Tudo Sobre

Empregos Diário do Concurseiro

Teimosia, repetição e fé: o segredo para o sucesso

Formada em direito, a concurseira Tamara Cardoso e Cardoso de Freitas conta como se preparou para o concurso de juiz leigo do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ/BA). Confira o depoimento!



Tamara Cardoso e Cardoso de Freitas
Publicado em 21/08/2015, às 15h14

Meu nome é Tamara Cardoso e Cardoso de Freitas, sou recém-casada, tenho 30 anos, sou baiana, formada em direito e fui aprovada em terceiro lugar para o cargo de juiz leigo da comarca de Guanambi, na Bahia. O concurso que passei foi organizado pela Consultec, sob a supervisão do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ/BA).

Quando fui convidada para falar sobre minha aprovação no processo seletivo fiquei muito honrada, feliz e pensei muito sobre o que eu poderia dizer para fazer a diferença na vida do concurseiro que lê os depoimentos dos aprovados.

Lembrei de mim mesma lendo todos os depoimentos e me perguntando o que de especial tinham aquelas pessoas e como eu poderia me tornar tão vitoriosa quanto elas. Hoje digo a vocês que não tenho nada de especial, não sou nenhum “geniozinho”, mas o que me move é o sonho da aprovação. Sou movida por ideais e pela vontade de ser reconhecida como alguém que faz a diferença para a sociedade.

Quero ser alguém que usa todo o conhecimento acumulado para mudar a vida das pessoas, sendo eficiente e cordial com a população. Não há nada pior do que você ter um problema e ir ao Judiciário e ser mal atendida, ou tratada com menosprezo. Nada pior do que ser um número no meio da multidão.

Veja também: concursos federais que serão lançados ainda em 2015

Não serei hipócrita em dizer que também não busco realização profissional e financeira, mas uma coisa eu digo: quem entra no mundo dos concursos pensando apenas no dinheiro não aguenta o rojão! É preciso muito mais, é preciso ter convicção, certeza, pois quem não as tem, logo desiste.


Muitas pessoas perguntam por onde estudei, quantas horas de estudo, se fiz cursinho, se resolvi questões, qual o meu método, enfim, vou destacar o meu método de estudos para esse concurso em especial.

Para a seleção de juiz leigo eu me baseei praticamente na leitura da lei seca e na resolução de questões por meio do QConcursos.com. Além disso, assisti a aulas das matérias específicas – no meu caso, como ia fazer concurso para juiz leigo, com atuação primordial nos Juizados Especiais, eu assisti a todas as aulas de Juizados Especiais que o QConcursos oferecia.

Apesar do tempo que destinei aos estudos, na minha opinião, as três palavras-chave para aprovação em concursos são teimosia, repetição e em si mesmo e em Deus!

É só teimar que passa! Teime que você é capaz, mesmo com todas as dificuldades, e mesmo se as pessoas duvidarem. Repita todo o edital, veja todo o conteúdo e repita novamente, novamente e novamente.

Tenha fé em si mesmo e não se importe com a concorrência. A maioria não se dedicou como você, não pagou o preço que você pagou, e tenha fé em Deus, porque sem Ele você não teria mãos para escrever, olhos para ler e nem saúde para teimar e repetir.

Sei que pode parecer meio clichê as coisas que escrevi, mas para mim foi essa a receita para a aprovação no concurso.

Eu continuo estudando, pois ainda não alcancei o meu objetivo de vida, não cheguei na minha tão sonhada magistratura estadual, mas continuo teimando, repetindo e tendo fé! Afinal, como dizia o poeta Fernando Pessoa: "Eu sou do tamanho do que vejo. E não do tamanho da minha altura...".

+ Resumo Empregos Diário do Concurseiro

Diário do Concurseiro
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Não definido
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: AC, AL, AM, AP, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RO, RR, RS, SC, SE, SP, TO

+ Agenda

20/08/2016 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas