Publicado: 14/05/2018 - 12:16 | Atualizado: 15/05/2018 - 11:03

Concurso Educação/MS: autorizadas 1.500 vagas

Novo concurso da Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso do Sul (SED/MS) terá oportunidades para professor e carreira de apoio à educação básica

Vários cargos

Por JCConcursos - Camila Diodato

Foi publicada no Diário Oficial a autorização para a abertura do novo concurso da Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso do Sul (SED/MS). Ao todo, o documento libera 1.500 vagas, sendo 1.000 para professor e 500 para apoio à educação básica.

O cargo de professor de educação básica aceitará candidatos que tenham licenciatura completa em diversas áreas, dependendo da especialidade contemplada.

Já a carreira de apoio à educação básica é estruturada entre as categorias de auxiliar de atividades educacionais, agente de atividades educacionais, assistente de atividades educacionais e gestor de atividades educacionais. Não foi revelado quais destas posições serão disponibilizadas no edital da SED/MS.

No caso de auxiliar e agente, é exigido nível fundamental, enquanto a função de assistente necessita de ensino médio. A profissão de gestor destina-se a quem possui formação superior.

Os próximos passos para a realização do concurso da Secretaria da Educação/MS são o estabelecimento da comissão e, logo a seguir, a definição da banca organizadora.

Último concurso da SED/MS para professor

Em 2013, a Secretaria da Educação do Mato Grosso do Sul lançou edital com 1.200 oportunidades para a colocação de professor. O certame foi organizado pelo próprio órgão.

As chances ficaram distribuídas entre as disciplinas de artes, biologia/ciências, educação física, filosofia, física, geografia, história, língua estrangeira (espanhol e inglês), língua portuguesa/literatura, matemática, química e sociologia.

A triagem dos participantes aconteceu por meio de provas objetiva e discursiva, de caráter eliminatório e classificatório. O processo de seleção ainda teve análise de títulos, de caráter meramente classificatório.

Mais Lidas

Mais Recentes

Atualizado: 14/05/2018 - 12:16

Concurso Educação/MS: autorizadas 1.500 vagas

Novo concurso da Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso do Sul (SED/MS) terá oportunidades para professor e carreira de apoio à educação básica

Vários cargos

Por JCConcursos - Camila Diodato

Foi publicada no Diário Oficial a autorização para a abertura do novo concurso da Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso do Sul (SED/MS). Ao todo, o documento libera 1.500 vagas, sendo 1.000 para professor e 500 para apoio à educação básica.

O cargo de professor de educação básica aceitará candidatos que tenham licenciatura completa em diversas áreas, dependendo da especialidade contemplada.

Já a carreira de apoio à educação básica é estruturada entre as categorias de auxiliar de atividades educacionais, agente de atividades educacionais, assistente de atividades educacionais e gestor de atividades educacionais. Não foi revelado quais destas posições serão disponibilizadas no edital da SED/MS.

No caso de auxiliar e agente, é exigido nível fundamental, enquanto a função de assistente necessita de ensino médio. A profissão de gestor destina-se a quem possui formação superior.

Os próximos passos para a realização do concurso da Secretaria da Educação/MS são o estabelecimento da comissão e, logo a seguir, a definição da banca organizadora.

 

Último concurso da SED/MS para professor

 

Em 2013, a Secretaria da Educação do Mato Grosso do Sul lançou edital com 1.200 oportunidades para a colocação de professor. O certame foi organizado pelo próprio órgão.

As chances ficaram distribuídas entre as disciplinas de artes, biologia/ciências, educação física, filosofia, física, geografia, história, língua estrangeira (espanhol e inglês), língua portuguesa/literatura, matemática, química e sociologia.

A triagem dos participantes aconteceu por meio de provas objetiva e discursiva, de caráter eliminatório e classificatório. O processo de seleção ainda teve análise de títulos, de caráter meramente classificatório.

Continuar lendo

Atualizado: 24/04/2018 - 15:38

Concurso em Fátima do Sul/MS inscreve para 140 vagas

Distribuídas entre funções de todas as escolaridades, ofertas no concurso da Prefeitura de Fátima do Sul contam com vencimentos que chegam a R$ 13,3 mil

Até 3/5

Por JCConcursos - Samuel Peressin

Seguem abertas até 3 de maio as inscrições para o concurso da Prefeitura de Fátima do Sul, em Mato Grosso do Sul, destinado a preencher 140 vagas, além de formar cadastro reserva (CR). Os salários variam de R$ 937 a R$ 13.335,40.

 

Profissionais com nível fundamental incompleto podem concorrer como auxiliar de mecânico (1 posto), auxiliar de serviços gerais (6 + CR), gari (6 + CR), lavadeira de roupas (1 + CR), motorista (5 + CR), operador de máquinas (3 + CR), pintor (1), porteiro (2), servente (2 + CR), trabalhador braçal (18 + CR), tratorista (2 + CR) e vigia (2), enquanto aqueles que concluíram tal ciclo escolar encontram opções como agente comunitário de saúde (12 + CR), agente de combate a endemias (4 + CR), auxiliar de serviços de CEIM (3 + CR), lactarista (3 + CR), mecânico especializado (1) e merendeira (2 + CR). 

 

Ensino médio é requisito para assistente de transporte escolar (4 + CR), atendente de CEIM (10 + CR), auxiliar de enfermagem (5 + CR), auxiliar de saúde bucal (1 + CR), inspetor de aluno (1 + CR), maestro regente de banda (1), maestro regente de coral (CR), monitor de CEIM (8 + CR), monitor de programas sociais (4 + CR), orientador social (1 + CR) e recepcionista (1).

 

Além de segundo grau, o concurso da Prefeitura de Fátima do Sul cobra formação técnica para técnico em laboratório (1), técnico em saúde bucal (1), técnico em segurança do trabalho (1) e topógrafo (1).  

 

Em nível superior há oportunidades para assistente social (1 + CR), auditor de controle interno (CR), biomédico (1), enfermeiro (3 + CR), farmacêutico (2 + CR), fisioterapeuta (1 + CR), médico ESF (4 + CR), veterinário (CR), nutricionista (2 + CR), odontólogo (1 + CR), procurador do município (1 + CR), profissional de educação física (3 + CR), psicólogo (2), psicopedagogo (1) e professor de ensino fundamental - anos iniciais (4 + CR). 

 

Concurso Prefeitura Fátima do Sul: inscrições e provas

 

Será possível se inscrever no concurso da Prefeitura de Fátima do Sul até 3 de maio, por meio do site www.fapec.org/concursos. As taxas custam entre R$ 80 e R$ 135.

 

O processo seletivo envolverá provas objetiva (todos os cargos), prevista para ocorrer em 20 de maio, e de títulos (vagas de nível superior), em período a ser definido.

 

De acordo com o edital, o concurso da Prefeitura de Fátima do Sul terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do governo municipal.

 

Atribuições do trabalhador braçal no concurso da Prefeitura de Fátima do Sul 2018

 

Desenvolver atividades que exijam esforço físico. Carregar e descarregar caminhões, móveis e utensílios, equipamentos e materiais de construção. Varrer ruas, terrenos e outros logradouros públicos. Roçar e capinar. Cavar e limpar valas, valetas, bueiros e fossas. Carregar tijolos, telhas cacos e outros. Zelar pela guarda e conservação das ferramentas e ou equipamentos de trabalho.

 

Continuar lendo

Atualizado: 11/04/2018 - 10:53

Concurso em Nova Andradina/MS seleciona para 205 vagas

Oportunidades no concurso da Prefeitura de Nova Andradina estão distribuídas entre funções destinadas a profissionais de todas as escolaridades. Inscrições seguem disponíveis até 4 de junho

Imediatas e cadastro

Por JCConcursos - Samuel Peressin

Estão abertas as inscrições para o concurso da Prefeitura de Nova Andradina, em Mato Grosso do Sul, destinado a preencher 205 vagas, sendo 201 imediatas e quatro para cadastro reserva (CR). O município oferece salários entre R$ 1.100,57 e R$ 13.143,47.

 

Profissionais com ensino fundamental incompleto têm chances como trabalhador braçal (1 posto + CR), auxiliar de serviços básicos - masculino (40 + CR), auxiliar de serviços básicos - feminino (15 + CR), encanador (1 + CR), eletricista predial (2 + CR), gari - masculino (CR), jardineiro (1 + CR), lavador (1 + CR), lubrificador (1 + CR), mecânico (1 + CR) e vigia (CR).

 

Já quem concluiu o nível fundamental encontra opções no concurso da Prefeitura de Nova Andradina como assistente de ações sociais (2 + CR), agente de conservação e limpeza (5 + CR), agente de merenda (4 + CR), agente de serviços de saúde (2 + CR), auxiliar veterinário (CR), assistente de ações sociais - merenda (2 + CR), motorista de ambulância (CR), motorista de ônibus (2 + CR), motorista de veículos leves (9 + CR), motorista de veículos pesados (9 + CR), operador de motoniveladora (4 + CR), operador de pá carregadeira (3 + CR), operador de retroescavadeira (1 + CR), operador de trator de esteiras (CR), operador de trator de pneu (3 + CR), pedreiro (2 + CR), recepcionista (7 + CR) e telefonista (2 + CR).

 

As carreiras de ensino médio/técnico são para agente comunitário de saúde (3 + CR), agente de controle de endemias (5 + CR), agente de inspeção e vigilância sanitária (CR), almoxarife (1 + CR), assistente de educação infantil - feminino (5 + CR), auxiliar de consultório dentário (CR), auxiliar de laboratório (CR), fiscal de posturas municipais (CR), fiscal de trânsito (CR), fiscal de tributos municipais (CR), técnico agropecuário (1 + 2 CR), técnico de análises clínicas (CR), técnico de cultura (CR), técnico de dança e teatro (CR), técnico de enfermagem (7 + CR), técnico de esportes (CR), técnico de farmácia (CR), técnico de prótese dentária (CR), técnico de segurança de trabalho (CR), técnico de serviços de saúde (CR), técnico de serviços organizacionais (11 + CR), técnico de tecnologia da informação (1 + 1 CR) e técnico em construção civil - edificações (1 + CR).  

 

Em nível superior há oportunidades no concurso da Prefeitura de Nova Andradina para administrador (1 + CR), arquiteto (1 + CR), assistente social (5 + CR), biólogo (1 + CR), biomédico (CR), contador (2 + CR), turismólogo (CR), educador social (1 + CR), educador social - profissional de educação física (4 + CR), enfermeiro (CR), enfermeiro auditor (CR), fiscal de obras (1 + CR), engenheiro agrônomo (1 + CR), engenheiro civil (1 + CR), engenheiro de segurança do trabalho (1 + CR), farmacêutico (1 CR), fisioterapeuta (CR), fonoaudiólogo (1 + CR), veterinário (CR), nutricionista (1 + CR), odontólogo em diversas especialidades (CR), educador social pedagogo (CR), procurador municipal (CR) psicólogo (4 + CR), terapeuta ocupacional (CR), zootecnista (1 + CR), professor de artes (4 + CR), professor de educação física (CR), professor de inglês (CR), professor de ciências (CR), professor de geografia (CR), professor de história (CR), professor de língua portuguesa (2 + CR), professor de matemática (2 + CR) e médico nas seguintes áreas: auditor (CR), endocrinologia (CR), urologia (CR), angiologia (1 + CR), cardiologia (1 + CR), dermatologia (CR), gastroenterologia (1 + CR), geriatria (CR), ginecologia e obstetrícia (1 + CR), homeopatia (CR), nefrologia (CR), neurologia (CR), neuropediatria (CR), oftalmologia (1 + CR), ortopedia (1 + CR), otorrinolaringologia (1 + CR), pediatria (1 + CR), pneumologia (CR), psiquiatria (1 + CR), radiologia (CR), clínico geral ESF (3 + CR) e clínico geral (CR).  

 

Concurso Prefeitura Nova Andradina 2018: inscrições e provas

 

Será possível se inscrever no concurso da Prefeitura de Nova Andradina até 4 de junho, por meio do site www.fapec.org/concursos. As taxas custam R$ 80 (nível fundamental), R$ 100 (médio) e R$ 120 (superior).

 

O processo seletivo envolverá provas objetiva (todos os cargos), prevista para 17 de junho, e de títulos (vagas destinadas a profissionais graduados), em período a ser definido.

 

De acordo com o edital, o concurso da Prefeitura de Nova Andradina terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do governo municipal.

 

Atribuições do auxiliar de serviços básicos no concurso da Prefeitura de Nova Andradina

 

Executar de serviços de carga e descarga de materiais, arrumação de materiais usados em obras, conforme arranjos físicos; execução de serviços de conservação, limpeza e remoção de detritos nos locais dos serviços; preparar terreno para instalação dos equipamentos e instrumental dos prédios da prefeitura; transporte e/ou fornecimento de equipamento e instrumental; executar trabalhos braçais em geral, em especial, tapar buracos em vias públicas, mediante preparação e aplicação de camada de asfalto; executar ou auxiliar a execução de tarefas e trabalhos relacionados com as atividades-meio do órgão de lotação, nas atividades de limpeza e conservação de bens e instalações, respeitando as normas técnicas e os regulamentos do serviço.

Continuar lendo

Atualizado: 04/04/2018 - 12:41

Ministério da Educação: autorizadas 1.700 vagas

Oportunidades são para diversos estados, para realização de novos concursos públicos e convocação de remanescentes

Professores e Técnicos

Por JCConcursos - Fernando Cezar Alves

O Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG) divulgou, por meio de publicação em diário oficial, nesta quarta-feira, 4 de abril, a portaria interministerial 60, de 29 de março, que amplia o banco de professores e cargos técnicos-administrativos do Ministério da Educação, com a criação de 1.700 vagas, que poderão ser preenchidas pelas respectivas instituições, por meio de realização de novos concursos públicos ou pela convocação de remanescentes de concursos públicos ainda em validade.


Do total de oportunidades, 500 são para cargos técnicos-administrativos de ensino médio dos Institutos Federais e centros federais de educação tecnológica. Do total, 453 são para os institutos federais vinculados ao Ministério da Educação, sendo 85 para a classe “D” e 368 para a classe “E”. As 47 restantes são para o Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (Cefet-RJ), no Rio de Janeiro, e Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (Cefet-MG), sendo 15 para a classe “D” e 32 para a “E”.


No caso de professores são 1.044 para os institutos federais e 156 para os Cefets do Rio de Janeiro e Minas Gerais.  Para os institutos federais são 870 para professores de magistério do ensino básico, técnico e tecnológico e 174 para professores equivalentes, referente ao limite para contratação de professores substitutos e visitantes. No caso dos Cefets são 130 para professor de magistério de ensino básico, técnico e tecnológico e 26 para professores equivalentes, referente ao limite para contratação de professores substitutos e visitantes.


Distribuição das vagas
As 453 vagas de técnicos para os institutos federais estão distribuídas da seguinte forma: Instituto Federal Catarinense (8), Instituto Federal da Paraíba (19), Instituto Federal de Brasília (11), Instituto Federal de Goiás (9), Instituto Federal do Mato Grosso do Sul (8), Instituto Federal de Minas Gerais (19), Instituto Federal de Rondônia (10), Instituto Federal de Roraima (12), Instituto Federal de Santa Catarina (10), Instituto Federal de São Paulo (29), Instituto Federal de Sergipe (25), Instituto Federal do Acre (20), Instituto Federal do Amapá (11), Instituto Federal do Amazonas (8), Instituto Federal do Espírito Santo (20), Instituto Federal do Maranhão (12), Instituto Federal do Norte de Minas Gerais (17),Instituto Federal do Pará (20), Instituto Federal do Rio de Janeiro (23), Instituto Federal do Rio Grande do Norte (9), Instituto Federal do Rio Grande do Sul (14), Instituto Federal do Sertão Pernambucano (9), Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais (12), Instituto Federal do Sul de Minas Gerais (11), Instituto Federal do Tocantins (10), Instituto Federal do Triângulo Mineiro (12),Instituto Federal Farroupilha (30), Instituto Federal Fluminense (13), Instituto Federal Goiano (24) e Instituto Federal Sul Rio-Grandense (18).             


Para as 870 de professores dos institutos federais: Instituto Federal Catarinense (8), Instituto Federal da Paraíba (85), Instituto Federal de Goiás (30), Instituto Federal de Mato Grosso (60), Instituto Federal de Minas Gerais (80), Instituto Federal de Pernambuco (85), Instituto Federal de Roraima (13), Instituto Federal do Acre (25), Instituto Federal do Amapá (43), Instituto Federal do Amazonas (35), Instituto Federal do Espirito Santo (55), Instituto Federal do Norte de Minas Gerais (25),Instituto Federal do Rio Grande do Sul (80), Instituto Federal do Sertão de Pernambuco (11), Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais (60), Instituto Federal do Sul de Minas Gerais (30), Instituto Federal do Tocantins (22), Instituto Federal do Triângulo Mineiro (12), Instituto Federal Fluminense (34), Instituto Federal Goiano (55) e Instituto Federal Sul Rio Grandense (22)

 

Continuar lendo

Atualizado: 16/03/2018 - 14:56

Aberto concurso para 234 vagas em Corumbá/MS

Destinadas a profissionais de níveis médio e superior, ofertas no concurso da Prefeitura de Corumbá pagam até R$ 3,7 mil. Inscrições seguem disponíveis até 9 de abril

14 cargos

Por JCConcursos - Samuel Peressin

O município de Corumbá, no Estado de Mato Grosso do Sul, abriu concurso público destinado a preencher 234 vagas no quadro de servidores efetivos da prefeitura.

 

Com ensino médio é possível concorrer como técnico de secretaria escolar (50 postos) e técnico de educação infantil (70). Ambas as carreiras pagam R$ 1.252,07.

 

Estão em disputa chances de nível superior para engenheiro civil (1), fonoaudiólogo (2), nutricionista (3) e professor nas áreas de artes (10), educação física (10), educação infantil (45), 1º ao 5º ano (38), geografia (1), história (1), língua estrangeira moderna/inglês (1), língua portuguesa e espanhol (1) e língua portuguesa e inglês (1). Os salários variam de R$ 1.757,16 a R$ 3.789,42.

 

Concurso Prefeitura Corumbá: inscrições e provas

 

O concurso da Prefeitura de Corumbá é organizado pela Fundatec, que recebe inscrições até 9 de abril, por meio do site www.fundatec.org.br. As taxas custam R$ 90 (cargos que cobram ensino médio) e R$ 130 (superior).

 

A seleção terá prova objetiva para todas as vagas, em 29 de abril, e avaliação de títulos para funções de nível superior, com recebimento dos documentos agendado para 25 a 29 de maio.

 

De acordo com o edital, o concurso da Prefeitura de Corumbá será válido por dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do governo municipal.

 

Atribuições do técnico de secretaria escolar no concurso da Prefeitura de Corumbá 2018

 

Orienta, coordena e supervisiona trabalhos a serem desenvolvidos no setor de secretaria escolar; presta informações aos docentes, alunos e comunidade, requisita reparos em instalações e/ou mobiliários do prédio, através do preenchimento de formulário específico; controlar frequência de alunos, professores e servidores da unidade que trabalha; providencia de pedidos de mudança e remanejamento de imóveis das instalações; estudar e informar processos simples, confere verifica, anota e informa expediente tais como cartas, ofícios e memorandos; executar serviços de digitação executar serviços de cadastro, fichário e arquivo, mantendo-os atualizados; executar serviços de controle guarda, requisição e fornecimento de material. Requisição serviços de manutenção de móveis, equipamentos, máquinas e/ou instalações. Executar outras atividades correlatas.

 

Concurso Prefeitura Corumbá: atribuições do técnico de educação infantil

 

Participar da aplicação e execução do planejamento, programas e métodos adotados para as ações de educação infantil; executar atividades a serem desenvolvidas diariamente nas creches e Centro de Educação Infantil; ajudar o professor regente na Avaliação dos resultados verificados e colaborar na proposta e ajustes; executar outras atividades correlatas.
Continuar lendo

Atualizado: 30/01/2018 - 11:48

Figueirão/MS encerra inscrições para concurso em 31/1

Concurso da Prefeitura de Figueirão selecionará para cargos destinados a profissionais de todas as escolaridades. Salários iniciais alcançam R$ 11,8 mil

32 vagas

Por JCConcursos - Samuel Peressin

Encerra-se às 23h59 desta quarta-feira (31) o período de inscrições para o concurso da Prefeitura de Figueirão, em Mato Grosso do Sul, destinado a preencher 32 vagas, além de formar cadastro reserva (CR). A oferta salarial varia de R$ 987,61 a R$ 11.811,71.
Os cargos de auxiliar de serviços gerais (1 posto), mecânico (1), merendeira (2), motorista (3), operador de máquinas leves (1), operador de máquinas pesadas (2) e vigilante (CR) admitem candidatos com ensino fundamental incompleto. 
Já profissionais com diploma de nível fundamental podem concorrer como auxiliar administrativo I (1), auxiliar administrativo II (2) e eletricista (1).
Ensino médio é requisito do concurso da Prefeitura de Figueirão para agente comunitário de saúde (3), agente de fiscalização de obras (1), agente de fiscalização sanitária (1), agente administrativo (1), auxiliar de desenvolvimento infantil (2), inspetor de alunos (CR), técnico em enfermagem (CR), técnico em laboratório (1) e técnico em radiologia (1) - as três últimas funções também cobram curso técnico.
Em nível superior há oportunidades para educador físico (1), enfermeiro (1), fonoaudiólogo (1), médico clínico geral (2), nutricionista (1), psicólogo (CR), professor de educação infantil (CR) e professor de anos iniciais (2). 

Concurso Prefeitura Figueirão 2018: inscrições e provas

 Os interessados devem se inscrever no concurso da Prefeitura de Figueirão pelo site da da banca Sigma (www.sigmams.com.br). As taxas custam entre R$ 49 a R$ 99.
O processo seletivo envolverá prova objetiva (todos os cargos) e redação (professor), em 25 de março, além de teste prático, em 8 de abril, e análise de títulos, em 17 de abril, para algumas funções.
De acordo com o edital, o concurso da Prefeitura de Figueirão terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do governo municipal.
Continuar lendo

Atualizado: 10/01/2018 - 14:16

Concurso UFMS: divulgado edital com 58 vagas

As chances no concurso da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) são para o cargo de professor do magistério superior. As inscrições serão abertas no dia 1º de fevereiro

Salários de até R$ 10 mil

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

Foi publicado no Diário Oficial da União o edital de abertura das inscrições do concurso público da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Ao todo, serão preenchidas 58 vagas para o cargo de professor do magistério superior. 
Interessados devem possuir nível superior, especialização, mestrado e/ou doutorado. A distribuição das vagas, as áreas e unidades podem ser conferidas no edital, que encontra-se anexado à notícia. 
As remunerações iniciais oferecidas pela UFMS partem de R$ 2.654,37 e chegam a R$ 10.043,67, já inclusas a retribuição por titulação e o auxílio-alimentação. 

Participação no concurso da UFMS


As inscrições serão recebidas entre os dias 1º de fevereiro e 1º de março. A ficha de cadastro estará disponível no endereço eletrônico www.concursos.ufms.br/front/news/view/1793
O concurso da UFMS será constituído de três fases sucessivas: prova escrita, de caráter eliminatório e classificatório, com peso 30; prova didática, eliminatória e classificatória, com peso 40; e análise de títulos, apenas classificatória, com peso 1. 
A prova escrita tem como objetivo avaliar os conhecimentos do candidato na área específica da vaga, assim como sua capacidade de expressão em linguagem técnica. Com duração máxima de três horas, a avaliação será aplicada no município de Campo Grande/MS em dia, horário e local a ser comunicado oportunamente.  

Atribuições do cargo de professor da UFMS


Compete ao professor elaborar, aplicar e acompanhar o planejamento das atividades, em observação aos objetivos de ensino da UFMS, por meio de metodologia específica para cada turma, visando a preparar os alunos para uma formação geral na área específica, analisar a classe como grupo e individualmente, elaborar, coordenar e executar projetos de pesquisa e de extensão; participar de atividades administrativas institucionais, reunir-se com seu superior imediato, colegas e alunos visando à sincronia e transparência das atividades. 
Continuar lendo

Atualizado: 04/01/2018 - 10:23

Coronel Sapucaia/MS: concurso inscreve para 103 vagas

Interessados têm até 8 de janeiro para se candidatar no concurso da Prefeitura de Coronel Sapucaia. Edital traz chances em diversos cargos, com salários que alcançam R$ 2,1 mil

Todos os níveis

Por JCConcursos - Samuel Peressin

A Prefeitura de Coronel Sapucaia, em Mato Grosso do Sul, recebe até 8 de janeiro as inscrições para o processo seletivo que oferece 103 vagas temporárias, com salários entre R$ 954 e R$ 2.100.
As carreiras de motorista de transporte escolar (1 posto) e merendeira (2) admitem candidatos que cursaram até o 5º ano do ensino fundamental.
Já profissionais que completaram o nível fundamental têm opções como auxiliar de desenvolvimento infantil (9) e agente administrativo (5). 
Ensino médio é requisito para técnico em informática (5), agente comunitário de saúde (5), técnico em enfermagem (2) e técnico em radiologia (1). 
O cargo de enfermeiro (1) é destinado a participantes com curso superior na área. 
O concurso da Prefeitura de Coronel Sapucaia também traz chances para professor de anos iniciais (19), artes (1), ciências (1), educação física (1), educação infantil (9), inglês (1), matemática (1) e multifuncional (3). Nas escolas indígenas, há ofertas para docentes nas áreas de anos iniciais (15), artes (2), ciências (1), educação física (4), educação infantil (2), geografia (1), história (1), cultura indígena (2), língua materna - guarani (4), língua portuguesa (2) e matemática (2). A escolaridade exigida para cada vaga pode ser conferida no edital.

Concurso Prefeitura Coronel Sapucaia: inscrições e provas


Com taxas entre R$ 55 e R$ 80, as inscrições para o concurso da Prefeitura de Coronel Sapucaia devem ser realizadas pelo site da Vale Consultoria (www.valeconsultoriaeassessoria.com), banca que organiza a seleção.
Em 21 de janeiro, todos os candidatos farão prova objetiva com 25 questões de múltipla escolha (língua portuguesa, matemática e conhecimentos específicos), além de redação apenas para os postos de professor. 
O concurso da Prefeitura de Coronel Sapucaia terá validade de um ano, prorrogável por mais um, a critério do governo municipal, de acordo com o edital.

Atribuições do agente administrativo no concurso da Prefeitura de Coronel Sapucaia


Atender o público em geral, pessoalmente ou por telefone, prestando orientações e realizando encaminhamentos; Orientar os servidores quanto às normas disciplinares e as rotinas de funcionamento do setor; Manter organizados e atualizados os arquivos e seus controles; Executar atividades pertinentes à área de pessoal como frequência, ferias, benefícios, cálculos, cadastros e outras; Elaborar e digitar planilhas e correspondências; Atualizar tabelas e quadros demonstrativos; Emitir relatórios e listagens; receber e enviar correspondências e documentos; Cadastrar, organizar, arquivar, consultar, elaborar e digitar, controlar e corrigir planilhas, textos, correspondências, relatórios e outros documentos; Ler e arquivar publicações; Receber e dar encaminhamento as reclamações; Organizar e confeccionar quadros de avisos; Relacionar e controlar bens patrimoniais; Solicitar manutenção predial e de equipamentos; Receber e abrir correspondências; Preencher formulários, relatórios e outros documentos; Atualizar e manter arquivos organizados; Acompanhar reuniões de trabalho; Zelar pela guarda e conservação dos equipamentos e materiais utilizados, executar outras tarefas de mesma natureza ou nível de complexidade, associadas ao seu ambiente organizacional; Executar outras tarefas correlatas.
Continuar lendo

Atualizado: 07/12/2017 - 15:25

Abertas 46 vagas para concurso em Itaporã/MS

Concurso da Prefeitura de Itaporã selecionará docentes para cinco áreas de ensino. Inscrições serão recebidas até 15 de dezembro, com taxa de R$ 52,50

Professor

Por JCConcursos - Samuel Peressin

A Prefeitura de Itaporã, em Mato Grosso do Sul, abriu processo seletivo com oferta de 46 vagas temporárias para professor.
Serão selecionados docentes para as áreas de educação infantil (25 postos), anos iniciais - 1º ao 5º ano (15), artes (1), educação física (2) e inglês (3).  
Todas as oportunidades pagam R$ 1.991,91. No caso das vagas para professor de educação infantil e anos iniciais, a seleção admite profissionais com escolaridade a partir do magistério. Já as demais funções exigem curso superior.
Disponíveis até 15 de dezembro, as inscrições para o concurso da Prefeitura de Itaporã devem ser efetuadas pelo site da banca Sigma Assessoria (http://www.sigmams.com.br). O valor da taxa é de R$ 52,50.

Sobre a prova do concurso da Prefeitura de Itaporã


Marcada para 7 de janeiro, a prova objetiva cobrará a resolução de 40 questões de múltipla escolha sobre língua portuguesa e conhecimentos pedagógicos e/ou específicos.
De acordo com o edital, o concurso da Prefeitura de Itaporã será válido durante o ano letivo de 2018 da rede municipal de ensino.
Continuar lendo

Atualizado: 24/11/2017 - 09:19

Aeronáutica: inscrições para 917 vagas terminam hoje

São oferecidas vagas temporárias em diversas áreas de atuação nos editais da Aeronáutica. Carreiras são para profissionais no nível superior

Em diversos Estados

Por JCConcursos - Camila Diodato

A Aeronáutica lançou três editais que, juntos, somam 917 vagas temporárias distribuídas entre diversos cargos. Todas as oportunidades são para profissionais com nível superior e serão lotadas entre diversos Estados do país.
Para técnicos, há chances nas especialidades de administração, análise de sistemas I, análise de sistemas II, arquitetura, arquivologia, biblioteconomia, ciências contábeis, economia, educação física, enfermagem I, enfermagem II, engenharia cartográfica, engenharia civil, engenharia da computação, engenharia elétrica, engenharia eletrônica, engenharia mecânica, engenharia de metalurgia, engenharia de produção, engenharia química, engenharia de telecomunicações, estatística, fisioterapia, fonoaudiologia, história, jornalismo, museologia, nutrição, pedagogia I, pedagogia II, pedagogia III, pedagogia IV, pedagogia V, psicologia clínica, psicologia educacional, psicologia organizacional, relações públicas, serviço social, serviços jurídicos e terapia ocupacional.
O edital parara magistério tem ofertas para magistério do ensino superior em administração, educação física, língua espanhola, língua inglesa, física; magistério do ensino médio em história, filosofia, língua inglesa, língua portuguesa, artes plásticas, biologia, educação física, sociologia, língua espanhola; e magistério do ensino básico em educação religiosa.
E, por fim, na área da saúde, o concurso da Aeronáutica dispõe de postos nas seguintes especialidades: anestesiologia, cancerologia, cardiologia, cirurgia de cabeça e pescoço, clínica geral, clínica médica, cirurgia pediátrica, cirurgia plástica, cirurgia vascular periférica, dermatologia, endocrinologia, gastroenterologia, geriatria, ginecologia e obstetrícia, hematologia, hemoterapia, infectologia, medicina intensiva, mastologia, medicina de família e comunidade, neurocirurgia, nefrologia, neurologia, oftalmologia, oncologia, otorrinolaringologia, ortopedia, pediatria, pneumologia, proctologia, psiquiatria, radiologia, reumatologia, urologia, cirurgia e traumatologia bucomaxilofaciais, clínica geral odontológica, dentística, endodontia, estomatologia, implantodontia, odontogeriatria, odontologia para pacientes com necessidades especiais, odontopediatria, ortodontia, prótese dentária, periodontia, prótese dental, radiologia odontológica e imaginologia, farmácia bioquímica, farmácia hospitalar, farmácia industrial e medicina veterinária.

Mais detalhes do concurso da Aeronáutica


Os interessados deverão se inscrever até o dia 24 de novembro pessoalmente, ou por intermédio de procurador, nos locais apresentados nos editais em anexo.
A triagem dos participantes ocorrerá por meio de avaliação curricular, concentração inicial, inspeção de saúde inicial, avaliação didática, concentração final e habilitação à incorporação.
Mais informações podem ser conferidas no site da Aeronáuticawww3.fab.mil.br/quadro_de_oficiais_temporarios.php.
Continuar lendo

Atualizado: 19/10/2017 - 15:41

MEC recebe autorização de concurso para 1.900 vagas

Ministro do Planejamento liberou o preenchimento de oportunidades para professor e cargos técnico-administrativos

Universidades federais

Por JCConcursos - Camila Diodato

Nesta quinta-feira (19), o ministro do Planejamento, Dyogo Henrique Oliveira, autorizou a criação de 1.900 vagas para o Ministério da Educação (MEC). As oportunidades serão para as universidades federais e preenchidas por meio de novos concursos públicos ou que estão em andamento.
Um total de 1.200 chances se destinará às funções de professor-equivalente da carreira do magistério superior e do cargo isolado de professor titular-livre do magistério superior; e professor-equivalente da carreira do magistério do ensino básico, técnico e tecnológico. Tais postos exigem nível superior completo, além de especialização, mestrado e/ou doutorado, dependendo da área.
O ministro ainda liberou 700 oportunidades para cargos técnico-administrativos, que estão distribuídos em diversas colocações nos níveis fundamental, médio, técnico e superior.
"Essa liberação é importante para que as universidades federais continuem oferecendo seus cursos de graduação com a qualidade já reconhecida pela sociedade brasileira. Também reafirmamos nosso compromisso e do governo federal com o ensino superior", destacou o ministro da Educação, Mendonça Filho.


Ads

Leis em áudio grátis 
Escute as leis em áudio e baixe as mais cobradas em concursos públicos, Arquivo mp3! Confira!


Distribuição das vagas do concurso do MEC


As chances serão para as seguintes unidades: Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (Cefet/MG), Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (Cefet/MG), Colégio Pedro II, Fundação Universidade de Brasília (UNB), Fundação Universidade do Amazonas (Ufam), Fundação Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA), Fundação Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Fundação Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop), Fundação Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Fundação Universidade Federal de Rondônia (Unir), Fundação Universidade Federal de Roraima  (UFRR), Fundação Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), Fundação Universidade Federal de São João Del Rei (UFSJ), undação Universidade Federal de Sergipe  (UFS), Fundação Universidade Federal de Viçosa (UFV), Fundação Universidade Federal do ABC (UFABC), Fundação Universidade Federal do Acre (Ufac), Fundação Universidade Federal do Amapá (Unifap), Fundação Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Fundação Universidade Federal do Pampa (Unipampa), Fundação Universidade Federal do Piauí (UFPI), Universidade Federal do Oeste da Banhia (Ufob), Fundação Universidade Federal do Rio Grande (Furg), Fundação Universidade Federal do Tocantins (UFT), Fundação Universidade Federal do Vale do São Francisco (univasf),Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), Universidade Federal da Bahia (UFBA), Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), Universidade Federal da Integração Latino Americana (Unila), Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Universidade Federal de Alfenas (Unifal), Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Universidade Federal de Goiás  (UFG), Universidade Federal de Itajubá (Unifei), Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Universidade Federal de Lavras (Ufla), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Universidade Federal de Uberlândia (UFU), Universidade Federal do Ceará (UFC), Universidade Federal do Cariri (UFCA), Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio), Universidade Federal do Oeste do Pará  (Ufopa),Universidade Federal do Pará (UFPA), Universidade Federal do Paraná (UFPR), Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), Universidade Federal do Rio de Janeiro  (UFRJ), Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Universidade Federal do Sul da Bahia (Ufesba), Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa), Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), Universidade Federal Fluminense (UFF), Universidade Federal Rural da Amazônia  (UFRA), Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro  (UFRRJ), Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa) e Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UFTPR).
Confira a distribuição das vagas por instituição de ensino

Atualizado: 18/10/2017 - 12:35

Comissão aprova provas práticas em concursos docentes

Com aprovação na Comissão de Educação, Cultura e Esportes, a proposta já pode seguir para votação no plenário da casa

No Senado

Por JCConcursos - Fernando Cezar Alves

A Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado Federal aprovou, na última terça-feira, 17 de outubro, o substitutivo do senador Pedro Chaves (PSC/MS) ao projeto de lei do senado 76/2016, que obriga os sistemas educacionais a adotarem provas práticas de docência nos concursos públicos para professores de educação básica
A proposta surgiu de sugestão legislativa do programa Jovem Senador de 2012, e agora deve ser analisada pelo plenário.
O texto aprovado modifica a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) para que as provas práticas de docência se juntem às provas escritas e de títulos nos concursos públicos para o magistério em todo o país.
De acordo com informações do senado, a mudança não deve ser imediata, uma vez que a proposta determina que as mudanças sejam implantadas de forma gradativa, de acordo com regulação que deverá ser futuramente estipulada.
Com isto, a regulamentação deve constar as condições e prazos para serem adotados na modalidade prática, e que esteja explícito que a prova deverá tratar especificamente de temas relacionados à docência. 
O projeto também prevê que os sistemas de ensino deverão criar, respeitadas as condições financeiras e jurídicas, incentivos para que os professores cumpram suas jornadas de trabalho em um mesmo estabelecimento de ensino durante toda a carreira, em regime de dedicação exclusiva recomendado pelo Conselho Nacional de Educação (CNE).
O texto aprovado pela comissão também determina que os sistemas de ensino terão o prazo de um ano para se adaptarem às mudanças, em caso de aprovação no Congresso Nacional e sanção presidencial.
Com informações da Agência Senado    

Atualizado: 16/10/2017 - 15:29

Guia Lopes da Laguna/MS: concurso reúne 99 vagas

Oportunidades no concurso da Prefeitura de Guia Lopes da Laguna estão distribuídas entre funções destinadas a profissionais de todas as escolaridades. Inscrições entre 17/10 e 23/11

Salários de até R$ 9,6 mil

Por JCConcursos - Samuel Peressin

A Prefeitura de Guia Lopes da Laguna, em Mato Grosso do Sul, abre nesta terça-feira (17) as inscrições para o concurso que disponibiliza 99 vagas. Os salários variam de R$ 937 a R$ 9.672,46.  

Os cargos de motorista geral (6 postos), trabalhador braçal (2) e operador de máquinas pesadas (1) admitem candidatos alfabetizados.

Quem possui nível fundamental pode concorrer no concurso da Prefeitura de Guia Lopes da Laguna como auxiliar de serviços diversos (5) e inspetor de alunos (1).

Ensino médio é requisito para agente comunitário de saúde (15), agente de combate a endemias (5), agente de creche (10), assistente de administração (2), atendente de consultório dentário (2) e auxiliar de enfermagem (1).

Em nível superior há oportunidades no concurso da Prefeitura de Guia Lopes da Laguna para assistente social (2), bioquímico/biomédico (1), contador (1), enfermeiro (3), farmacêutico (1), fisioterapeuta (1), fonoaudiólogo (1), médico (2), nutricionista (1), odontólogo (3), psicólogo (4), coordenador pedagógico (2) e professor para as áreas de educação física (1), história (1), língua inglesa (1), língua portuguesa (1) e regente (23).
 

Concurso Prefeitura Guia Lopes da Laguna: inscrições e provas


Disponíveis até 23 de novembro, as inscrições para o concurso da Prefeitura de Guia Lopes Laguna devem ser efetuadas pelo site www.fapec.org/concursos, com taxas entre R$ 60 a R$ 120.

A seleção envolverá prova objetiva para todos os cargos, em 10 de dezembro, além de teste prático e análise de títulos para algumas funções, em datas a serem definidas.

Composta por 40 questões de múltipla escolha, a avaliação escrita abordará conteúdos de língua portuguesa, matemática, conhecimentos específicos e conhecimentos pedagógicos, variando as disciplinas de acordo com a vaga.

De acordo com o edital, o concurso da Prefeitura de Guia Lopes da Laguna terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do governo municipal.

Concurso Prefeitura Guia Lopes da Laguna: atribuições do trabalhador braçal


Limpar e arrumar as dependências e instalações de edifícios públicos municipais, a fim de mantê-los nas condições de asseio requeridas; - Executar serviços de capinação e roçagem; - Executar serviços de jardinagem e podas de árvores ornamentais; - Aplicar herbicidas nos locais determinados; - Aplicar inseticidas nos prédios municipais, quando determinados; - Auxiliar dos serviços de construção civil, carregando tijolos, pedra, vergalhões, pisos, cerâmicos e outros materiais e preparando concreto e argamassa manualmente ou com o uso de betoneiras; - Auxiliar na montagem de caixas para concretagem; - Auxiliar na concretagem de lajes, estruturas e alicerces; - Auxiliar nos serviços de carpintaria e marcenaria; - Auxiliar nos serviços de mecânica, lavagem. Lubrificação e manutenção de veículos, tratores e máquinas; - Efetuar o transporte de materiais, carga e descarga de veículos; - Abrir e compactar valas; - Trabalhar nos serviços de varrição de ruas, avenidas, praças, parques e jardins, bem como efetuando a coleta e remoção de lixo e entulhos; - Auxiliar na coleta de lixo domiciliar e transporte até o destino final; - Recolher o lixo da unidade em que serve, acondicionando detritos e depositando-os de acordo com as determinações definidas; - Manter o material arrumado sob sua guarda; - Comunicar ao superior imediato qualquer irregularidade verificada, bem como a necessidade de consertos e reparos nas dependências, móveis e utensílios que lhe cabe manter limpos e com boa aparência; - Executar outras tarefas afins.

Atribuições do agente comunitário de saúde no concurso da Prefeitura de Guia Lopes da Laguna


Desempenho de atividades de prevenção de doenças e promoção da saúde, mediante ações domiciliares ou comunitárias, individuais ou coletivas, desenvolvidas em conformidade com as diretrizes do SUS e sob supervisão do gestor municipal.

Atualizado: 12/09/2017 - 15:29

Processo seletivo em Amambai/MS reúne 67 vagas

As inscrições do processo seletivo da Secretaria de Educação do município de Amambai deverão ser realizadas entre os dias 12 e 22 de setembro

Educação

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

Entra em vigor nesta terça-feira (12) o prazo de inscrição do processo seletivo da Secretaria de Educação do município de Amambai, no Mato Grosso do Sul. A seleção visa o preenchimento de 67 vagas temporárias, além de formação de cadastro reserva (CR), para o ano letivo de 2018/2019. 
Para quem tem o nível médio magistério, as chances são para as funções de professor anos iniciais do 1º ao 5º ano (28 vagas), professor de educação infantil (12) e professor de apoio (CR). O salário inicial é de R$ 1.203,99. 
Aqueles que têm licenciatura plena específica podem se inscrever para o cargo de professor nas disciplinas de arte (2 + CR), ciências (3), educação física (4 + CR), geografia (2 + CR), história (2 + CR), língua estrangeira - espanhol (2 + CR), língua portuguesa (3), língua materna - guarani (4) e matemática (5). Os vencimentos oscilam entre R$ 1.805,97 e R$ 1.809,97. 

Processo seletivo em Amambai


A empresa responsável pela execução do certame é a Sigma Assessoria em Gestão Pública. A ficha de inscrição ficará disponível no endereço eletrônico www.sigmams.com.br até o dia 22 de setembro. O valor da taxa de participação é de R$ 52,50 para todos os postos. 
O processo seletivo da Secretaria de Educação de Amambai será constituído de uma única etapa: prova objetiva. Ela será composta por 40 questões de múltipla escolha sobre as disciplinas de língua portuguesa, conhecimentos pedagógicos e/ou conhecimentos específicos. 
O exame terá duração máxima de três horas e será aplicado na cidade de Amambai na data prevista de 22 de outubro. As informações sobre os locais e horários de realização da avaliação serão publicadas, oportunamente, nos sites da Sigma e da prefeitura (http://amambai.ms.gov.br). 

Conteúdo programático (parcial)


Língua portuguesa (para todos os cargos) - tipos de textos e respectivos princípios organizacionais: narrativos, descritivos, dissertativos. Interpretação textual. Ortografia. Acentuação gráfica. Flexão nominal e verbal. Pronomes: emprego, forma de tratamento e colocação pronominal. Verbo - emprego de tempos e modos verbais; vozes do verbo. Concordância nominal e verbal. Regência nominal e regência verbal. Emprego da crase. Pontuação. Classes gramaticais variáveis e invariáveis. Termos essenciais da oração. Termos integrantes da oração. Termos acessórios da oração. Período composto por coordenação e subordinação. Usos do que e se. Sinonímia, antonímia, heteronímia, homonímia, paronímia, ambiguidade. Estrutura das palavras: prefixos e sufixo, e processos de formação das palavras. Variações linguísticas. Figuras de linguagem. Figuras de pensamento.

Atualizado: 14/08/2017 - 09:27

Será que vale a pena prestar esse concurso?

A dúvida é bastante comum entre os concurseiros, já que são muitos os fatores em jogo, como atribuições, perfil da vaga, localidade, entre outras questões abordadas nesta matéria especial. Confira!

Especial

Por JCConcursos - Douglas Terenciano

Prestar um concurso sempre foi uma ótima alternativa para ingressar no mercado de trabalho, já que a carreira em órgãos públicos é mais estável comparada com a iniciativa privada e geralmente oferece boa remuneração. Mesmo assim, é grande a quantidade de concurseiros que ficam receosos na hora de efetuar a inscrição e se questionam: vale a pena prestar esse concurso? Afinal, o candidato precisa avaliar se tem o perfil da vaga, facilidade com as atribuições do cargo e ou se demandará mudança de cidade ou Estado. Pensando nisso, o JC Concursos conversou sobre o tema com professor especialista na área e também um concurseiro para ajudar você a esclarecer esses eternos dilemas na vida dos candidatos. Confira!

Antes de fazer a inscrição, Thállius Moraes, professor e coordenador no AlfaCon Concursos Públicos e Oficial de Justiça Federal, explica que o candidato deve avaliar vários fatores. “Primeiramente, deve ser escolhida uma área que se enquadre nos objetivos traçados, lembrando que se trata de um trabalho e que boa parte da vida será no desempenho do mesmo. Outros pontos como a remuneração e o local de trabalho (se é perto ou longe da família), por exemplo, também são bastante importantes na hora de se fazer o planejamento”.

Ás vezes um concurso é bem remunerado e com boas condições de trabalho, mas a localidade é muito distante. Talvez não seja tão atrativo a longo prazo quanto outro certame que possua um salário menor, porém, fica no local onde o candidato pretende morar. Vale lembrar que esta questão varia muito de cada pessoa. “A dica é manter a mente aberta, pois muitas vezes queremos apenas ficar próximos de casa, mas temos muitos lugares maravilhosos para conhecer e talvez a ‘cidade da vida’ da pessoa ainda esteja para ser descoberta”, incentiva Moraes.

Perfil

Quando perguntado sobre um candidato que pretende concorrer a uma vaga fora do seu perfil profissional, Thállius, responde que em alguns casos, o concurso servirá como um mero treinamento para outra seleção que é realmente almejada. Já em outras situações, se o certame for de um setor que foge muito da área pretendida, essa finalidade fica perdida e a tentativa poderá frustrar o candidato. Um exemplo seria o concurseiro que tem por objetivo uma carreira policial, que é bem específica, ser aprovado em outra área. Nesse caso, a ocupação de um cargo administrativo poderia gerar um servidor insatisfeito e infeliz. “Muitos que buscam apenas um trabalho bem remunerado e estável, sem querer um envolvimento muito grande com o cargo, terminam por se frustrar em algumas atividades de caráter mais intenso, com um contato direto com o público (muitas vezes de maneira não agradável) como nas funções de policial, fiscais em geral ou oficiais de justiça”, explica.

Muitas pessoas se inscrevem em seletivas fora do perfil, mas pensando em passos maiores, conhecidos como “concurso trampolim” ou “concurso escada”. Desta forma, podem complementar os estudos e treinar para outro certame. Este é o caso de Sidnei de Oliveira, morador de Indaiatuba, no interior paulista, que prestou o concurso para o cargo de escrevente do Tribunal de Justiça de São Paulo no último mês de julho. “Fiz a prova por causa das questões sobre direito. Sou estudante da área jurídica e queria testar meus conhecimentos, pois acredito que poderá ajudar para outras vagas”, comenta.

Thállius explica que “os concursos usados como escada fazem parte da vida de pessoas que almejam um cargo cuja preparação demanda um prazo maior, mas enquanto isso precisam de algo para se manter. O ponto positivo é que ao ter uma renda, a pressão no estudo fica um pouco mais aliviada. O ponto negativo é justamente o perigo de se acomodar com essa renda e deixar de batalhar por um cargo mais atrativo, além, é claro, da diminuição do tempo disponível para estudar”. Outra orientação é ficar atento aos postos públicos que pagam pouco e exigem muito no trabalho, a chance de ficar preso em uma situação assim poderá colocar em risco o objetivo final.

