SEE/SP: autorizadas 765 vagas para concurso

Oportunidades do concurso da Secretaria da Educação/SP serão temporárias e distribuídas por diversas unidades. Remunerações iniciais de até R$ 1,8 mil

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro
Publicado: 29/05/2017 - 11:52 | Atualizado: 09/06/2017 - 15:10

Quem busca uma colocação na área educacional em São Paulo conta com uma nova oportunidade. Acontece que o governador Geraldo Alckmin divulgou, no último sábado, dia 27 de maio, por meio de publicação em diário oficial, a autorização para que sejam realizados processos seletivos na Secretaria Estadual de Educação (SEE/SP) para o preenchimento de 765 vagas temporárias para docentes. Do total de postos, 500 serão para professores de educação básica I e 265 para professores de educação básica II, em diversas disciplinas, de acordo com as necessidades das respectivas unidades escolares. A contratação dos profissionais será feita por meio de processos seletivos simplificados, realizados pelas próprias unidades escolares, para contratação por um período de, no máximo, 12 meses.
As remunerações básicas, atualmente, são de R$ 1.811,91 para professor PEB II e R$ 1.565,19 para professor PEB I, com jornada de 30 30 horas semanais.
Para concorrer ao cargo de professor PEB I é necessário possuir curso normal superior com habilitação em magistério das séries iniciais do ensino fundamental, licenciatura em pedagogia com habilitação em magistério nas séries iniciais ou programa especial de formação pedagógica superior em qualquer nomenclatura, com habilitação em magistério nas séries iniciais. Já no caso de PEB II, os interessados devem possuir licenciatura específica na respectiva área de atuação.
A autorização do governador para temporários é bastante inferior ao que foi solicitado pelo órgão, uma vez que, em maio de 2016, já havia encaminhado para a Secretaria Estadual de Gestão Pública (SGP/SP), um pedido para o preenchimento de 5.000 postos temporários, sendo 1.000 para PEBI e 4.000 para PEB II.  
Os interessados devem ficar atentos para as oportunidades nas respectivas unidades escolares, uma vez que as contratações temporárias são feitas de forma descentralizada, da mesma forma como ocorreram os últimos processos seletivos simplificados para docentes, autorizados pelo governador em abril de 2016. Na ocasião, a oferta foi de 2.000 postos, sendo 1.500 para PEB II e 500 para PEB I. 

Efetivos

De acordo com o último levantamento funcional do estado, divulgado em 29 de abril, tendo como base até 31 de dezembro de 2016, a Secretaria Estadual de Educação contava com uma necessidade de nada menos do que 107.232 profissionais, sendo 41.396 para professor PEB I e 65.836 para professor PEB II.
No caso de professor PEB I, no caso dos efetivos, a expectativa é de que a pasta continue convocando remanescentes do último concurso público, realizado em 2014. Acontece que a SEE/SP divulgou, em 17 de maio, a prorrogação do prazo de validade da seleção, por mais dois anos. Com isto, outros remanescentes poderão ser chamados até 20 de março de 2019. 
Para professores PEB II, a realização de novo concurso poderá ocorrer a partir do início do próximo ano, uma vez que o prazo de validade da última seleção, realizada em 2013, expira em 31 de janeiro de 2018, sem possibilidade de prorrogação, que já ocorreu uma vez, em janeiro de 2016.    

Vídeos SEE

Internet: vilã ou fonte inesgotável de conteúdo?


Concursos Relacionados

Mais Lidas

Mais Recentes

Shopping