Tudo Sobre

Concurso TJ SP 2021 - Escrevente

Saiba quais são as principais informações do concurso Tribunal de Justiça SP

As inscrições no concurso TJ SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) serão recebidas até o dia 02 de setembro



Victor Meira | victor@jcconcursos.com.br
Publicado em 06/08/2021, às 11h35 - Atualizado em 11/08/2021, às 10h01

Concurso TJ SP: prédio do Palácio da Justiça de São Paulo
Concurso TJ SP: prédio do Palácio da Justiça de São Paulo

As inscrições no concurso TJ SP (Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo) para o cargo de escrevente técnico judiciário já estão abertas. O processo seletivo conta com uma oferta de 845 vagas distribuídas em todo o estado. A seleção para o TJ SP é um dos principais certames para os paulistas em 2021.

Diversos candidatos já estão se preparando para o processo seletivo há muito tempo, mas para se destacar no concurso a pessoa deve conhecer todo o conteúdo programático da avaliação teórica e prática. Por isso, o JC Concursos retirou do edital os trechos que relatam o que vai cair na prova e como será a avaliação prática.

Antes de apresentar o conteúdo programático da prova, vamos te informar com os principais destaques do concurso TJ SP. Do total da 845 vagas, 400 postos são destinados para atuar na cidade de São Paulo e 60 para a região metropolitana da capital. As 385 oportunidades restantes são para os municípios do interior e do litoral.

Para participar do processo seletivo, o candidato deve ter o ensino médio completo e disponibilidade para trabalhar 40 horas semanais. Segundo o edital, a carreira de escrevente oferece um salário de R$ 4.981,71. Além de benefícios trabalhistas como auxílio alimentação de R$ 45 por dia (que pode chegar até R$ 990 com 22 dias úteis); auxílio saúde de R$ 330 e auxílio transporte.

+ Saiba o que faz um escrevente judiciário

De acordo com a estimativa da equipe do JC Concursos, os vencimentos do escrevente no TJ SP podem chegar até  R$ 6.301,71 por mês, considerando a soma de todos os benefícios. Ademais, com a aprovação no cargo, o futuro servidor pode ter uma remuneração ainda maior de acordo com os critérios de qualificação escolar. O edital relata um aumento percentual no salário caso o funcionário tenha os seguintes cursos: 5% (para servidores com curso superior); 7,5% (especialização); 10% (mestrado); 12,5% (doutorado). Vale ainda ressaltar que com os planos de carreira internos, a tendência é de que os salários fiquem cada vez maiores.

Confira a distribuição das vagas

As vagas no concurso TJ SP para escrevente variam conforme as dez Regiões Administrativas Judiciárias (RAJs). Veja como as oportunidades estão distribuídas:

  • 1ª Região (São Paulo): 460 postos
  • 2ª Região (Araçatuba): 35
  • 3ª Região (Bauru): 40
  • 4ª Região (Campinas): 70
  • 5ª Região (Presidente Prudente): 45
  • 6ª Região (Ribeirão Preto): 55
  • 7ª Região (Santos): 30
  • 8ª Região (São José do Rio Preto): 40
  • 9ª Região (São José dos Campos): 35
  • 10ª Região (Sorocaba): 35

Inscrições

Para se inscrever no concurso TJ SP basta que o candidato preencha os seus dados no site da banca organizadora, a Vunesp, até o dia 02 de setembro. O valor da taxa é de R$ 79.

A seleção é organizada pela Fundação Vunesp. Em caso de dúvidas, os candidatos podem obter mais informações com a banca por meio do telefone (11) 3874-6300, em dias úteis, das 8h às 18h.

Principais informações sobre a prova

A avaliação teórica está agendada para o dia 31 de outubro. A prova objetiva contará com 100 questões de múltipla escolha e deve ser feita em até cinco horas. As questões estão distribuídas da seguinte forma:

  • língua portuguesa (24 questões);
  • conhecimentos em direito (40);
  • atualidades (6);
  • matemática (6);
  • informática (14);
  • raciocínio lógico (10).

Os aprovados na prova objetiva serão convocados para a segunda fase. Esta etapa será uma avaliação de formatação e digitação de texto utilizando o editor MS Word 2016. 

O que vai cair na prova do concurso TJ SP 

Com as principais informações do concurso TJ SP em mãos, agora você pode verificar todo o conteúdo programático da prova do processo seletivo para escrevente. Confira o que vai cair na prova:

Língua Portuguesa:

  1. Análise, compreensão e interpretação de diversos tipos de textos verbais, não verbais, literários e não literários.
  2. Informações literais e inferências possíveis.
  3. Ponto de vista do autor.
  4. Estruturação do texto: relações entre ideias; recursos de coesão.
  5. Significação contextual de palavras e expressões.
  6. Sinônimos e antônimos.
  7. Sentido próprio e figurado das palavras.
  8. Classes de palavras: emprego e sentido que imprimem às relações que estabelecem: substantivo, adjetivo, artigo, numeral, pronome, verbo, advérbio, preposição e conjunção.
  9. Concordância verbal e nominal.
  10. Regência verbal e nominal.
  11. Colocação pronominal.
  12. Crase.
  13. Pontuação. 

Conhecimentos em Direito:

  1. Direito Penal: Código Penal - artigos 293 a 305; 307; 308; 311-A; 312 a 317; 319 a 333; 336 e 337; 339 a 347; 357 e 359.
  2. Direito Processual Penal: Código de Processo Penal - artigos 251 a 258; 261 a 267; 274; 351 a 372; 394 a 497; 531 a 538; 541 a 548; 574 a 667 e Lei nº 9.099 de 26.09.1995 (artigos 60 a 83; 88 e 89).
  3. Direito Processual Civil: Código de Processo Civil - artigos 144 a 155; 188 a 275; 294 a 311 e do 318 a 538; 994 a 1026; Lei nº 9.099 de 26.09.1995 (artigos 3º ao 19) e Lei nº 12.153 de 22.12.2009.
  4. Direito Constitucional: Constituição Federal – Título II - Capítulos I, II e III; e Título III - Capítulo VII com Seções I e II; e também o artigo 92. 
  5. Direito Administrativo: Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Estado de São Paulo (Lei n.º 10.261/68) - artigos 239 a 323; e Lei Federal nº 8.429/92 (Lei de Improbidade Administrativa).
  6. Normas da Corregedoria Geral da Justiça (disponíveis no portal do Tribunal de Justiça – site: www.tjsp.jus.br, na área Institucional / Corregedoria / Normas Judiciais):
    - Tomo I – Capítulo II: Seção I – subseções I e II;
    - Tomo I - Capítulo III: Seções I, II, V, VI, VII;
    - Tomo I - Capítulo III: Seção VIII – subseções I, II e III;
    - Tomo I – Capitulo III: Seções IX a XV, XVII a XIX;
    - Tomo I – Capítulo XI: Seções I, IV e V;
    - Tomo I – Capitulo XI: Seção VI – subseções I, III, V e XIII. 

Atualidades:

  1. Questões relacionadas a fatos políticos, econômicos, sociais e culturais, nacionais e internacionais, ocorridos a partir do 1° semestre de 2021, divulgados na mídia local e/ou nacional;
  2. Artigos 1º ao 13; 34 ao 38 da Lei nº 13.146/2015 – Estatuto da Pessoa com Deficiência, com as alterações vigentes até a publicação deste edital. 

Matemática:

  1. Operações com números reais.
  2. Mínimo múltiplo comum e máximo divisor comum.
  3. Razão e proporção.
  4. Porcentagem.
  5. Regra de três simples e composta.
  6. Média aritmética simples e ponderada.
  7. Juros simples.
  8. Equação do 1.º e 2.º graus.
  9. Sistema de equações do 1.º grau.
  10. Relação entre grandezas: tabelas e gráficos.
  11. Sistemas de medidas usuais.
  12. Noções de geometria: forma, perímetro, área, volume, ângulo, teorema de Pitágoras.
  13. Resolução de situações-problema.

Informática:

  1. MS-Windows 10: conceito de pastas, diretórios, arquivos e atalhos, área de trabalho, área de transferência, manipulação de arquivos e pastas, uso dos menus, programas e aplicativos, interação com o conjunto de aplicativos MS-Office 2016 ou superior;
  2. MSWord 2016 ou superior: estrutura básica dos documentos, edição e formatação de textos, cabeçalhos, parágrafos, fontes, colunas, marcadores simbólicos e numéricos, tabelas, impressão, controle de quebras e numeração de páginas, legendas, índices, inserção de objetos, campos predefinidos, caixas de texto;
  3. MS-Excel 2016 ou superior: estrutura básica das planilhas, conceitos de células, linhas, colunas, pastas e gráficos, elaboração de tabelas e gráficos, uso de fórmulas, funções e macros, impressão, inserção de objetos, campos predefinidos, controle de quebras e numeração de páginas, obtenção de dados externos, classificação de dados. 
  4. Correio Eletrônico: uso de correio eletrônico, preparo e envio de mensagens, anexação de arquivos. 
  5. Internet: navegação na internet, conceitos de URL, links, sites, busca e impressão de páginas. 
  6. MS Teams: chats, chamadas de áudio e vídeo, criação de grupos, trabalho em equipe: Word, Excel, PowerPoint, SharePoint e OneNote, agendamento de reuniões e gravação.

Raciocínio Lógico:

De acordo com o edital, o raciocínio lógico visa avaliar a habilidade do candidato em entender a estrutura lógica das relações arbitrárias entre pessoas, lugares, coisas, eventos fictícios; deduzir novas informações das relações fornecidas e avaliar as condições usadas para estabelecer a estrutura daquelas relações. 

Além disso, ele também deve avaliar se o candidato identifica as regularidades de uma sequência, numérica ou figural, de modo a indicar qual é o elemento de uma dada posição. 

As questões da prova do concurso TJ SP para escrevente poderão tratar das seguintes áreas: estruturas lógicas, lógicas de argumentação, diagramas lógicos, sequências. 

Como será a prova prática

A segunda fase é uma prova prática de formatação e digitação de texto no MS Word 2016. Ela será feita por meio de duas atividades. A primeira é a formatação de um texto pré-estabelecido, em que o candidato deve destacar os seguintes itens: tipo de fonte, tamanho da fonte, formatação da fonte: negrito, itálico e sublinhado, alinhamento do texto, espaçamento do texto (entre linhas, entre parágrafos), margem e parágrafo.

A formatação do texto será pontuada de zero a dois pontos e o candidato tem até cinco minutos para terminá-la. Para cada erro de formatação será descontado 0,2 ponto. 

Já a segunda atividade é a digitação de uma cópia de um texto impresso, com aproximadamente 1,8 mil caracteres em tempo máximo de 11 minutos. A digitação será pontuada de zero a oito pontos. Para cada erro cometido será descontado 0,05 ponto.

Os erros serão contados caractere a caractere (a mais, a menos ou diferente), em comparação com o texto original, considerando-se erro toda e qualquer divergência. A produção em desacordo, extra e/ou a falta de digitação do texto original será considerada como erro. A correção considerará como correto, somente a cópia fiel do texto que será fornecido para a digitação. 

A nota do candidato na segunda fase será calculada segundo a fórmula: Nota = 8 – (erros x 0,05) + 2 – (erros x 0,2).

A prova prática (formatação e digitação) terá caráter eliminatório e será considerado aprovado o candidato que nela obtiver nota igual ou superior a 5 (cinco) pontos, os demais serão considerados reprovados.

Sobre Vunesp

Criada em 1979, a Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (Vunesp) possui personalidade jurídica de direito privado, sem fins lucrativos. A banca tem como principais atividades: planejar, organizar, executar e supervisionar o  vestibular da Unesp; realizar vestibulares e concursos diversos para outras instituições e promover as atividades de pesquisa e extensão de serviços à comunidade, na área educacional.

+ Resumo do Concurso TJ SP 2021 - Escrevente

TJ SP - Tribunal de Justiça de São Paulo
Vagas: 845
Taxa de inscrição: De R$ 79,00
Cargos: Escrevente
Áreas de Atuação: Administrativa
Escolaridade: Ensino Médio
Faixa de salário: De R$ 6301,71 Até R$ 6301,71
Organizadora: Vunesp
Estados com Vagas: SP

+ Agenda do Concurso

30/07/2021 Abertura das inscrições Adicionar no Google Agenda
02/09/2021 Encerramento das inscrições Adicionar no Google Agenda
31/10/2021 Prova Adicionar no Google Agenda
concursosconcursos publicosconcursos abertosconcursos abertos spconcursos sp (são paulo)

Comentários

Mais Lidas