Tudo Sobre

Concurso TJ

Escrevente TJ/SP: concurso com 600 vagas em 2015

Seleção ainda depende de decisão do CNJ, sobre pedidos de remanescentes dos últimos concursos. Exigência de ensino médio e inicial de R$ 4.848



Fernando Cezar Alves
Publicado em 05/01/2015, às 17h01

Continua a expectativa pela realização do novo concurso para o cargo de escrevente técnico judiciário do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ/SP), destinado às comarcas do interior e litoral paulista. A previsão é de 600 vagas, mas o quantitativo somente poderá ser confirmado após parecer do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) sobre os pedidos dos remanescentes dos concursos de 2012 e 2013, que alegam direito às vagas, em detrimento de novo certame.

Concurso TJ/SP: saiu edital com vagas no interior e litoral

O processo está na pauta para votação no plenário do conselho. Porém, não foi votado na última sessão de 2014, em 16 de dezembro. Agora, com o recesso judiciário, os interessados devem aguardar a retomada das sessões, que ocorrerá a partir de 3 de fevereiro.

Os remanescentes alegam que o órgão deveria encerrar a lista de aprovados, antes de realizar novo concurso, como anunciado em abril pelo presidente do TJ, desembargador Renato Nalini. Embora o candidatos aleguem direito às nomeações, o órgão argumenta que o prazo de validade dos concursos já encerrou, sem obrigatoriedade de prorrogação, e que foram nomeados mais aprovados que a oferta inicial.

Destaque: Pacote de Estudo do TJ.

Para concorrer ao cargo é necessário possuir ensino médio, com remuneração inicial de R$ 4.848, incluindo salário de R$ 3.878, auxílio-creche de R$ 200, auxílio-alimentação de R$ 29 por dia e auxílio-transporte de R$ 6 por dia, considerando 22 dias.

Assim que realizado, o concurso deve seguir os padrões da seleção para a primeira região, que engloba a capital e Grande São Paulo, realizado recentemente. A seleção conta com duas fases, com provas objetivas na primeira e exame prático de digitação e formatação na segunda. A parte objetiva consta de 100 questões, sendo 24 de língua portuguesa, 35 de direito e 40 de conhecimentos gerais, incluindo quatro de atualidades, dez de matemática, 16 de informática e dez de raciocínio lógico. A parte de direito inclui temas de penal, processual penal, constitucional e administrativo, além de normas da Corregedoria Geral da Justiça. 

Preparação

Quem aguarda o edital do TJ/SP com vagas de escrevente no interior e litoral pode ir estudando com base no concurso da 1ª região, já que o processo seletivo e o conteúdo programática serão idênticos.

As provas desta outra seleção foram aplicadas no dia 7 de dezembro e os gabaritos saíram no dia 10.

Para auxiliar os candidatos na interpretação dos gabaritos, o JC&E preparou uma série de videoaulas com correções dos blocos de direito processual penal, direito penal e informática. Confira clicando aqui.

APOSTILA CONCURSO TJ/SP - ESCREVENTE

*matéria atualizada às 16h59 de 05 de janeiro de 2015

Sobre Vunesp

Criada em 1979, a Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (Vunesp) possui personalidade jurídica de direito privado, sem fins lucrativos. A banca tem como principais atividades: planejar, organizar, executar e supervisionar o  vestibular da Unesp; realizar vestibulares e concursos diversos para outras instituições e promover as atividades de pesquisa e extensão de serviços à comunidade, na área educacional.

+ Resumo do Concurso TJ

TJ
Vagas: 600
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Escrevente Tecnico Judiciario
Áreas de Atuação: Administrativa
Escolaridade: Ensino Médio
Faixa de salário: De R$ 4848,00 Até R$ 4848,00
Organizadora: Vunesp
Estados com Vagas: SP

+ Agenda do Concurso

05/01/2016 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas