Órgão investe no aprimoramento dos funcionários

Conheça o plano de cargos e carreiras, o programa de qualidade de vida e a Universidade dos Correios (UNICO).

Redação
Publicado em 22/01/2010, às 15h23

Com milhares de vagas em todo o país, o concurso dos Correios promete ser um dos mais disputados de 2010. O JC&E conversou com o diretor do departamento de recursos humanos do órgão, Pedro Magalhães, que relatou como funciona o plano de cargos e carreira, o programa de qualidade de vida e a Universidade dos Correios. Confira!

Plano de carreira – De acordo com o diretor de recursos humanos dos Correios, Pedro Magalhães, a empresa oferece aos seus empregados o Plano de Cargos, Carreiras e Salários, que possibilita o planejamento e o crescimento na área escolhida. “Para cada função é estabelecido um conjunto de conhecimentos e outros atributos que, se atendidos, contribuirão certamente para o desenvolvimento de sua carreira, cabendo aos interessados apenas a preocupação com o autodesenvolvimento, primordial nesse contexto”, afirma.

Os funcionários também participam dos lucros da empresa. Os Correios destinam 12,5% do lucro para os profissionais. Em 2009, foram gastos R$ 90 milhões com pagamento da participação dos lucros. Além disso, os profissionais que atuam no órgão contam com alguns benefícios, como o vale-alimentação e o vale-cesta (totalizando R$ 700); vale-transporte e assistência médica e odontológica (que inclui os dependentes legais); possibilidade de desenvolvimento profissional e de adesão ao Plano de Previdência Complementar.

Pensando no plano de carreira e nos benefícios, o estudante Rodrigo Resende, 23 anos, irá prestar para o cargo de carteiro no Estado da Paraíba. Ele relata que decidiu se inscrever na seleção por acreditar que os Correios valorizam seus funcionários. “O salário para carteiro não é alto (R$ 706), mas o que me anima são os benefícios”, diz. Para ser aprovado, Resende estuda duas horas todos os dias. “Não é fácil conciliar os estudos com o trabalho, tenho me empenhado bastante, mas corro contra o tempo”, afirma o paraibano.

Para Pedro Magalhães, os profissionais sentem-se orgulhosos de atuar na empresa.  “Além dos ótimos salários e vantagens indiretas, é um orgulho para os funcionários fazerem parte desta grande empresa, presente em todo o território nacional. Os Correios são o maior empregador público em regime de CLT no Brasil”, relata.

Universidade dos Correios - Ainda segundo Magalhães, os funcionários são avaliados constantemente e encaminhados, sempre que preciso, para cursos de formação e treinamento na Universidade dos Correios (UNICO). Desde a década de 70, a empresa investe em recursos humanos, visando à formação de pessoal especializado e a melhoria da qualidade operacional.

Em 2001, foi criada a UNICO para unificar as ações educacionais dentro da empresa, formar e desenvolver profissionais do setor de serviços postais. Os benefícios englobam todos os níveis hierárquicos do órgão.

Programa de Qualidade de Vida – Os Correios implantaram, em 2008, o Programa Viva com mais Saúde, que estimula o foco educativo para o autocuidado, prevenção de doenças e de riscos no trabalho (redução de acidentes). O lema do programa é: saúde na empresa e segurança no trabalho.

De acordo com a assessoria de imprensa do órgão, o programa foi bem aceito pelos empregados e vem obtendo crescente adesão nas respectivas ações preventivas. “Além disso, os Correios visam o bem –estar  dos empregados e impulsionam o desempenho global da empresa”, afirma Magalhães.

Há também outros programas socioeducativos que buscam a integração “empregado – empresa”. O objetivo desses programas é criar oportunidades de desenvolvimento pessoal e profissional dos funcionários, por meio de ações focadas no bem-estar físico e mental. Dessa forma, os profissionais participam de campeonatos esportivos, atividades culturais e reconhecimento no trabalho.

Samantha Cerquetani/SP

Veja também:

Correios: inscrições seguirão abertas até 29 de janeiro

A vida em parágrafos: na bagagem, histórias de outros destinatários

Comentários

Mais Lidas