Diversos cargos

Iases ES: iniciada escolha da banca para 53 vagas

Do total de postos autorizados, 16 são para cargos com exigência de ensino médio e 37 para nível superior, com remunerações iniciais de até R$ 4,4mil. Edital em breve

Fernando Cezar Alves
Publicado em 22/11/2018, às 15h12

O Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (Iases/ES) divulgou, por meio de publicação em diário oficial, na última quarta-feira, 21 de novembro, a comissão multidisciplinar do seu  novo concurso público, autorizado pelo governador Paulo Hartung em 26 de junho. A comissão multidisciplinar, que não corresponde à comissão organizadora, que já havia sido formada, tem por responsabilidade coordenar o processo de escolha da banca organizadora, que deve ser anunciada em breve. Somente após a contratação da empresa poderá ser anunciada a data de publicação do edital de abertura de inscrições. 

Ao todo serão oferecidas 53 vagas, sendo 16 para quem possui ensino médio e 37 para carreiras com exigência de nível superior, com remunerações iniciais de até R$ 4.443,60.

De acordo com o governador, o novo concurso deve reforçar áreas estratégicas do poder Executivo. “São recomposições importantes para que o estado evolua na capacidade de dar respostas aos cidadãos. Os concursos vão permitir reforçar, com um conjunto de profissionais, áreas estratégicas do governo e, no Iases, no trabalho de ressocialização de jovens que precisam ser recuperados”, disse.  

O governador ainda afirmou que o Poder Público precisa equilibrar a arrecadação de custeio com investimentos. “Para cuidar das pessoas precisamos estar com as contas organizadas. Precisamos dar um passo de cada vez e do tamanho da perna. Temos que ter muito equilíbrio e fazer contas e, com isso, estamos conseguindo aumentar o nível de investimentos em relação ao ano passado”, analisou.

A comissão multidisciplinar é formada pelos servidores Jorge Eduardo Francisco Cardoso e Joseani Martins Cardoso 

Já a comissão do concurso  é presidida pela servidora Ana Claudia Passos Santos Silva (Seger) e conta, ainda, com os seguintes membros: Claudine Horta (Seger), Ana Maria F. Henrique Deorce (Seger), Kamilla Mota Neiva (Seger), Taisa Andrade Soares (Seger), Ticiana Lilian Zaupa (Seger), Heloiza da Rocha Rodrigues (Seger), Jorge Eduardo Francisco Cardoso (Iases), Joseani Martins Cardoso (Iases), Marleide Rodrigues da Silva (ARSP), Alieda Alves Coutinho (ARSP),  Chander Rian de Castro Freitas (Iema), Jacqueline Miceli Chicralla (Iema), Carlos Lourenço Danielli Nogueira (Ipem), Indiana Nascimento Silva de Oliveira (Ipem), Rodrigo Borges Ramalho (IOPES), Camila Rodrigues Lobo (IOPES), Tamara Matos de Moura (Detran) e Paula Mageski Cardoso (Detran). 

Ensino Médio

Todas as 16 vagas destinadas para quem possui ensino médio serão para o cargo de assistente de suporte socioeducativo. Neste caso, a remuneração inicial é de R$ 1.825,82. Além disso, os aprovados também contarão com auxílio-alimentação de R$ 300.

Nível Superior
Para nível superior, das 37 vagas, 15 serão destinadas para o cargo de analista de suporte socioeducativo, dez para assistente social socioeducativo, cinco para pedagogo socioeducativo e sete para psicólogo socioeducativo.

Para todas as carreiras, o inicial é de R$ 4.443,60, mas os aprovados também contarão com auxílio-alimentação de R$ 300.      

No caso de analista de suporte socioeducativo, a formação deverá ser nas áreas de administração, ciências contábeis, direito, economia e jornalismo.
Para assistente social, nível superior em serviço social e registro no conselho.

Para pedagogo socioeducativo, bacharelado em pedagogia, com registro no conselho

Por fim, para psicólogo socioeducativo, bacharelado em psicologia e registro no conselho.
   

Mais Lidas