CAT tem 1.020 vagas nas áreas de limpeza e conservação

O salário mais alto será o dos zeladores, no valor de R$ 1.100 mensais. Para as demais funções, a remuneração oscila entre R$ 550 e R$ 800.

Redação
Publicado em 05/05/2011, às 15h56

Entre os dias 9 e 11 de maio, os postos de atendimento do Centro de Apoio ao Trabalho da capital paulista selecionarão 1.020 profissionais para cargos em prestadoras de serviços de limpeza e conservação de condomínios.

As ofertas estão divididas entre as funções de porteiro (730 oportunidades), vigilante (197), jardineiro (61), limpador de vidros (28) e zelador (quatro).

Perfil - Para concorrer às ocupações, os candidatos precisam ter experiência de seis meses no cargo.

Já quanto à formação, a maioria das chances exige ensino fundamental concluído. Porém, no caso das vagas na portaria, 60% dos postos são para trabalhadores que terminaram o ensino médio e possuem noções de informática.

Remuneração - Os valores oscilam de acordo com a colocação pretendida, em uma faixa salarial que parte de R$ 550 e chega a R$ 800.

O maior vencimento é exclusividade dos novos zeladores, que contarão com R$ 1.100 mensais.

Cadastro - Os interessados devem comparecer ao CAT mais próximo com carteira de trabalho, RG e CPF originais.

Os endereços das unidades, bem como informações adicionais, podem ser obtidos no site www.prefeitura.sp.gov.br/trabalho ou pela Central de Atendimento ao Munícipe (telefone 156).

Seleção - A escola dos profissionais será feita em duas etapas. A primeira será promovida nos CATs, enquanto a segunda se realizará nas prestadoras de serviços contratantes.

Os escolhidos receberão treinamento, uniforme, vale-transporte e auxílio-refeição.

Pâmela Lee Hamer

Veja mais:

15 vagas: Kalunga procura profissionais para lojas de São Paulo

Capital paulista: Maxipark seleciona 50 manobristas

Necessidades especiais/SP: NET contrata dez profissionais para salário de R$ 916

Comentários

Mais Lidas