Eleições 2020: os planos do favorito à Prefeitura de BH para concursos

Com 62% das intenções de voto, atual prefeito Alexandre Kalil desponta como favorito a faturar o pleito eleitoral na capital mineira no primeiro turno, segundo a mais recente pesquisa Ibope

Samuel Peressin | samuel@jcconcursos.com.br
Publicado em 11/11/2020, às 13h39 - Atualizado em 12/11/2020, às 08h05

Eleições 2020 - sede da Prefeitura de Belo Horizonte
Divulgação

A corrida pela Prefeitura de Belo Horizonte, terceiro maior colégio eleitoral do país, com 1,9 milhão de eleitores, deve ser decidida no primeiro turno das eleições 2020, segundo a mais recente pesquisa Ibope.

Divulgado na segunda-feira (9), o último levantamento de intenções de voto mostra que Alexandre Kalil, candidato à reeleição, aparece como grande favorito a faturar o pleito: ele tem a preferência de 62% das pessoas. Os dois concorrentes mais próximos são:

  • João Vítor Xavier (Cidadania), com 7%;
  • e Áurea Carolina (PSOL), que tem 5%.

Nos últimos dias, o JC Concursos tem apresentado uma série de publicações avaliando as perspectivas em torno de novos concursos públicos para algumas das principais capitais brasileiras. Já foram abordados os municípios de São Paulo e do Rio de Janeiro.

Com base nos programas de governo entregues à Justiça Eleitoral, a análise tem como foco principal as propostas para educação, saúde e segurança – setores funcionalismo público que concentram a maioria dos servidores. Confira, a seguir, o que Kalil propõe para essas três áreas:

  • Saúde: O candidato elenca, entre outros desafios, a necessidade de melhorar os serviços de atenção primária à saúde e de atenção hospitalar, ambulatorial e urgência de emergência. Para isso, propõe direcionar "esforços ao planejamento da força de trabalho", mas não entra em detalhes sobre a contratação de novos profissionais por meio de concursos.
  • Educação: A proposta de ampliar a oferta de vagas na educação integral e em escolas de ensino especial também consta nas diretrizes do programa de governo. Embora o documento não apresente informações, o município tem concurso público em planejamento para 213 vagas de professor e bibliotecário escolar. Em setembro, o Instituto AOCP foi oficializado como vencedor da licitação para escolha da banca responsável pela organização do processo seletivo.
  • Segurança: Se reeleito, o atual prefeito promete ampliar o efetivo da Guarda Municipal. Para isso, garante que nomeará os aprovados no concurso aberto em 2019. Com 500 vagas, o processo seletivo teve o resultado final homologado em agosto passado. As contratações, no entanto, ainda não começaram em função da pandemia de coronavírus (Covid-19), segundo o plano de governo.

+ Clique aqui para ler o programa de governo de Alexendre Kalil na íntegra

+ Leia aqui o programa de governo de João Vítor Xavier (Cidadania)

+ Confira neste link o programa de governo de Áurea Carolina (PSOL)

concursos autorizadosconcursos abertosconcursos mg (minas gerais)concursos 2020

Comentários

Mais Lidas