Tudo Sobre

Concurso Secretaria Estadual

Governador/SP autoriza 5.734 vagas para PEB I

Edital está previsto para ser divulgado no decorrer do segundo semestre. A carreira exigirá curso normal ou licenciatura. Aprovados nas etapas de seleção contarão com inicial de até R$ 3.413



Fernando Cezar Alves
Publicado em 16/04/2014, às 11h44

Mais uma grande oportunidade para quem pretende ingressar no funcionalismo público, na área de Educação. O governador Geraldo Alckmin autorizou, nesta quarta-feira, dia 16, a realização de concurso público para o preenchimento de 5.734 vagas para o cargo de professor de educação básica I (PEB I) junto à Secretaria Estadual de Educação de São Paulo (SEE-SP) .  A remuneração inicial da categoria é de R$ 1.462,80., com jornada de trabalho de 30 horas semanais.Porém, em regime de dedicação plena, com jornada de 40 horas, a remuneração chega a R$ 3.413,20.

A expectativa é de que a publicação do edital ocorra no segundo semestre.  

Para concorrer é necessário possuir curso normal superior com habilitação em magistério das séries iniciais do ensino fundamental, licenciatura em pedagogia com habilitação em magistério nas séries iniciais ou programa especial de formação pedagógica superior,  em qualquer nomenclatura, com habilitação em magistério das séries inciais.

Como a autorização é recente, a pasta ainda deve iniciar  todos os procedimentos do concurso,  no que diz respeito a elaboração do edital e processo de escolha da empresa ou fundação organizadora, que deve ser anunciada nos próximos meses.

Embora a pasta tenha realizado concurso para professor PEB II em 2013, a expectativa pela realização de concurso para PEB I é grande, uma vez que, em decorrência de um processo de municipalização do ensino fundamental, a oferta de vagas para a carreira tem ocorrido com menor frequência. O último concurso para o cargo ocorreu em 2005.

Na ocasião, como normalmente ocorre nos concursos da secretaria de educação, inicialmente foram publicadas as instruções especiais, incluindo bibliografia e as regas da seleção. Posteriormente, foi divulgado o edital definitivo, incluindo o cronograma do concurso.

A seleção foi composta de uma prova, contando com duas partes. Na primeira, os candidatos foram submetidos a 80 questões objetivas e na segunda, 4 dissertativas.  

Para a classificação final também foram considerados títulos, com limite de 10 pontos, sendo considerados: diploma ou certificado de doutorado na área de educação (6 pontos), diploma ou certificado de mestrado na área de educação (3 pontos)  e comprovação de estabilidade no serviço público estadual, com 1 ponto.        

Temário – Enquanto o conteúdo programático do novo concurso não é definido, os interessados podem ao menos uma noção do que pode ser avaliado, com base no temário de pontos abordados no concurso de 2005.

Na ocasião, foram cobrados três tópicos essenciais. O primeiro, “Educação escolar: desafios e compromissos”. Englobou os temas sobre relevância do conhecimento, exigências de um novo perfil de cidadão e tendências da educação escolar, currículos e cidadania: saberes voltados para o desenvolvimento de competências cognitivas, afetivas, sociais e culturais; fundamentos e diretrizes do ensino fundamental e escola inclusiva como espaço de acolhimento, de aprendizagem e de socialização.

O segundo tópico, “Gestão escolar e qualidade de ensino”, incluiu a construção coletiva da proposta pedagógica da escola; o trabalho coletivo como fator de aperfeiçoamento da prática docente e da gestão escolar, o envolvimento dos professores na atuação dos colegiados e das instituição escolares com vistas à consolidação da gestão democrática da escola; a importância dos resultados da avaliação institucional e da avaliação do desempenho escolar;  protagonismo do aluno no cotidiano escolar; papel do professor na integração escola-família e a formação continuada como condição da construção permanente das competências que qualificam a prática docente.

O terceiro tópico, “Aprender e ensinar, construir e interagir”, incluiu a construção do conhecimento, pertinência cultural e interação social; ensino como intervenção nas zonas de desenvolvimento proximal, avaliação e decisões pedagógicas, conhecimentos prévios e seu papel na aprendizagem; práticas reflexiva e construção na competência do ensinar; concepção de aprendizagem e modelos de ensino, reforço e recuperação, ambiente e materiais pedagógicos e relação professor-aluno.

Mais detalhes sobre o concurso você confere na edição 1742 do Jornal dos Concursos & Empregos, que estará nas bancas no dia 19 de abril.

APOSTILAS ESPECÍFICAS PROFESSOR SP - CLIQUE AQUI

+ Resumo do Concurso Secretaria Estadual

Secretaria Estadual
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Professor de Educacao Basica I
Áreas de Atuação: Educação
Escolaridade: Ensino Superior
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: SP

+ Agenda do Concurso

16/09/2014 Abertura das inscrições Adicionar no Google Agenda
17/10/2014 Encerramento das inscrições Adicionar no Google Agenda
30/11/2014 Prova Adicionar no Google Agenda
30/11/2015 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas