Tudo Sobre

Concurso SEE

SP: autorizada contratação de 3.936 professores

De um total de 3976 vagas, 3.936 são para aprovados em concursos para o magistério, sendo 1.158 para peb I do estado e 2.778 na prefeitura, para professores de educação infantil e fundamental



Fernando Cezar Alves
Publicado em 08/09/2017, às 14h50

O governador Geraldo Alckmin e o prefeito de São Paulo, João Doria, além do partido e da pretensão em disputar as eleições presidenciais de 2018, têm mais um ponto em comum. Ambos aproveitaram o feriado de 7 de setembro para adotar medidas no sentido de reforçar o quadro de professores da rede pública de ensino. Juntos, estado e prefeitura contaram com nada menos do que 3.976 vagas autorizadas nesta data, por meio de publicação em diário oficial, para preenchimento por meio de convocação de aprovados em concursos já realizados, sendo 3.936 somente para professores.  
No caso da Secretaria Estadual de Educação, o governador concedeu aval para a convocação de nada menos do que 1.158 docentes, para o cargo de professor de educação básica I, para nomeação de aprovados no último concurso para o cargo, realizado em 2014. Esta é a segunda autorização governamental para a nomeação de remanescente deste certame em 2017. Em 8 de julho, Alckmin já havia autorizado a convocação de 547 aprovados na seleção.
Ao todo, o concurso de PEB I contou inicialmente com uma oferta de 5.734 vagas, destinadas para atuar na área de alfabetização dos alunos da rede estadual de ensino, matriculados do 1º ao 5º ano do ensino fundamental, sendo os profissionais capacitados para lecionar em programas como Ler e Escrever, para alfabetização e o Ensino de Matemática para Anos Iniciais (EMAI). 
A autorização ocorreu junto com o aval para realização de novo concurso e convocação de remanescentes para vagas temporárias de agente de organização escolar que, somados, garantem mais 1.935 vagas no órgão, o que representa 3.093 postos autorizados para a SEE/SP no dia 7 de setembro. 


Prefeitura

Já em âmbito municipal, o prefeito João Doria não fica atrás, tendo autorizado, neste feriado de 7 de setembro, a nomeação de 2.818 servidores, para a convocação de remanescentes em concursos já realizados durante a gestão do ex-prefeito Fernando Haddad. Destas, 2.778 são para a Secretaria Municipal de Educação (SME/SP) também para oportunidades na área docente.
Do total de postos autorizados pelo prefeito, 700 são para o cargo de professor de educação infantil e 2.078 para professor de ensino infantil e fundamental I.
Assim como Alckmin, esta é a segunda vez em 2017 que o prefeito autoriza a nomeação de remanescentes do concurso para professores . A primeira ocorreu em 4 de fevereiro, quando o prefeito concedeu aval para a nomeação de 2.246 profissionais, sendo 959 para professores de educação infantil e 1.287 para professores de educação infantil e ensino fundamental I.
O concurso para professores de educação infantil, destinados aos centros de educação infantil com crianças de zero a três anos, ocorreu em 2015, com uma oferta inicial de 600 vagas. Já no caso de professor de educação infantil e ensino fundamental I, a seleção ocorreu um ano antes, em 2014, para o preenchimento de 3.514 postos.
Além disso, a autorização do prefeito do último dia 7 também prevê a nomeação de mais 40 remanescentes de concursos públicos realizados pela prefeitura, sendo 22 para o cargo de agente de apoio, /auxiliar de serviço hospitalar, cinco para assistente técnico de saúde – técnico de enfermagem e 13 para assistente de gestão de políticas públicas.  

+ Resumo do Concurso SEE

SEE
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Professores
Áreas de Atuação: Educação
Escolaridade: Ensino Superior
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: SP

+ Agenda do Concurso

08/09/2018 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas