Níveis médio e superior

Tribunal de Contas/DF: concurso em pauta para 43 vagas

O Orçamento reservou verbas para a realização do concurso do TCDF. Expectativa é de que o certame tenha oportunidades para técnico, analista e auditor

0,00(0.0%)0 voto(s)

Camila Diodato
Publicado em 26/04/2017, às 13h01

Está em pauta a realização de um novo concurso público para o quadro de pessoal do Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF). A abertura da seleção consta no Orçamento para este e prevê 43 vagas, sendo 33 de nível superior e dez para ensino médio.
A proposta não apresenta os cargos específicos, mas o quadro do TCDF compõe-se da seguinte maneira: técnico de administração pública (nível médio), analista de administração pública (superior) e auditor de controle externo (superior).
Os salários iniciais oferecidos pelo tribunal correspondem a R$ 9.524,81 para técnico e a R$ 15.905,12 para analista e auditor.

Sobre os cargos do TCDF


O técnico tem a função de executar serviços e atividades de apoio técnico-administrativo necessários ao funcionamento das unidades dos serviços auxiliares do TCDF.
Quem ocupa a posição de auditor deve executar atividades relacionadas à fiscalização contábil, financeira, orçamentária, patrimonial e operacional da administração pública do Distrito Federal, bem como examinar a legalidade dos atos de admissão, de aposentadoria, de reforma e de pensão.

Prepare-se para o concurso do Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF)

SIMULADO ONLINE PARA TRIBUNAL DE CONTASVIDEOAULA PARA TRIBUNAL DE CONTASCURSO ONLINE - TRIBUNAL DE CONTAS/DF
As tarefas do analista variam de acordo com a especialidade a ser aberta. A carreira está distribuída entre as áreas de arquivologia, biblioteconomia, psicologia e serviços técnicos e administrativos.

Último concurso do TCDF


No final de 2013, o Tribunal de Contas do Distrito Federal lançou três editais com 69 oportunidades. O Cespe/UnB foi a instituição contratada para ficar com a responsabilidade de organizar o certame.
Do total de ofertas, 19 eram para auditor, 12 para técnico e 38 para analista. Algumas chances ficaram reservadas aos portadores de necessidades especiais.
Todos candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas e discursivas. Os testes objetivos constaram de perguntas no estilo certo ou errado.

Comentários

Mais Lidas