Tudo Sobre

Concurso TJ SP - Escrevente

Concurso TJ SP: presidente confirma preparativos para nova seleção; expectativa de vagas para escrevente

Concurso TJ SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) é destinado para o cargo de escrevente, que exige apenas o ensino médio, com remuneração inicial de R$ 6,3 mil



Fernando Cezar Alves | fernando@jcconcursos.com.br
Publicado em 12/04/2021, às 08h57 - Atualizado às 14h37

Concurso TJ SP: sede do TJ SP
Google Maps

O aguardado novo  concurso TJ SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) para a carreira de escrevente técnico judiciário está cada vez mais próximo de ocorrer. Acontece que, na última sexta-feira, 9 de abril, o presidente do órgão, desembargador Geraldo Francisco Pinheiro Franco, durante reunião com representantes de classes, confirmou que já começa a se programar para a publicação de novos editais para servidores.  Novas informações devem ser confirmadas em breve.

Na ocasião, Pinheiro Franco elencou providências em andamento para a recomposição dos quadros, como a chamada de servidores dos concursos ainda em aberto e abertura de novos concursos. Já está certo que o órgão deve convocar 500 remanescentes, exceto para a 4 região, que já não conta com possibilidade de novas convocações

Embora o número de vagas ainda não esteja definido, a expectativa é de que os novos editais para escrevente sejam publicados no decorrer do segundo semestre. 

O tribunal chegou a anunciar um edital ainda no primeiro semestre, para as regionais administrativas 1 e 4, com prazo inicialmente encerrado em fevereiro. Porém, em decorrência de mandado impetrado pelos remanescentes, a validade da seleção deve seguir até 18 de julho, com o objetivo de convocar mais aprovados. Com isto, um novo edital para estas regiões deve ser liberado após este prazo.

Além disso, para as regiões 2ª, 3º, 5ª, 6ª, 7ª, 8º, 9ª e 10ª o prazo de validade da última seleção, prorrogado, vai até 4 de outubro. Desta forma, uma nova seleção para estas localidades também pode ser iniciada ainda este ano.

Para concorrer ao cargo de escrevente basta possuir  ensino médio. A remuneração inicial carreira é de R$ 6.301,71 , incluindo salário básico de R$ 4.981,71, auxílio alimentação de R$ 990 (R$ 45 por dia, considerando 22 dias) e auxílio-saúde de R$ 330. Vale ressaltar que, além disso, os servidores podem contar com adicionais, caso o servidor conte com formação superior, pós-graduação, mestrado ou doutorado.

A nova seleção já havia sido confirmada, inclusive, pela coordenadora do setor de concursos e nomeações do órgão, Silvia Cruz de Mendonça. Em resposta ao JC Concursos, Mendonça reforçou que o certame já está em análise, mas ainda não há uma definição à respeito da quantidade de cargos ou de quando o edital poderá ser efetivamente publicado.

Além disso, o órgão já conta com contrato assinado com a banca e, inclusive, valor definido para a taxa de inscrição. Em 25 de fevereiro foi assinado um novo termo aditivo ao contrato com a banca organizadora, mantendo a Fundação Vunesp  como responsável pelos certames do órgão.  De acordo com o documento, cargos com exigência de ensino médio , como é o caso de escrevente, deverão ter o valor fixado em R$ 79 ( o valor anterior era de R$ 72).

A necessidade de pessoal para o cargo é muito grande. De acordo com o último levantamento funcional, a carreira conta com nada menos do que 5.695 vagas em aberto para a carreira. 

Concurso TJ SP: conheça as Atribuições ao cargo

Quem pretende ingressar pelo novo concurso TJ SP para o cargo de escrevente será responsável por executar atividades relacionadas à organização dos serviços que envolvam as funções de suporte técnico e administrativo às unidades do Tribunal de Justiça; dar andamento em processos judiciais e administrativos; atender ao público interno e externo; elaborar e conferir documentos; controlar a guarda do material de expediente; atualizar-se quanto à legislação pertinente à área de atuação e normas internas.

Concurso TJ SP: saiba como são distribuídas as regiões administrativas

No concurso TJ SP, as vagas são distribuídas por regiões administrativas.

A primeira região administrativa engloba a capital e cidades de São Bernardo do Campo, Santo André, Osasco, Guarulhos, Mogi das Cruzes e Itapecerica da Serra.  

Já a quarta região administrativa inclui a sede, em Campinas, além das cidades de Jundiaí, Bragança Paulista, Mogi Mirim, Rio Claro, Limeira, Pirassununga, Piracicaba, São João da Boa Vista, Americana e Amparo.

Veja, a seguir, a distribuição das cidades sede de cada região administrativa.

Mapa das Regiões Administrativas Judiciárias

Concurso do TJ SP: o que cai na prova

Todas as seleções do órgão sempre costumam ter a Fundação Vunesp como a banca organizadora. As avaliações objetivas apresentam 100 questões de múltipla escolha, que abordam conteúdos de:

  • língua portuguesa;
  • direito penal, processual penal, processual civil, constitucional, administrativo;
  • normas da CGJ;
  • atualidades;
  • informática;
  • raciocínio lógico e
  • matemática. 

Como segunda etapa, os candidatos convocados realizam teste prático que envolve digitação e formação de texto no Microsoft Word 2010.

Concurso TJ SP: editais anteriores

O último concurso TJ SP para escrevente ocorreu em 2018, com 235 vagas, distribuídas entre as Circunscrições Judiciárias que compõem as 2ª, 3º, 5ª, 6ª, 7ª, 8º, 9ª e 10ª Regiões Administrativas Judiciárias, com sedes nas cidades de Araçatuba, Bauru, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos e Sorocaba. 

Antes disso, em 2017,  foram oferecidos 590 postos nas 1ª e 4ª Regiões Administrativas Judiciárias, que ficam respectivamente na Grande São Paulo e Campinas. 

+ Resumo do Concurso TJ SP - Escrevente

TJ SP - Tribunal de Justiça de São Paulo
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Escrevente
Áreas de Atuação: Administrativa
Escolaridade: Ensino Médio
Faixa de salário:
Estados com Vagas: SP
Cidades: São Paulo - SP

concursosconcursos 2022concursos sp (são paulo)provas anteriores

Comentários

Mais Lidas