Ter familiaridade com a função deve ser levada em consideração? Não necessariamente, explica Moraes. “Varia muito de acordo com a área pretendida. Caso a busca seja por uma atribuição mais tranquila e com boa remuneração, os cargos de natureza administrativa são os mais procurados. Mesmo que sejam em órgãos distintos, as atribuições são semelhantes. Contudo, em algumas áreas que possuem atribuições especiais, são também muito buscadas pelos candidatos, que objetivam a remuneração como algo secundário, pois o real desejo é por determinado cargo em particular”.

Pouco tempo

Candidatos com pouco tempo para estudar devem direcionar a preparação de maneira produtiva. “Fazer questões anteriores, simulados e resumos são algumas das ferramentas que irão auxiliar nessa preparação. Com o tempo mais escasso, deve-se priorizar sempre as matérias mais cobradas e os pontos mais importantes, mas essa estratégia também varia um pouco de acordo com a banca e o cargo desejado”, afirma Thállius.

Sidnei acrescenta que sua conduta é sempre a mesma, independente do concurso. “Preciso focar minha atenção na prova e estudar o que for preciso. Posso não ter interesse no cargo, mas se relaxar, não será proveitoso. Se não levar a sério, corro o risco de apenas perder tempo e dinheiro”, diz.

Outro ponto a ser observado é sobre dificuldade com uma ou mais disciplinas do conteúdo programático, fato que geralmente desanima o candidato. Um bom planejamento pode ajudar a encarar esse desafio, contudo, vale ressaltar que raramente alguém tem sintonia com todas as matérias do edital, afinal, é comum uns sentirem mais dificuldades em língua portuguesa, outros em matemática, alguns em determinadas matérias de direito e assim por diante. “A dica é pensar na disciplina como um simples meio para se alcançar um fim. Não precisa gostar, basta apenas aprender a responder a questão”, orienta Moraes. Muitas vezes o bloqueio com determinado tema é criado pelo próprio candidato. “Pensar de forma positiva, esforçar-se mais e manter-se sempre estudando, mesmo que em alguns momentos o resultado pareça não chegar, é fundamental”, complementa o professor do AlfaCon Concursos.

Vale a pena?

Para o indaiatubano Sidnei, de 27 anos, conhecer o cargo e suas atribuições pode incentivar, mas independentemente dessa identificação, o que muitas vezes faz a diferença é o aprendizado. “Acredito que vale muito a pena tentar! Sinto que saio mais fortalecido a cada concurso que tento a sorte. Na dúvida, sempre opto por fazer a prova. Como meu objetivo é maior, acho que é interessante pela preparação. Isso é muito válido”, conta.  

Ainda sobre motivação, Thállius dá a dica. “O estudo é na maior parte do tempo frustrante, cansativo e solitário, por isso tantos desistem no meio do caminho. O importante é aprender com os erros, ter em mente que desistir não é uma opção e manter sempre uma postura positiva. Pode demorar um pouco, pode ser difícil e exaustivo, mas aqueles que não desistem conseguem chegar lá”, finaliza.

Atualizado: 02/08/2017 - 10:59

UFMS publica edital de concurso com 52 oportunidades

Todas as vagas do concurso da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) são para o cargo de professor substituto. As inscrições serão aceitas entre os dias 8 e 11 de agosto

Educação

Por JCConcursos - Patricia Lavezzo

A Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) publicou um novo edital de concurso público. A seleção é destinada ao preenchimento de 52 vagas temporárias para o cargo de professor substituto. A lotação ocorrerá nas cidades de Campo Grande, Aquidauana, Corumbá, Três Lagoas, Nova Andradina, Ponta Porã, Paranaíba, Chapadão do Sul, Coxim e Naviraí. 
As ofertas estão distribuídas entre as áreas de ciências contábeis (2), fisioterapia (1), matemática (2), linguistica, letras e artes/letras (2), jornalismo (2), nutrição (1), engenharia civil (2), arquitetura e urbanismo (3), engenharia ambiental (2), engenharia civil (2), engenharia florestal (1), ciência da computação (4), ciências da saúde, medicina, clínica médica, ginecologia e obstetrícia (1), ciências humanas/educação (2), ciência da saúde/enfermagem (1), letras/linguística (1), pedagogia (2), administração (4), administração/ciências contábeis (1), educação (1), educação/tópicos específicos em educação (1), literatura portuguesa, literatura e ensino (1), psicologia (1), direito (1), geografia (1), direito, direito privado e público e processo do trabalho (1), letras e linguística, teoria literária e literatura brasileira (1), direito, direito público e direito processual (1), enfermagem e saúde coletiva (1), medicina/clínica médica (1), ciências agrárias (1), sistemas de informação (1), teoria e metodologia da história (1) e ciências sociais (1).
Interessados em concorrer a uma das vagas devem possuir diploma de conclusão de curso de nível superior e titulação de especialista, mestrado ou doutorado. As remunerações iniciais oferecidas pela UFMS partem de R$ 2.236,29 e chegam a R$ 5.697,61, já inclusa a retribuição por titulação. 

Participação no concurso da UFMS


As inscrições presenciais deverão ser realizadas entre os dias 8 e 11 de agosto. O candidato deverá entregar cópia, autenticada em cartório, dos seguintes documentos: cédula de identidade; título eleitoral; certidão de quitação eleitoral obtida em qualquer cartório eleitoral; CPF; currículo; e diploma de graduação e titulação exigida da função.
O concurso da UFMS será constituído das seguintes etapas: prova escrita objetiva (eliminatória); avaliação didática (eliminatória); e análise de títulos (classificatória).
O local de inscrição e de realização das provas e demais exigências serão estabelecidos e divulgados em calendário por meio de edital elaborado pela comissão especial, a ser divulgado no endereço eletrônico www.concursos.ufms.br e publicado no boletim de serviços da UFMS.

Atribuições do professor da UFMS


Participar da elaboração e cumprimento do plano de ensino da disciplina em conformidade com o projeto pedagógico dos cursos para os quais suas disciplinas forem oferecidas; ministrar o ensino sob sua responsabilidade, em conjunto com os demais docentes, cumprindo integralmente o plano de ensino da disciplina e sua carga horária; utilizar metodologias condizentes com a disciplina, buscando atualização permanente; observar a obrigatoriedade de frequência e pontualidade às atividades didáticas; registrar, em diário de classe, a frequência dos alunos em sua disciplina; organizar e aplicar os instrumentos de avaliação do aproveitamento escolar dos alunos; apresentar as frequências, as notas das provas e os resultados de sua disciplina, na forma e nos prazos previstos; elaborar relatório de atividades do semestre, obedecendo aos prazos previstos; zelar pela guarda, conservação e manutenção dos materiais e equipamentos que utilizar; cumprir e fazer cumprir normas e padrões de comportamento estabelecidos pela instituição e executar tarefas afins, a critério de seu superior imediato.

Atualizado: 28/07/2017 - 15:56

Aral Moreira/MS: 124 vagas em concurso

A cidade de Aral Moreira, no estado do Mato Grosso do Sul, lançou concurso público com oportunidades para pessoas de níveis fundamental, médio e superior

Diversos cargos

Por JCConcursos - Da Redação/SP

A Prefeitura Municipal de Aral Moreira, no Mato Grosso do Sul, está com concurso público aberto. O processo seletivo tem como intuito o preenchimento de 124 vagas disponíveis para diversas áreas de atuação.
Quem tiver nível fundamental de escolaridade pode se candidatar a agente de limpeza, zelador, agente de merenda, auxiliar de merenda, inspetor de alunos, vigia noturno, condutor de transporte escolar e monitor de transporte escolar. Já quem tiver nível médio concorre a monitor de educação infantil e assistente administrativo. Os salários variam de R$ 880 a R$ 1.056.
Ensino superior específico é requisito para os cargos de professor de educação infantil, professor de anos iniciais do ensino fundamental, professor de apoio – educação especial, professor de educação especial – sala de recursos, professor de artes e professor de educação física. Os vencimentos vão de R$ 1.084,25 a R$ 1.961,65. 

Concurso da Prefeitura de Aral Moreira: participação


As inscrições para o concurso público da Prefeitura de Aral Moreira abrem na próxima terça-feira e serão recebidas presencialmente. Os interessados devem comparecer à Secretaria Municipal de Educação e realizar candidatura no período de 1 a 11 de agosto, nos horários das 7h30 às 11h e das 13h às 17h. O valor da taxa de participação varia de R$ 45 a R$ 60.
Os concorrentes executarão uma prova objetiva, composta por questões de múltipla escolha. A avaliação terá tempo de duração de três horas e será aplicada no dia 24 de setembro, com local e horário a serem divulgados.
Os resultados e demais informações a respeito do concurso público de Aral Moreira serão publicados nos endereços eletrônicos www.aralmoreira.ms.gov.br e www.valeconsultoriaeassessoria.com e afixados no mural da Prefeitura Municipal

Atualizado: 19/07/2017 - 10:23

Santa Rita do Pardo/MS lança concurso com 49 vagas

Oportunidades no concurso da Prefeitura de Santa Rita do Pardo estão distribuídas entre carreiras destinadas a profissionais de todos os níveis escolares. Inscrições seguem abertas até 11 de agosto

Salários chegam a R$ 5,3 mil

Por JCConcursos - Samuel Peressin

Estão abertas as inscrições para o concurso da Prefeitura de Santa Rita do Pardo, em Mato Grosso do Sul, destinado a preencher 49 vagas em carreiras de todas as escolaridades.  

Quem possui nível fundamental pode concorrer como agente comunitário de saúde (1 posto e salário de R$ 1.014), inspetor de alunos (2 - R$ 937), motorista de ambulância (2 - R$ 954,58), motorista de ônibus escolar (3 - R$ 954,58), operador de máquina - pá-carregadeira (2 - R$ 954,58), operador de máquina - patrola (1 - R$ 954,58), auxiliar de merenda (3 - R$ 937), coveiro (1 - R$ 937), agente de vigilância em saúde (1 - R$ 937) e trabalhador braçal (3 - R$ 937).  

Ensino médio é requisito do concurso da Prefeitura de Santa Rita do Pardo para técnico de ações institucionais (1 - R$ 954,58). Os cargos de auxiliar/técnico de enfermagem (7 - R$ 954,58), técnico em radiologia (1 - R$ 1.247,76) e recepcionista na área da saúde (5 - R$ 954,58) também cobram curso técnico profissionalizante.   

Em nível superior há chances para nutricionista (1 - R$ 2.221,09), professor de artes (1 - R$ 1.190,40), professor de educação infantil (1 - R$ 1.190,40) e médico nas seguintes especialidades: clínico geral (8 - R$ 5.312,22), ginecologista (1 - R$ 5.312,22), anestesiologista (1 - R$ 5.312,22), pediatra (1 - R$ 5.312,22), radiologista (1 - R$ 5.312,22) e psiquiatra (1 - R$ 5.312,22).

Concurso Prefeitura Santa Rita do Pardo: inscrições e avaliação


As inscrições para o concurso da Prefeitura de Santa Rita do Pardo serão recebidas até 11 de agosto. Os interessados devem se cadastrar pelos sites www.santaritadopardo.ms.gov.br ou www.idagem.com.br. As taxas custam R$ 60 (nível fundamental), R$ 90 (médio) e R$ 120 (superior).

Prevista para 17 de setembro, a prova objetiva apresentará 40 perguntas de múltipla escolha. As questões abordarão língua portuguesa, matemática e conhecimentos específicos.

O concurso da Prefeitura de Santa Rita do Pardo terá validade de dois anos, prorrogável por mais dois, a critério do governo municipal, conforme estabelece o edital, disponível para consulta entre os anexos da notícia.

Atribuições do auxiliar de merenda no concurso da Prefeitura de Santa Rita do Pardo


Auxiliar no preparo de refeições, utilizando ingredientes e alimentos, para servir as crianças, adolescentes e outros, observando as condições de higiene, quantidades e aproveitamento; servir as refeições em horários pré-estabelecidos ou quando solicitado, promover a limpeza de pratos, talheres, copos, xícaras e demais instrumentos e equipamentos da cozinha; realizar o controle de alimentos, verificando prazos de validades e tempo de duração, e solicitado à devolução quando não estiverem de acordo com as especificações das normas vigentes; proceder a limpeza e efetuar serviços em geral, coletar lixo, varrer, lavar e remover o lixo e detritos da cozinha e do refeitório; manter livre de contaminação, zelar para que o material e o equipamento da cozinha estejam sempre em perfeitas condições de utilização, funcionamento, higiene e segurança; executar outras tarefas correlatas.

Concurso da Prefeitura de Santa Rita do Pardo: atribuições do inspetor de alunos


Cuidar da segurança dos alunos nas dependências da escola; cumprir e fazer cumprir o regimento escolar e os horários de entrada e saída de alunos, bem como fiscalizar espaços de recreação, definindo limites nas atividades livres; recepcionar a pais de alunos, membros da comunidade escolar e visitantes, fornecendo informações e orientando as pessoas quanto suas necessidades na unidade escolar.

Atualizado: 30/06/2017 - 10:57

Ministério da Educação: saiu aval para 150 vagas

Oportunidades do concurso do MEC será para profissionais técnicos especializados em linguagem de sinais. Carreira se destina a quem possui ensino superior completo

Temporárias

Por JCConcursos - Camila Diodato

Na edição desta sexta-feira (30), do Diário Oficial da União, foi publicada uma portaria na qual o ministro do Planejamento, Dyogo Henrique de Oliveira, libera a realização de processo seletivo simplificado para o Ministério da Educação (MEC).
Serão contratados 150 profissionais técnicos especializados em linguagem de sinais. Os selecionados atuarão por tempo determinado, cujo prazo será de um ano, com possibilidade de prorrogação até o limite de dois anos.
Os locais de lotação das vagas não foram revelados, mas podem ser em qualquer uma das Universidades Federais. Consta na portaria que caberá ao ministro de da Educação a distribuição do quantitativo de profissionais por Instituição Federal de Ensino, conforme a necessidade.
O salário equivale ao valor definido para o Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação no âmbito das Instituições Federais de Ensino vinculadas ao MEC. Pelo plano de remuneração, na categoria D, os iniciais correspondem a R$ 4.638,66, já com o vale-alimentação de R$ 458.
Para concorrer a uma das ofertas do processo seletivo do MEC será necessário possuir ensino superior completo em determinadas áreas de atuação.

Atualizado: 02/06/2017 - 12:02

Jateí/MS: vagas em concurso público

Último dia para realizar a inscrição para o concurso público da Prefeitura de Jateí, no Mato Grosso do Sul. Oportunidades em diversas áreas de atuação

Todos os níveis

Por JCConcursos - Da Redação/SP

A Prefeitura Municipal de Jateí, no Mato Grosso do Sul, está com concurso público aberto. O processo seletivo tem como intuito o preenchimento de 45 oportunidades para todos os níveis de escolaridade.
Quem for alfabetizado pode concorrer a lavador de veículos, zelador, coveiro e auxiliar de serviços gerais. Os salários são de R$ 937 para todos os cargos.
Aqueles que possuírem nível fundamental disputam para monitor de transporte escolar, motorista, trabalhador braçal, tratorista, motorista de transporte escolar e motorista de ambulância. Os vencimentos variam de R$ 937 a R$ 1.002,24.
Já quem tiver ensino médio completo pode se candidatar a monitor de ensino, com iniciais de R$ 1.002,24. 
Nível superior específico é requisito para as funções de professor de educação especial, professor pró funcionário, professor de artes e professor de séries iniciais. A remuneração varia de acordo com plano de carreira.

Concurso de Jateí/MS: participação


Hoje (2) é o último dia para realizar a inscrição on-line para o concurso da Prefeitura de Jateí/MS. Os interessados devem acessar o site www.sigmams.com.br e preencher formulário eletrônico até às 23h59. O valor da taxa de participação varia de R$ 39,50 a R$ 45.
Os candidatos executarão uma prova objetiva, composta por 40 questões de múltipla escolha. A avaliação será aplicada no dia 11 de junho, com tempo de duração máximo de três horas.
Os resultados e demais informações referentes ao concurso público de Jateí serão divulgados nos endereços eletrônicos www.jatei.ms.gov.br e www.sigmams.com.br.

Shopping