Academia do Barro Branco

Concurso PM SP: edital e prova oficial do Barro Branco

Para concorrer ao cargo de aluno oficial da Academia do Barro Branco da PM SP (Polícia Militar de São Paulo) é necessário possuir nível médio completo e idade de 17 a 30 anos. Salário inicial é de R$ 2,9 mil

0,00(0.0%)0 voto(s)

Fernando Cezar Alves
Publicado em 22/03/2019, às 10h47 - Atualizado em 10/06/2019, às 13h04

Quem pretende ingressar na PM SP através do concurso para a Academia do Barro Branco, entidade ligada a Polícia Militar do Estado de São Paulo, foi divulgado o edital do novo concurso para oficial do Barro Branco 2019. A seleção contará com uma oferta de 190 vagas, sem distribuição de oportunidades por sexo. As inscrições serão recebidas a partir do próximo dia 22 de abril, com atendimento até 6 de junho.

Para concorrer ao cargo de oficial do Barro Branco é necessário possuir ensino médio, idade de 17 a 30 anos (exceto para servidores da corporação) e altura mínima de 1,60m para  homens e 1,55 m para mulheres. A remuneração inicial da carreira é de R$ 2.988,06. 

As inscrições poderiam ser feitas somente pela internet, na página eletrônica da organizadora, que será a Fundação Vunesp, pelo site www.vunesp.com.br

A taxa é de R$ 130. Quem deixar a inscrição para o último dia poderá efetuar o pagamento até o primeiro dia útil posterior

Atribuições do oficial do Barro Branco

Cabe aos servidores após o curso de oficiais, a gestão e comando de pessoas e análise e administração de processos, por intermédio da utilização ampla de conhecimentos na busca de soluções para os variados problemas pertinentes às atividades jurídicas e administrativas de preservação da ordem pública e de polícia ostensiva, em conformidade com a filosofia de polícia comunitária e direitos humanos, além de outras definidas em lei, por intermédio da conclusão com aproveitamento do bacharelado em ciências policiais de segurança e ordem pública, destinado a formar, com solidez teórica e prática, o profissional ocupante do posto inicial de oficial.

Processo seletivo do concurso da PM SP 2019

A seleção para o ingresso no curso de oficiais da PM SP é composta de seis etapas, incluindo provas objetivas, exames de aptidão física, exames de saúde, avaliação psicológica, avaliação de conduta social e idoneidade, além de análise de documentos.

A aplicação das provas objetivas está marcada para ocorrer em 30 de junho, no período da manhã;

O exame ocorrerá nas cidades de Araçatuba, Bauru, Campinas, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo e Sorocaba.

A parte objetiva contará com 80 questões, sendo 24 sobre ciências humanas e suas tecnologias (8 de história, 4 de filosofia,  4 de sociologia e 8 de geografia), 30 sobre linguagens, códigos e suas tecnologias (24 de língua portuguesa e 6 de língua inglesa ou espanhola) , 10 de matemática, 4 de física, 4 de química,  4 de biologia, 2 de noções de administração pública e 2 de noções básicas de informática.

Prova anterior PM SP Barro Branco

Para auxiliar nos estudos, o JC Concursos liberou as provas anteriores do órgão e, também, para o cargo de oficial da PM, além dos gabaritos para consulta das questões aplicadas. É importante avaliar se a organizadora será a mesma para o novo processo de seleção, direcionando a preparação para o estilo da banca.

Sobre PM SP - Polícia Militar de São Paulo

A Polícia Militar de São Paulo (PM SP) tem em sua função prioritária a polícia ostensiva e a preservação da ordem pública no Estado de SP. Para fins de organização é uma força auxiliar e reserva do Exército Brasileiro, assim como os demais órgaos de segurança pública do Estado e integra o Sistema de Segurança Pública e Defesa Social brasileiro e está subordinada ao Governo do Estado de São Paulo através da Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP).

Em 15 de dezembro de 1831, por lei da Assembleia Provincial, foi criado o Corpo de Guardas Municipais Permanentes, composto de cem praças a pé, e trinta praças a cavalo, em atendimento ao decreto Imperial baixado pelo Regente Feijó. A Polícia Militar, assim como o Corpo de Bombeiros, a Guarda Nacional, a Marinha e Exército Fixo, faziam parte da Força Pública do Estado de São Paulo. Seus integrantes são denominados militares estaduais (artigo 42 da CRFB), assim como os membros do Corpo de Bombeiros Militar de São Paulo (CB PMESP). Atualmente, em efetivo, é a maior polícia do Brasil e a terceira maior Instituição Militar da América Latina, contando com aproximadamente 100.000 policiais.

Sobre Vunesp

Criada em 1979, a Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (Vunesp) possui personalidade jurídica de direito privado, sem fins lucrativos. A banca tem como principais atividades: planejar, organizar, executar e supervisionar o  vestibular da Unesp; realizar vestibulares e concursos diversos para outras instituições e promover as atividades de pesquisa e extensão de serviços à comunidade, na área educacional.

Comentários

Mais Lidas