Caixa Econômica Federal inscreve estagiários

A bolsa-auxílio oferecida será de R$ 500, mais auxílio-transporte na quantia de R$ 130.

Douglas Terenciano
Publicado em 28/01/2015, às 15h39

A Caixa Econômica Federal publicou edital de processo seletivo com objetivo de formar cadastro reserva de estagiários de níveis médio e técnico. As inscrições ficam abertas até o dia 6 de fevereiro.

Os estudantes podem se inscrever para atuar em diversos municípios, distribuídos entre os Estados do Amazonas, Acre, Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Sergipe e Tocantins e, além do Distrito Federal.

Para participar da seleção é necessário que os estudantes estejam matriculados e com frequência efetiva nas instituições de ensino médio e técnico, vinculados ao ensino público ou particular, no 1º ou 2º ano, e que tenham idade mínima de 16 anos no ato da assinatura do contrato. Entretanto, no Estado do Maranhão, só podem concorrer alunos de cursos técnicos integrados ao ensino médio, nas áreas de administração, finanças e secretariado, além de Educação de Jovens e Adultos (EJA).

A bolsa-auxílio oferecida será de R$ 500, mais auxílio-transporte na quantia de R$ 130. A jornada de estágio será de 25 horas semanais, distribuídas em cinco horas diárias.

Após as inscrições, o processo seletivo consistirá em análise curricular e documental e entrevista pessoal na unidade da Caixa com profissionais responsáveis pelo setor da vaga ofertada. O resultado desta seletiva será divulgado no site do CIEE, órgão responsável pela seleção dos candidatos.

Interessados devem efetuar pré-inscrição no site www.ciee.org.br. Vale ressaltar que a inscrição só será confirmada mediante a entrega da documentação exigida (declaração de escolaridade, histórico de notas e cópias de RG e CPF) até as 17h do dia 13 de fevereiro, exceto para o Estado de Pernambuco, no qual o período se encerra no dia 12 do mesmo mês, em uma das unidades de operação do CIEE.

Comentários

Mais Lidas