20 vagas de perito

Concurso Receita Federal em SP encerra inscrições hoje

Chances no concurso Receita Federal (RF) são para trabalhar em São José dos Campos, no interior paulista. Edital tem oportunidades em diversas áreas

0,00(0.0%)0 voto(s)

Samuel Peressin
Publicado em 30/01/2019, às 09h21

Encerra-se nesta quarta-feira (30) o perído para inscrições no concurso Receita Federal (RF) destinado a preencher até 20 vagas temporárias de perito técnico credenciado junto à delegacia do órgão em São José dos Campos, a cerca de 100 km da capital paulista. 

Há oportunidades para profissionais com curso superior em farmácia (2 postos), química (2) e engenharia nas áreas de mecânica (3), mecânica - especialidade em aeronáutica (2), elétrica (3), eletrônica/computação/telecomunicações (3), têxtil (3) e metalúrgica (2). 

Como se inscrever

Presenciais e gratuitas, as inscrições do concurso Receita Federal são recebidas nas instalações do órgão no município de Jacareí (av. Getúlio Vargas, nº 3.151). Os interessados deverão se dirigir ao Centro Logístico e Industrial Aduaneiro (Clia), das 10h às 17h.

O processo seletivo ocorrerá por meio de análise de documentos e currículo, que devem ser entregues durante o registro da candidatura. A previsão é que o resultado seja divulgado até 1 de fevereiro.

Os contratados prestarão serviços por dois anos. Não haverá, no entanto, vínculo empregatício com a Receita Federal, de acordo com o edital

Segundo o órgão, as atividades de perícia serão remuneradas com base nas tabelas definidas na Instrução Normativa 1.800/2018, conforme detalhado no quadro abaixo.

Remunerações para perito no concurso Receita Federal

Sobre RFB - Receita Federal do Brasil

A Secretaria da Receita Federal do Brasil é um órgão específico, singular, subordinado ao Ministério da Fazenda, exercendo funções essenciais para que o Estado possa cumprir seus objetivos. É responsável pela administração dos tributos de competência da União, inclusive os previdenciários, e aqueles incidentes sobre o comércio exterior, abrangendo parte significativa das contribuições sociais do País. A Receita Federal também subsidia o Poder Executivo Federal na formulação da política tributária brasileira, previne e combate a sonegação fiscal, o contrabando, o descaminho, a pirataria, a fraude comercial, o tráfico de drogas e de animais em extinção e outros atos ilícitos relacionados ao comércio internacional.

Até 1 de janeiro de 2019 era subordinado ao Ministério da Fazenda, e a partir daí passou a ser subordinado ao novo Ministério da Economia do Governo Jair Bolsonaro.

Comentários

Mais Lidas