Tudo Sobre

Empregos Carreira

Veja os 15 cargos com salários mais altos em São Paulo

A pesquisa foi feita com trabalhadores de todos os níveis hierárquicos e avaliou a média salarial de cada carreira. A remuneração paga a diretores industriais lidera o ranking dos cargos executivos



Douglas Terenciano
Publicado em 26/01/2015, às 09h47

A Catho, empresa de recrutamento online, divulgou pesquisa sobre as profissões que melhor remuneram na cidade de São Paulo. O destaque fica por conta dos profissionais da área contábil e médicos. O levantamento foi feito com trabalhadores de todos os níveis hierárquicos e avaliou a média salarial mensal de cada profissão.

A primeira posição ficou com os controllers (área financeira), com ganhos de R$ 11.125, 38. Na segunda colocação da lista geral ficou o posto de médico clínico geral, com salário médio mensal de R$ 9.806,43. Em terceiro aparece o cargo de médico do trabalho, com R$ 9.758,80.

Confira a lista completa:
1° Controller (financeiro) - R$ 11.125,38
2° Médico clínico geral - R$ 9.806,43
3° Médico do trabalho - R$ 9.758,80
4° Médico auditor - R$ 9.493,13 
5° Médico ginecologista - R$ 9.440
6° Médico psiquiatra - R$ 8.966,67
Engenheiro de planejamento e controle - R$ 8.857
8° Engenheiro de planejamento - R$ 8.701,64
9° Médico dermatologista - R$ 8.666,67
10° Arquiteto de sistemas - R$ 8.568,71
11° Arquiteto de soluções - R$ 8.208,33
12° Engenheiro orçamentista - R$ 8.100,60
13° Projetista hidráulico - R$ 8.008,06
14° Especialista financeiro - R$ 7.648,64
15° Arquiteto Java - R$ 7.643,16

Cargos executivos

A empresa também divulgou uma outra lista, somente com os maiores salários entre os cargos executivos de nível hierárquico maior. O posto de diretor industrial aparece como o profissional melhor remunerado de São Paulo, com média mensal de R$ 22.296,31. Diretor de negócios e diretor de obras completam a lista dos três cargos de melhor salário do município, com R$ 21.457,14 e R$ 21.383,33, respectivamente.

Veja a lista de cargos executivos:

1° Diretor industrial - R$ 22.296,31
2° Diretor de negócios - R$ 21.457,17
3° Diretor de obras - R$21.383,33
4° Diretor jurídico - R$ 20.362,58
5° Diretor de operações - R$ 19.792,41
6° Diretor geral - R$ 18.971,40
7° Diretor de recursos humanos - R$ 18.120,80
8° Diretor de tecnologia da informação - R$ 16.275,94
9° Diretor de logística - R$ 16.000
10° Diretor de vendas - R$ 15.965

Escolaridade

Além disso, a pesquisa também analisou os impactos dos níveis de escolaridade dos profissionais em diferentes níveis hierárquicos. Para um diretor, por exemplo, uma pós-graduação pode representar um aumento salarial de até 91,80%, de R$ 7.023,20 para R$ 13.741,14.

Veja também: 81% dos brasileiros prefere trabalhar com o que gosta e ganhar menos

E quando o assunto é o conhecimento em um segundo idioma, a diferença salarial não fica para trás. No caso dos supervisores, falar outra língua pode aumentar o salário em até 76,73%, de R$ 2.753,74 para R$ 4.866,58. Já para os gerentes, o ganho mensal pode ser de até 65,69% maior, de R$ 5.563,90 para R$ 9.219,07.

+ Resumo Empregos Carreira

Carreira
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Administrativa, Operacional
Escolaridade: Alfabetizado, Ensino Fundamental, Ensino Médio, Ensino Técnico, Ensino Superior, Não informado
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: SP

+ Agenda

26/01/2016 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas