345 vagas para escrevente

Concurso TJ/SP: inscrições terminam nesta sexta (6)

Tribunal de Justiça de São Paulo promove concurso para escrevente, com maior parte das vagas para o interior e o litoral do Estado, cujas inscrições serão aceitas até às 16h. Salário de R$ 3,8 mil

0,00(0.0%)0 voto(s)

Yahell Luci Lima
Publicado em 06/03/2015, às 09h58

Terminam nesta sexta-feira (6), às 16h, as inscrições do concurso público do Tribunal de Justiça do Estado São Paulo (TJ/SP), que visa a contratação de profissionais para o cargo de escrevente técnico judiciário. A exigência da carreira é de, no mínimo, ensino médio completo.

Os interessados no  concurso do TJ/SP devem garantir participação pelo site da banca organizadora, a Fundação Vunesp (www.vunesp.com.br). As inscrições só serão efetivadas após o pagamento da taxa no valor de R$ 50.

No edital consta 345 vagas, distribuídas entre a 2ª e a 10ª Região Administrativa Judiciária, que engloba 274 municípios do interior e litoral do Estado, mais as cidades de Franco da Rocha, Cajamar, Francisco Morato e Caieiras, localizadas na Grande São Paulo.

Prepare-se para o concurso do Tribunal de Justiça


Provas Anteriores do TJ
Simulado para TJ
APOSTILAS CONCURSO TJ/SP - ESCREVENTE
Inicialmente, estavam previstas cerca de 600 vagas (apenas para litoral e interior). Porém, o órgão ainda aguarda uma decisão, por parte do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), sobre os remanescentes dos concursos de 2012 e 2013, que pleiteiam o direito de nomeações. Desta forma, o TJ resolveu divulgar o edital com um número menor de oportunidades, ressaltando a existência desta pendência e que os aprovados no novo certame poderão ser nomeados ainda durante a vigência das nomeações dos remanescentes, desde que não existam mais candidatos a serem convocados na respectiva região.

Salário


A função de escrevente apresenta remuneração de R$ 3.878,07 para trabalhar 40 horas semanais e, além disso, oferece auxílios para alimentação, saúde e transporte

Atribuições do escrevente do TJ/SP

Os selecionados para ocupar o posto serão responsáveis por executar atividades relacionadas à organização dos serviços que envolvam as funções de suporte técnico e administrativo às unidades do Tribunal de Justiça; dar andamento em processos judiciais e administrativos; atender ao público interno e externo; elaborar e conferir documentos; controlar a guarda do material de expediente; atualizar-se quanto à legislação pertinente à área de atuação e normas internas.

Seleção

O processo seletivo será dividido em duas etapas. Na primeira os candidatos farão uma avaliação objetiva de caráter eliminatório e classificatório.
O exame está previsto para ser aplicado no dia 26 de abril nas cidades sedes das Regiões Administrativas Judiciárias, que são Araçatuba, Bauru, Campinas, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos e Sorocaba.
Veja também: TJ/SP abre concurso com 30 vagas de contador judiciário
A prova objetiva terá 100 questões de múltipla escolha sobre língua portuguesa, conhecimentos em direito (direito penal, direito processual penal, direito processual civil, direito constitucional, direito administrativo e normas da corregedoria geral da justiça) e conhecimentos gerais (atualidades, matemática, informática e raciocínio lógico). 
Os aprovados no concurso do TJ/SP serão submetidos, ainda, a prova prática de formatação e digitação de texto.

Cotas


Do total de oportunidades, 50 são reservadas para pessoas com necessidades especiais, que podem se inscrever no concurso desde que a deficiência seja compatível com as atribuições do cargo. 
Os concorrentes nessa condição deverão comunicar a deficiência, especificando-a na ficha de inscrição e, no período das inscrições, encaminhar via Sedex ou pessoalmente à Fundação VUNESP (Rua Germaine Burchard, 515, São Paulo/SP, CEP 05002-062) relatório médico atestando a espécie, o grau ou nível da deficiência, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doenças (CID).

Preparação para o concurso

Quem deseja se inscrever na seleção tem uma grande aliada na busca pela aprovação: a prova do último concurso do TJ/SP, realizado no fim de 2014, com vagas somente na capital e Grande São Paulo. 
Como o conteúdo programático é idêntico, tentar resolver o exame pode ser a melhor forma de testar seus conhecimentos e chegar mais bem preparado para a prova. Para auxiliar os candidatos, o JC oferece a correção da prova objetiva do último concurso do TJ/SP.
Se, mesmo com a correção, sentir dificuldade em alguma disciplina, não deixe de conferir as dicas de estudo para a prova de escrevente.
*Matéria atualizada em 6 de março de 2015 às 09h58min

Sobre Vunesp

Criada em 1979, a Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (Vunesp) possui personalidade jurídica de direito privado, sem fins lucrativos. A banca tem como principais atividades: planejar, organizar, executar e supervisionar o  vestibular da Unesp; realizar vestibulares e concursos diversos para outras instituições e promover as atividades de pesquisa e extensão de serviços à comunidade, na área educacional.

Comentários

Mais Lidas