Concursanda modelo

A atual Miss Mundo Amazonas busca estabilidade e qualidade de vida por meio dos concursos públicos

Redação
Publicado em 15/10/2012, às 13h51

Renata Reis tem 20 anos, é natural de São José do Rio Preto, no interior de São Paulo,estudante universitária, concurseira e, por essa, você leitor, não esperava, Miss Mundo Amazonas 2012. O objetivo da candidata agora é ingressar como técnico judiciário nas fileiras do Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Rio de Janeiro, cujas provas foram aplicadas no final de agosto. 

A rotina de modelo faz parte da vida de Renata desde os sete anos. Participou, desde então,de inúmeros ensaios fotográficos, propagandas e desfiles. Aos 18 anos foi convidada a participar do primeiro concurso de miss, o Miss Estado do Rio de Janeiro, por um missólogo, profissional que é uma espécie de preparador de misses. 

Recentemente,também por meio de missólogos, Renata foi convidada a ser “Miss Global Rio de Janeiro” e “Miss Brazil”, em El Salvador (país caribenho). “Não aceitei por ainda estar representando o Amazonas. Mas, no futuro, acho que não descarto”. 

No ano passado, Renata consagrou-se Miss Mundo Amazonas. O concurso de Miss Mundo foi criado na Inglaterra em 1951 e é anterior ao Miss Universo, porém, acabou perdendo para aquele a primazia no conhecimento popular. A principal diferença é que o Miss Mundo também considera as características socioculturais das candidatas, que são eleitas misses Beleza Praia, Esportes, Beleza com Propósito e Talento. 

“A preparação para o concurso de Miss Mundo foi tranquila e prazerosa. Sempre fui adepta de exercícios, esportes, o que me ajudou a não procurar intervenções cirúrgicas”, descreveu Renata. Nem só de magreza se faz uma miss, ao longo da carreira ela fez curso de etiqueta, maquiagem, dança, passarela e teatro. 

Após o título, o mercado ficou mais interessado na modelo, que passou a ser mais requisitada para outros trabalhos. “Principalmente, desfiles de joias, roupas,sapatos, bolsas... ‘presença vip’ em diversos tipos de evento, etc.”, enumerou.Na última semana, quando concedeu essa entrevista ao JC&E, Renata participava da Capital Fashion Week,a principal feira de moda de Brasília (DF). 

A disciplina para ingressar no mundo concorrido dos concursos foi adquirida modelando. “A rotina de miss é bem criteriosa: acordar cedo, ir à Academia do Concurso, estudar, cumprir agenda de visitas solidárias, cumprir agenda de trabalhos, dar atenção à família e amigos. Estar de bem com a vida é fundamental”. Hoje, após a academia ela segue para o curso vespertino. À noite,revisa a matéria, ritual que será repetido no final de semana. Nas horas livres– sim, ela consegue algumas nessa agenda concorridíssima – ela aproveita pararelaxar, indo à praia ou lendo um livro. 

Seguir carreira no setor público é a prioridade de Renata, agora. “Sou universitária do curso de direito e a estabilidade do concurso público é algo sustentável na minha vida, para bancar os meus sonhos”, explicou. Ela já prestou concurso para o Ministério Público da União, para o cargo técnico, em 2010, porém, avalia que poderia ter sido aprovada caso já estivesse participando de um curso preparatório. Simultaneamente, ela já se prepara para o concurso de admissão na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). “O estudo para a OAB é diário – como o preparo para um vestibular. Vejo que não é fácil, pois o exame da Ordem está cada vez mais criterioso. E o índice para aprovação é altíssimo”, observa a miss. 

“Por conta da minha profissão tenho que estar sempre bem arrumada: cabelos, corpo, etc.Tenho que ser exemplo de beleza – o porte, a maneira de falar, de vestir, de andar... O mundo de miss me trouxe mais responsabilidades. Presto muita atenção nos horários. Estou mais exigente. Isso é muito bom para os meus estudos e o meu futuro”, analisa Renata.  A trajetória da concursanda revela que o tempo das meninas que achavam que rostinho bonito seria garantia de um futuro garantido, ficou para trás. Ela representa uma nova geração, que não tem medo de combinar beleza e inteligência. Mais que um exemplo de beleza, podemos dizer, um modelo de concurseira.

Aline Viana

Comentários

Mais Lidas