dos participantes das plenárias. g. Preparar salas e documentações necessárias para a realização das plenárias. h. Apoiar no atendimento de profissionais para registro, alteração e atualização de informações. i. Auxiliar na montagem de processos da entrega de relatórios de atividades dos Conselheiros do CRB-8. j. Auxiliar na atualização do Portal da Transparência com as informações necessárias. k. Realizar controle de estoque de material do CRB-8. l. Auxiliar no registro das convocações de plenárias e o quórum, controlando em planilha a presença dos conselheiros em Reuniões de Plenárias. m. Auxiliar a Comissão de Divulgação nos eventos do CRB-8. n. Auxiliar no controle e acompanhamento dos contratos de prestação de serviço e aquisição de materiais. o. Revisar e formatar atas e extratos das reuniões Plenárias Ordinárias e Extraordinárias. p. Auxiliar nos processos licitatórios de acordo com as orientações do superior. q. Auxiliar na elaboração de declarações para profissionais e conselheiros. 4. SECRETARIA: a. Realizar e atualizar os registros dos profissionais e instituições, assegurando a fidedignidade das informações, registrando nos locais devidos, e fornecendo as informações necessárias ao profissional e instituição registrada. b. Realizar abertura do número de registro provisório e/ou definitivo após a Plenária. c. Solicitar análise de situação financeira. d. Atender solicitações de confecção, atualização e alteração de registros profissionais, provendo os documentos necessários, certificando que seu conteúdo está completo e com as assinaturas necessárias. e. Enviar notificação ao profissional, através de Ofício, das decisões do CRB-8. f. Elaborar relatórios de movimentação de demandas de profissionais registrados na secretaria. g. Verificar e acompanhar o vencimento licenças e renovações temporárias, registro provisório e renovação. h. Cobrar documentos solicitados dos profissionais, via telefone, e-mails e ofício.

 

O que vai cair na prova do concurso do CRB/SP 2018

 

Língua portuguesa – 1 Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. 2 Reconhecimento de tipos e gêneros textuais. 3 Domínio da ortografia oficial. 4 Domínio dos mecanismos de coesão textual. 4.1 Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e de outros elementos de sequenciação textual. 4.2 Emprego de tempos e modos verbais. 5 Domínio da estrutura morfossintática do período. 5.1 Emprego das classes de palavras. 5.2 Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração. 5.3 Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração. 5.4 Emprego dos sinais de pontuação. 5.5 Concordância verbal e nominal. 5.6 Regência verbal e nominal. 5.7 Emprego do sinal indicativo de crase. 5.8 Colocação dos pronomes átonos. 6 Reescrita de frases e parágrafos do texto. 6.1 Significação das palavras. 6.2 Substituição de palavras ou de trechos de texto. 6.3 Reorganização da estrutura de orações e de períodos do texto. 6.4 Reescrita de textos de diferentes gêneros e níveis de formalidade. 7 Correspondência oficial (conforme Manual de Redação da Presidência da República). 7.1 Aspectos gerais da redação oficial. 7.2 Finalidade dos expedientes oficiais. 7.3 Adequação da linguagem ao tipo de documento. 7.4 Adequação do formato do texto ao gênero.

 

Raciocínio lógico e matemático – 1 Operações, propriedades e aplicações (soma, subtração, multiplicação, divisão, potenciação e radiciação). 2 Princípios de contagem e probabilidade. 3 Arranjos e permutações. 4 Combinações. 5 Conjuntos numéricos (números naturais, inteiros, racionais e reais) e operações com conjuntos. 6 Razões e proporções (grandezas diretamente proporcionais, grandezas inversamente proporcionais, porcentagem, regras de três simples e compostas). 7 Equações e inequações. 8 Sistemas de medidas. 9 Volumes. 10 Compreensão de estruturas lógicas. 11 Lógica de argumentação (analogias, inferências, deduções e conclusões). 12 Diagramas lógicos.

 

Informática – 1 Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos de informática: tipos de computadores, conceitos de hardware e de software, instalação de periféricos. 2 Edição de textos, planilhas e apresentações (ambiente Microsoft Office, versões 2010, 2013 e 365). 3 Noções de sistema operacional (ambiente Windows, versões 7, 8 e 10). 4 Redes de computadores: conceitos básicos, ferramentas, aplicativos e procedimentos de Internet e intranet. 5 Programas de navegação: Mozilla Firefox e Google Chrome. 6 Programa de correio eletrônico: MS Outlook. 7 Sítios de busca e pesquisa na Internet. 8 Conceitos de organização e de gerenciamento de informações, arquivos, pastas e programas. 9 Segurança da informação: procedimentos de segurança. 10 Noções de vírus, worms e pragas virtuais. 11 Aplicativos para segurança (antivírus, firewall, antispyware etc.). 12 Procedimentos de backup.

Legislação e ética no serviço público – 1 Ética e moral. 2 Ética, princípios e valores. 3 Ética e democracia: exercício da cidadania. 4 Ética e função pública. 5 Ética no Setor Público. 6 Lei nº 8.429/1992. 7 Atos de improbidade administrativa. 8 Processo administrativo (Lei nº 9.784/1999): conceito, princípios, fases e modalidades. 9 Acesso à Informação: Lei nº 12.527/2011; Decreto nº 7.724/2011. 10 Regimento interno do CRB-8.

Noções de direito constitucional (apenas para fiscal) – 1 Constituição. 1.1 Conceito, classificações, princípios fundamentais. 2 Direitos e garantias fundamentais. 2.1 Direitos e deveres individuais e coletivos, direitos sociais, nacionalidade, cidadania, direitos políticos. 3 Administração Pública. 3.1 Disposições gerais, servidores públicos.

Conhecimentos específicos (técnico administrativo) – NOÇÕES DE ADMINISTRAÇÃO: 1 Gestão de pessoas. 1.1 Equilíbrio organizacional. 1.2 Objetivos, desafios e características da gestão de pessoas. 1.3 Comportamento organizacional: relações indivíduo/organização, motivação, liderança, desempenho. 2 Gestão da qualidade e modelo de excelência gerencial. 2.1 Principais teóricos e suas contribuições para a gestão da qualidade. 2.2 Ciclo PDCA. 2.3 Ferramentas de gestão da qualidade. 3 Noções de gestão de processos. 3.1 Técnicas de mapeamento, análise e melhoria de processos. 4 Noções de administração de recursos materiais. 4.1 Classificação de materiais. 4.1.1 Atributos para classificação de materiais. 4.1.2 Tipos de classificação. 4.1.3 Metodologia de cálculo da curva ABC. 4.2 Gestão de estoques. 4.3 Recebimento e armazenagem. 4.3.1 Entrada. 4.3.2 Conferência. 4.3.3 Objetivos da armazenagem. 4.3.4 Critérios e técnicas de armazenagem. 4.3.5 Arranjo físico (leiaute). 4.4 Distribuição de materiais. 4.4.1 Características das modalidades de transporte. 4.4.2 Estrutura para distribuição. 4.5 Gestão patrimonial. 4.5.1 Tombamento de bens. 4.5.2 Controle de bens. 4.5.3 Inventário. 4.5.4 Alienação de bens. 4.5.5 Alterações e baixa de bens. 5 Noções de arquivologia. 5.1 Arquivística: princípios e conceitos. 5.2 Legislação arquivística. 5.3 Gestão de documentos. 5.3.1 Protocolo: recebimento, registro, distribuição, tramitação e expedição de documentos. 5.3.2 Classificação de documentos de arquivo. 5.3.3 Arquivamento e ordenação de documentos de arquivo. 5.3.4 Tabela de temporalidade de documentos de arquivo. 5.4 Acondicionamento e armazenamento de documentos de arquivo. 5.5 Preservação e conservação de documentos de arquivo. 5.6 Triagem e eliminação de documentos e processos, 5.7 Digitalização de 21 documentos. 5.8 Controle de qualidade da digitalização. MATEMÁTICA FINANCEIRA: 1 Números e grandezas proporcionais. 2 Razão e proporção. 3 Divisão proporcional. 4 Regras de três simples e composta. 5 Porcentagem. 6 Juros simples e compostos. 7 Taxas de juros: nominal, efetiva, real, equivalente e aparente.

Conhecimentos específicos (fiscal bibliotecário) – 1 Biblioteconomia e ciência da informação. 2 Gestão da informação e gestão do conhecimento: conceitos básicos e finalidades; organização, armazenamento e transmissão da informação na sociedade; aspectos éticos e profissionais da gestão da informação; as cinco leis da biblioteconomia. 3 Atendimento ao usuário da informação: processo de referência; serviço de referência; entrevista de referência; interação entre bibliotecário e usuário; estudo de usuário e de comunidade; treinamento e orientação de usuários. 4 Marketing da informação, divulgação e promoção; gestão da qualidade do atendimento; pesquisa de satisfação; circulação de recursos informacionais: empréstimo, reserva e devolução; empréstimo entre bibliotecas; serviço de referência virtual. 5 Recursos informacionais: fontes de informação: tipologia e função; obras de referência; bibliografia: planejamento e elaboração; bibliografias e catálogos nacionais; guias bibliográficos; fontes de informação em direito brasileiro; disseminação da informação; disseminação seletiva da informação. 6 Representação descritiva de recursos informacionais: instrumentos adotados na representação descritiva; descrição bibliográfica; catalogação: conceito, objetivos, sistemas informatizados. 7 Registros catalográficos: terminologia e campos; instrumentos e normas vigentes da catalogação descritiva; Código de Catalogação Anglo-Americano, (AACR 2); Descrição de Recursos e Acesso (Resource Description and Access – RDA): noções básicas; Requisitos Funcionais para Registros Bibliográficos (Functional Requirements for Bibliographic Records – FRBR): noções 25 básicas; catalogação cooperativa e controle bibliográfico; catalogação de multimídias. 8 Normas técnicas para a área de documentação (ABNT): referência bibliográfica, resumos. 9 Representação temática de recursos informacionais. 9.1 Sistemas de organização do conhecimento: características, funções e tipologia. 10 Indexação: conceito, definição, linguagens de indexação, descritores, processos de indexação, tipos de indexação; meta dados; ontologias; taxonomia; web semântica; tesaur (princípios e métodos); Classificação Decimal de Dewey (CDD); Classificação Decimal de Direito (Doris de Queiroz Carvalho). 11 Desenvolvimento de coleções: princípios e métodos; metodologia de Conspectus; política de desenvolvimento de coleções: seleção, aquisição, avaliação e descarte; fatores e critérios que afetam a formação e desenvolvimento de coleções; processos de seleção participativa; intercâmbio entre bibliotecas; conservação e restauração de documentos. 12 Organização e administração de bibliotecas: princípios e funções administrativas em bibliotecas; estrutura organizacional de bibliotecas, as grandes áreas funcionais da biblioteca; centros de documentação e serviços de informação; planejamento bibliotecário; planejamento de sistemas de bibliotecas. 13 Automação de bibliotecas: bases de dados bibliográficas; planejamento da automação de bibliotecas; principais sistemas de gestão de acervos bibliográficos nacionais e internacionais. 14 Redes cooperativas de bibliotecas brasileiras: Rede Virtual de Bibliotecas do Congresso Nacional (RVBI), Rede de Bibliotecas da Justiça Eleitoral (REJE), Rede de Bibliotecas do Ministério Público Federal (RBMPF), Rede Bibliodata. 15 Bibliotecas digitais: conceitos e definições; requisitos para implementação de bibliotecas digitais; softwares para construção de bibliotecas digitais. LEGISLAÇÃO APLICADA AO SISTEMA CFB/CRBs: Resolução CFB Nº 179 de 26 de maio de 2017 (Regimento Interno Sistema CFB-CRB); Resoluções do Conselho Federal de Biblioteconomia: 325/1986; 346/1988; 399/1993; 307/1984; 033/2001; 42/2002; 119/2011 e seus anexos; 121/2011; 138/2013, 158/2015. Lei nº 4.084, de 30/06/62; Lei nº 7.504, de 02/07/86; Lei nº 9.674, de 25/06/98; Decreto nº 56.725, de 16/08/65; Lei nº 12.514, de 28/10/2011, Lei nº 12.244 de 24/05/2010.

Continuar lendo

Atualizado: 04/05/2018 - 14:16

Prefeitura de Bebedouro/SP oferece 20 vagas em concurso

Edital reúne chances para tratorista (15 postos) e motorista (5). Presenciais e gratuitas, inscrições para o concurso da Prefeitura de Bebedouro vão até 11 de maio

Dois cargos

Por JCConcursos - Samuel Peressin

A Prefeitura de Bebedouro, no interior de São Paulo, abriu processo seletivo para preencher 20 vagas temporárias, além de formar cadastro reserva.

 

As oportunidades estão distribuídas entre dois cargos: tratorista (15 postos e salário de R$ 1.041,52) e motorista (5 - R$ 1.121,99).

 

A primeira função admite candidatos com Carteira Nacional de Habilitação (CNH), no mínimo, categoria "C", enquanto a segunda é destinada a condutores com CNH "D" ou "E". Não há requisito de escolaridade. 

 

Disponíveis até 11 de maio, as inscrições são gratuitas e devem ser registradas presencialmente no Departamento de Recursos Humanos da Prefeitura de Bebedouro, das 12h às 16h. 

 

Sobre as provas do concurso da Prefeitura de Bebedouro 2018

 

A seleção envolverá provas objetiva (questões de língua portuguesa e matemática), em 19 de maio, e prática, com aplicação prevista para os dias 26 e 27 do mesmo mês. O resultado final sairá em 29 de maio. 

 

Os contratados terão vínculo inicial de 12 meses, prorrogável por mais seis, a critério da Prefeitura de Bebedouro, de acordo com o edital.

 

Atribuições do tratorista no concurso da Prefeitura de Bebedouro 2018

 

Dirige o trator, manipulando os comandos de marcha e direção, para deslocá-lo, e ao reboque, segundo as necessidades do trabalho. Opera o equipamento rebocado, manipulando os comandos, para possibilitar a execução das tarefas requeridas. Pode especializar-se na condução de trator para determinado tipo de operação e ser designado de acordo com a especialização. Conduz um trator provido ou não de implementos diversos, como carretas, lâminas e máquinas varredoras ou pavimentadoras, dirigindo-o e operando o mecanismo de tração ou impulsão, para movimentar cargas e executar operações de limpeza, terraplanagem ou similares. Executa outras tarefas correlatas determinadas pelo superior imediato.

 

Concurso Prefeitura Bebedouro 2018: principais atribuições do motorista

 

Dirigir automóveis, caminhonetes e demais veículos de transporte de passageiros. Dirigir ambulâncias para o transporte de pacientes juntamente com profissionais da área da saúde, zelando pela segurança dos passageiros, verificando o fechamento de portas e o uso de cintos de segurança. Dirigir caminhões, caminhões guincho, carretas, caminhão basculante, caminhão Munck, comboio, caminhão poli guindaste e demais veículos de transporte de cargas. Dirigir micro-ônibus, ônibus e demais veículos automotores para transportes de escolares e demais passageiros. Dirigir veículos automotores destinados às atividades de recapeamento de vias públicas. Orientar o carregamento e descarregamento de cargas a fim de manter o equilíbrio do veículo e evitar danos aos materiais transportados. Entre outras atividades.

Continuar lendo

Atualizado: 04/05/2018 - 12:24

Prefeitura/SP: autorizado novo concurso para 118 vagas

Seleção será para a área de engenharia arquitetura e agronomia, com exigência de nível superior nas respectivas áreas e inicial de R$ 7 mil. Edital no segundo semestre

Engenharia e arquitetura

Por JCConcursos - Fernando Cezar Alves

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, divulgou, nesta sexta-feira, 4 de maio, a autorização para que seja realizado um novo concurso público para o cargo de profissionais em engenharia, arquitetura, agronomia e geologia, para as áreas de engenharia, arquitetura e agronomia. Ao todo serão oferecidas 118 vagas para a carreira, para preenchimento em diversas secretarias municipais. Para concorrer ao cargo é necessário possuir formação de nível superior na respectiva área, com registro no conselho regional correspondente. A remuneração inicial da carreira é de R$ 7.032,90, com jornada de trabalho de 40 horas semanais.


Agora, com a autorização do prefeito, o próximo passo é formar a comissão do concurso e, posteriormente, iniciar o processo de escolha da banca organizadora. Somente então poderá ser definida a data de publicação do edital, que deve ocorre até meados do segundo semestre.
De acordo com a autorização do prefeito, as oportunidades serão destinadas para as secretarias de Urbanismo e Licenciamento, Verde e Meio Ambiente, Infraestrutura e Obras, Cultura, Secretaria Municipal de Prefeituras Regionais e Secretaria Municipal de Gestão.

 


Atribuições
Cabe ao profissional da área desenvolver trabalhos que visem a otimização de espaços urbanos para cumprir com as diferentes finalidades sociais, adotando as premissas e diretrizes relacionadas às políticas públicas orientadas para o ordenamento, desenvolvimento, crescimento da cidade e favorecimento da mobilidade urbana, qualidade de vida, desenvolvimento econômico, habitacional, social e transparência, preservando o patrimônio social, cultural, econômico e ambienta, de forma a estimular e integrar a participação da sociedade nas decisões estratégicas para a cidade.

 


Carreira
Além da remuneração inicial, de acordo com a lei 16.414, de 2016, que cria o cargo, o plano de carreira da área conta com quatro níveis (I a IV), em um total de 17 graus, o que garantem melhorias salariais durante o exercício da função. Além do inicial de R$ 7.032,90, no nível I, as remunerações passam, posteriormente, para R$ 7.384,55, R$ 7.679,93, R$ 7.987,12 e R$ 8.306,61. No nível II: R$ 8.888,07, R$ 9.288,03, R$ 9.706, R$ 10.142,77 e R$ 10.599,19. No nível III: R$ 11.871,09, R$ 12.820,78, R$ 13.846,44 e R$ 14.954,16. Por fim, no nível IV: R$ 16.748,66, R$ 18.088,55 e R$ 19.535,63.

 


Concurso Anterior
No último concurso para as respectivas áreas, antes da lei que cria o cargo, em 2015, para a área de analista de ordenamento territorial na área de geologia, a seleção foi composta de 80 questões objetivas, sendo dez de língua portuguesa, dez de raciocínio lógico-matemático, seis de noções de informática, sete de administração pública, sete de realidades municipais e 40 de conhecimentos específicos, contando com peso 1,5 para a parte de conhecimentos específicos e peso um para as demais. Para a classificação final também foram considerados títulos, com limite de 3,5 pontos. A banca, na ocasião, foi a Fundação Vunesp.
   

Continuar lendo

Atualizado: 04/05/2018 - 10:30

Últimos dias do prazo para 5.707 vagas em 22 concursos

Oportunidades para cargos de todos os níveis escolares nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Ceará, Bahia, Sergipe, Maranhão, Pará, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná

Ganhos de até R$ 11,9 mil

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

Chegam ao fim nesta sexta-feira (4), sábado (5) e domingo (6) as inscrições de 22 concursos públicos. Ao todo, eles selecionarão pelo menos 5.707 profissionais para cargos de todos os níveis escolares, com remunerações iniciais de até R$ 11,9 mil por mês.

As ofertas estão nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Ceará, Bahia, Sergipe, Maranhão, Pará, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.

 

São Paulo

 

No Estado de São Paulo, as oportunidades estão no Hospital do Servidor Público Municipal (HSPM); Câmara Pedro de Toledo/SP; e nas prefeituras de Ibaté, Itatiba, Sarapuí, Itariri e Santa Cruz da Esperança.

 

Demais Estados

 

Os interessados ainda podem se inscrever nos concursos do Instituto de Atenção Básica e Avançada à Saúde (Iabas/RJ); Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB); Secretaria de Justiça e de Defesa ao Consumidor (Sejuc/SE); Consórcio Público Interfederativo de Saúde da Região de Alagoinhas/BA; Universidade Federal do Pará (UFPA); câmaras de Cocos/BA e Santa Lúcia/PR; e nas prefeituras de Pará de Minas/MG, Itaocara/RJ, Guapó/GO, Eusébio/CE, Olho D’água das Cunhãs/MA, Fortaleza/CE, Liberato Salzano/RS e Mafra/SC.

 

 

Prepare-se para os concursos públicos

 

Videoaulas para concursos públicos

Provas Anteriores de concursos públicos

 

Confira abaixo todos os concursos que encerram inscrições:
 

 

Sexta-feira (4)

 

Salários de até R$ 7,2 mil
Concurso HSPM/SP encerra hoje inscrições para 85 vagas

Todos os níveis
Concurso Pará de Minas/MG: prazo de inscrição acaba hoje

Todos os níveis
Aberto concurso para 26 vagas na Prefeitura de Ibaté/SP

Níveis médio e superior
Inscrições abertas para 46 vagas em concurso da UFPA

 

 

Sábado (5)

 

Salários de até R$ 3,6 mil
Concurso em Sarapuí/SP reúne 13 oportunidades

Nível médio
Concurso em Eusébio/CE abre inscrições para 63 vagas

Nível superior
UFSB recebe inscrições de concurso com 73 vagas

 

Domingo (6)

 

Níveis médio e superior
Pedro de Toledo/SP reabre inscrições de concurso

Salários de até R$ 6 mil
Itaocara/RJ prorroga inscrição de concurso com 264 vagas

Níveis médio, técnico e superior
Itatiba/SP abre inscrições de concurso com 110 vagas

Saúde
Concurso Iabas/RJ: abertas inscrições para 13 vagas

Níveis dundamental e superior
Prefeitura de Itariri/SP: concurso com inscrição aberta

Superior
Santa Cruz da Esperança: concurso com inscrições abertas

Todos os níveis
Guapó/GO divulga edital de concurso com 861 vagas

Nível médio
Concurso Sejuc/SE: últimos dias do prazo para 100 vagas

Todos os níveis
Olho D’água das Cunhãs/MA divulga concurso com 257 vagas

Salários de até R$ 6,2 mil
Câmara de Cocos/BA reabre inscrições para concurso

Salários de até R$ 9,8 mil
Concurso Fortaleza/CE: 2.467 vagas com inscrição até 6/5

Níveis médio/técnico e superior
Consórcio de Saúde de Alagoinhas: concurso tem 57 vagas

Todos os níveis
Liberato Salzano/RS inscreve para concurso com 20 vagas

Salários de até R$ 11,9 mil
Prefeitura de Mafra/SC: concurso reúne 16 ofertas

Nível médio
Câmara de Santa Lúcia/PR: concurso tem vaga para agente

 

 

Confira aqui todos os concursos com inscrições abertas

Continuar lendo

Atualizado: 03/05/2018 - 16:01

Concurso Ibama: cresce expectativa por autorização

O Ibama tem o intuito de abrir concurso com oportunidades para técnico e analista, com exigência de níveis médio e superior. Os salários iniciais oferecidos pelo órgão chegam a R$ 7,7 mil

1.529 vagas

Por JCConcursos - Camila Diodato

Cresce a expectativa para que seja autorizado, em breve, o novo concurso do Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis). O órgão reiterou, no último dia 1 de fevereiro, junto ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG) o pedido de liberação do aval.    O requerimento enviado em maio do ano passado solicita um total de 1.529 vagas. Das oportunidades solicitadas, 680 são para postos que estão em aberto e as outras 849 referem-se as que ficarão vagas no decorrer dos próximos três anos. Tais chances de reposição servirão para preencher as futuras aposentadorias, de modo que o quadro de pessoal não entre em crise com a falta de servidores.   As 680 oportunidades estão distribuídas entre as carreiras de analista ambiental (500) e analista administrativo (180). Já as demais 849 chances se destinarão ao preenchimento de todos os postos que ficarão em aberto, inclusive o de técnico administrativo.   Os empregos de analista ambiental e analista administrativo do concurso do Ibama exigem nível superior, enquanto a colocação de técnico administrativo aceita profissionais com ensino médio.   As remunerações iniciais correspondem a R$ 3.712,72 para técnico e a R$ 7.760,45 para analista. Nesses valores já está incluso o auxílio-alimentação de R$ 458.   É grande a expectativa para que o Planejamento conceda o concurso do Ibama, ainda mais que o órgão não tem seleções vigentes e enfrenta defasagem de pessoal, que deve ser acentuada no decorrer dos próximos anos.    

Últimos concursos do Ibama para analista

  O último concurso para analista ambiental do Ibama foi aberto em 2012, anunciando uma oferta de 108 vagas, sendo 45 para a área de licenciamento ambiental no Distrito Federal, 15 para licenciamento ambiental no Rio de Janeiro, 27 para monitoramento, regulação, controle, fiscalização e auditoria ambiental no Distrito Federal e 21 para gestão, proteção e controle da qualidade ambiental no Distrito Federal. Ao todo, 16.290 pessoas se inscreveram para o processo seletivo.   Já para analista administrativo, o último certame foi realizado em 2013, para preenchimento de 61 postos, distribuídos da seguinte forma: Acre (2 vagas), Amapá (2), Amazonas (3), Bahia (1), Distrito Federal (27), Espírito Santo (1), Maranhão (1), Mato Grosso (3), Mato Grosso do Sul (2), Minas Gerais (2), Pará (2), Paraná (2), Piauí (1), Rio Grande do Sul (1), Rondônia (2), Roraima (2), Santa Catarina (2), São Paulo (1), Sergipe (2) e Tocantins (2). O processo seletivo registrou 43.533 candidatos.   As duas seleções foram organizadas pelo Cespe/UnB.
Continuar lendo

Atualizado: 03/05/2018 - 11:20

SAAE de Brodowski/SP: concurso com inscrições abertas

A participação no concurso do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Brodowski (SAAEB) deverá ser garantida até o dia 14 de maio. Os salários iniciais chegam a R$ 3,2 mil

Todos os níveis

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

Encontram-se abertas as inscrições do concurso do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Brodowski (SAAEB), localizado no interior do Estado de São Paulo. A seleção visa o preenchimento de seis vagas.

 

Para ensino fundamental incompleto, as chances são para as funções de leiturista (1 vaga) e operador de máquinas (1). O salário inicial é de R$ 1.400.

 

Quem concluiu o ensino médio pode se inscrever para os cargos de encarregado de expediente e protocolo (1) e técnico eletricista (1), cujo vencimento é de R$ 1.800. O último emprego ainda exige curso técnico específico.

 

Nível superior é requisito para os postos de controlador interno (1) e encarregado de recursos humanos (1). As respectivas remunerações são de R$ 3.200 e R$ 2.400.

 

O SAAEB ainda oferece para os seus servidores o benefício de vale-alimentação, no valor de R$ 360.

 

 

Etapas do concurso do SAAEB/SP

 

 

O instituto Mais é o responsável pela organização e execução do processo de seleção. O formulário de inscrição estará disponível no endereço eletrônico www.institutomais.org.br até as 17h do dia 14 de maio. Os valores da taxa de participação é de R$ 30 para ensino fundamental, R$ 42 para nível médio e R$ 54 para formação superior.

 

O concurso do SAAEB será constituído das seguintes avaliações: prova objetiva para todos os cargos, de caráter eliminatório e classificatório; e prova prática apenas para a função de operador de máquinas, eliminatória.

 

A prova objetiva contemplará questões de múltipla escolha sobre as disciplinas de língua portuguesa, matemática, atualidades, noções de informática e/ou conhecimentos específicos. Ela será aplicada na cidade de Brodowski/SP no dia 17 de junho, em locais e horários a serem comunicados em momento oportuno.

 

 

Atribuições dos cargos de nível médio do SAAEB

 

 

Encarregado de expediente e protocolo - executa os serviços de protocolo, de numeração e distribuição de papéis, assim como a juntada de documentos em processos em tramitação; mantém o registro dos destinatários e do local físico dos expedientes em tramitação ou arquivados; remete documentos oficiais, mantendo cadastro de seus destinatários; presta informações relativas à movimentação de processos e despachos exarados, bem como promove a entrega de cópias dos processos cujo requerimento tenha sido deferido; mantém atualizado o arquivo, fazendo com que sejam guardados os processos, papéis e outros documentos relativos ao SAAEB; mantém permanentemente atualizado o sistema de referência e de índices necessários à pronta consulta de qualquer documento arquivado; executa outras tarefas correlatas.

 

Técnico eletricista - executa trabalhos em serviços de alta e baixa tensão, colocando e fixando quadros de distribuição, disjuntores, fusíveis, tomadas e interruptores; efetua ligações de cabos e fios à fonte fornecedora de energia, testando posteriormente a ligação, para completar o serviço de instalação; executa a manutenção preventiva e corretiva de máquinas, motores-bombas equipamentos e painéis elétricos, reparando peças e partes danificadas, quando possível, para assegurar o perfeito funcionamento dos mesmos; instala, inspeciona e repara linhas e cabos de transmissão interna, painéis, motores, caixa e chave de distribuição, atendendo as normas de segurança de trabalho; executa os serviços de manutenção das instalações elétricas, bem como faz as regulagens necessárias, medindo e testando os diversos elementos de conjunto; executa outras tarefas correlatas.

Continuar lendo

Atualizado: 03/05/2018 - 10:34

Concurso PC/SP 2018: abertas inscrições para 500 vagas

As chances no concurso da Polícia Civil do Estado de São Paulo são para os cargos de agente de telecomunicações policial e papiloscopista policial, que requerem ensino médio completo

Ganho de R$ 4,2 mil

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

Entra em vigor nesta quinta-feira (3) o prazo de inscrição dos dois editais de concurso da Polícia Civil do Estado de São Paulo (PC/SP). Oportunidade é de 500 vagas, sendo 300 para o cargo de agente de telecomunicações policial e 200 para papiloscopista policial.

 

Para ingressar nas carreiras de agente de telecomunicações policial e de papiloscopista policial é necessário possuir diploma de conclusão de curso de ensino médio, carteira de habilitação na categoria “B” e ter conduta irrepreensível na vida pública e privada.

 

A remuneração inicial de ambas as funções é de R$ 4.281,51, incluindo salário básico de R$ 3.589,87 e adicional de insalubridade de R$ 691,64.

APOSTILAS CONCURSO PC/SP  2018 - AGENTE DE TELECOMUNICAÇÕES
APOSTILAS CONCURSO PC/SP 2018 - PAPILOSCOPISTA POLICIAL

As inscrições do concurso da Polícia Civil/SP serão recebidas até o dia 1º de junho. A ficha cadastral está disponível no endereço eletrônico da Fundação Vunesp (www.vunesp.com.br). O valor da taxa de participação é de R$ 56,54.

 

 

Provas do concurso da Polícia Civil/SP 2018

 

 

A primeira etapa a ser disputada pelos candidatos será a prova preambular, de caráter eliminatório e classificatório. Ela será constituída de 80 questões objetivas, consistentes em testes de múltipla escolha.

 

Para o cargo de agente de telecomunicações policial serão 30 questões de língua portuguesa, seis de noções de direito, quatro de noções de criminologia, 30 de noções de informática e comunicação, quatro de noções de lógica e seis de atualidades.

 


Ads

Cursos Online para Papiloscopista e Agente de Telecomunicações PC-SP 2018

Estude para o Concurso da Polícia Civil de São Paulo com cursos online, em PDF + videoaulas, 100% focados no edital. Teste por 30 dias. Confira.

 

Já para papiloscopista policial são 20 questões de língua portuguesa, cinco de noções de direito, cinco de noções de criminologia, cinco de noções de medicina e odontologia legal, cinco de noções de biologia, 20 de noções de informática, sete de noções de lógica, oito de noções de identificação e cinco de atualidades.

 

Com quatro horas de duração, a prova preambular será aplicada na data prevista de 1º de julho, nas cidades de Araçatuba, Bauru, Campinas, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo (Capital e Grande São Paulo), Piracicaba e Sorocaba. As informações sobre os locais e horários estarão disponíveis no edital de convocação, a ser publicado, oportunamente, no site da Fundação Vunesp.

 

Os inscritos no concurso da Polícia Civil/SP 2018 ainda serão avaliados por meio de comprovação de idoneidade e conduta escorreita mediante investigação social, de caráter unicamente eliminatório.

 

Serão convocados para a comprovação de idoneidade os candidatos habilitados na prova preambular que obtiverem as maiores notas, incluindo-se aqueles eventualmente empatados, no total de 450 para o cargo de agente de telecomunicações policial e 400 para papiloscopista policial.

 

 

Atribuições dos cargos da Polícia Civil/SP

 

 

Agente de telecomunicações policial - tarefas de transmissão ou recepção de informações de qualquer natureza por fio, radio, eletricidade, meios óticos ou qualquer outro processo eletromagnético, dentre outras a elas relacionadas ou delas decorrentes, além daquelas descritas na Lei Complementar n.º 207, de 5 de janeiro de 1979, e na Portaria DGP-30, de 14 de novembro de 2012.

 

Papiloscopista policial - estudo das impressões digitais na palma das mãos, dedos e na sola dos pés através das papilas dérmicas aptas a identificar o ser humano. Também cuida dos trabalhos de coleta, análise, pesquisa e arquivamento dos documentos pertinentes, assistindo ao delegado de polícia, além daquelas descritas na Lei Complementar n.º 207, de 5 de janeiro de 1979, e na Portaria DGP-30, de 14 de novembro de 2012. Planejar, coordenar e controlar a realização de captura e pesquisa em banco de dados automatizados de leitura, comparação e identificação de impressões papilares. Realizar a inserção de fragmentos papilares questionados no banco de dados automatizados, bem como o processamento da imagem, pesquisa, leitura, comparação e identificação das impressões papilares padrão; realizar pesquisa nos acervos decadactilar, monodactilar, quiroscópico, podoscópico e fotográfico, bem como a organização sistemática dos mesmos. Proceder à identificação civil e criminal de indivíduos, realizando pesquisas em banco de dados civis e/ou criminais, retrato falado, bem como perícias papiloscópicas em locais de crime ou desastres, em veículos, objetos, documentos e correlatos, requisitadas pelas autoridades policiais e judiciárias, culminando na elaboração de laudo pericial papiloscópico. Aplicar e desenvolver técnicas científicas e procedimentos para o tratamento e aproveitamento do tecido dérmico ou epidérmico de cadáveres, reconstituindo as impressões papilares visando à identificação. Proceder à identificação de cadáveres em diferentes estados, através de perícia necropapiloscópica. Efetuar busca através das impressões papilares de pessoas desaparecidas. Comparecer aos locais de crimes, proceder à técnica de levantamento papiloscópico para posterior localização, revelação, decalque e transporte de fragmentos digitais, palmares e plantares em objetos de diferentes superfícies. Realizar perícias de projeções de envelhecimento e rejuvenescimento facial humana para fins de identificação. Efetuar trabalhos técnicos fotográficos e macro-fotográficos para instruir laudos periciais papiloscópicos e necropapiloscópicos.

 

APOSTILAS CONCURSO PC/SP 2018 - PAPILOSCOPISTA

Continuar lendo

Atualizado: 03/05/2018 - 10:01

Concurso Iphan: saiu autorização para 411 vagas

Portaria liberou a realização do concurso do Iphan para os cargos de auxiliar institucional, técnico e analista. Níveis médio e superior de ensino

Por JCConcursos - Camila Diodato

Foi publicado no Diário Oficial da União (DOU), da edição de 3 de maio, uma portaria com a autorização para a abertura do concurso do Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional). Ao todo, o órgão poderá abrir 411 vagas distribuídas entre três cargos.

Do total de oportunidades, 131 serão para a carreira de auxiliar institucional, 176 para técnico e 104 para analista. A primeira posição requer ensino médio completo, enquanto as demais necessitam de formação superior.

Segundo a vigente tabela de remuneração dos servidores federais, os salários são de R$ 3.877,97 para auxiliar e de R$ 5.493,29 para as outras duas funções. Os valores já incluem o auxílio-alimentação de R$ 458.

O prazo para o lançamento do edital do concurso do Iphan é de até seis meses. Ou seja, o certame deverá ser publicado até 3 de novembro de 2018.

No decorrer das próximas semanas, o órgão já deve iniciar o processo de escolha da banca organizadora. A expectativa é de que as oportunidades sejam preenchidas em diversos Estados, incluindo São Paulo, como nos últimos certames.

 

Último concurso do Iphan

 

A seleção anterior do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico ocorreu em 2009. Na época, foram abertas 187 vagas e a banca organizadora contratada foi a Universa.

Para nível superior, o concurso do Iphan teve 117 ofertas, sendo 57 para analista e 60 para técnico. O ensino médio foi requisito para 70 oportunidades de auxiliar institucional.

Todos os concorrentes passaram por avaliações objetivas com questões sobre língua portuguesa, inglês, raciocínio lógico, fundamentos das atividades relacionadas a gestão do patrimônio cultural, fundamentos da administração pública (gestão pública e fundamentos de direito constitucional e administrativo), noções de informática e/ou conhecimentos específicos. Depois, os participantes de nível superior foram submetidos a provas objetivas e análise de títulos.

Os postos foram distribuídos entre as cidades de São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Mariana (MG), Vitória (ES), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Porto Alegre (RS), São Miguel das Missões (RS), Campo Grande (MS), Cuiabá (MT) Goiânia (GO), Aracaju (SE), Fortaleza (CE), João Pessoa (PB), Maceió (AL), Recife (PE), Natal (RN), Salvador (BA), São Luiz (MA), Teresina (PI), Parnaíba (PI), Belém (PA), Boa Vista (RR), Macapá (AP), Manaus (AM), Palmas (TO), Porto Velho (RO) e Rio Branco (AC), além de Brasília (DF).

 

Sobre o órgão

 

O Iphan é uma autarquia federal, vinculada ao Ministério da Cultura, responsável por preservar os diferentes elementos que compõem a sociedade brasileira. Tendo como missão promover e coordenar o processo de preservação do patrimônio cultural brasileiro, garantir o direito à memória e contribuir para o desenvolvimento socioeconômico do Brasil.

Continuar lendo

Shopping