MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Empresa de cidadania italiana abre mais de 50 vagas de emprego em SP

Trastevere Cidadania oferece vagas nas áreas de vendas, financeiro, atendimento ao cliente, genealogia e retificação. Saiba todos os detalhes!

Sede da Trastevere Cidadania, em Santo André (SP)
Sede da Trastevere Cidadania, em Santo André (SP) - DIvulgação
Douglas Terenciano

Douglas Terenciano

douglas@jcconcursos.com.br

Publicado em 25/08/2023, às 11h53 - Atualizado às 13h32

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Para quem busca uma recolocação no mercado de trabalho, a Trastevere Cidadania, empresa especializada em cidadania italiana, sede em Santo André, abre mais de 50 vagas de emprego no município, entre elas para cargos de assistente de vendas, assistente financeiro, atendimento ao cliente, além de cargos no departamento de genealogia e retificação de documentos.

Nessas três últimas funções, a empresa busca por profissionais que tenham experiências anteriores em cartórios de registro civil e que possuam conhecimento em retificações, análise de certidões para a confecção do processo administrativo de retificação e leis gerais de Registro Civil, além do ensino médio completo. Já para as demais vagas, é necessário que o candidato tenha o ensino médio completo e esteja cursando faculdade.

A Trastevere Cidadania, que ainda possui sede em Campinas, Rio de Janeiro, Curitiba, Porto Alegre e Roma, oferta esse importante número de vagas na sede andreense, localizada no Bairro Jardim. O novo espaço com mais de 380 metros quadrados será inaugurado oficialmente ainda neste ano.

Os interessados nesses cargos devem encaminhar os currículos para o e-mail trabalheconosco@trasteverecidadania.com. Vale ressaltar que a Trastevere Cidadania oferta oportunidade nas vagas de vendas, financeiro, atendimento ao cliente, genealogia e retificação.

Dicas para entrevista de emprego

O desafio de superar os demais concorrentes durante uma entrevista de emprego fica cada vez mais acirrado. Quem está fora do mercado de trabalho por um longo período tende a sentir ainda mais esse peso, já que é comum afetar a autoestima e a confiança desses profissionais.

Normalmente, a insegurança diante dos questionamentos de um recrutador é grande, especialmente na hora de explicar os motivos de estar tanto tempo fora do mercado. Ter uma postura otimista e transparência a respeito das dificuldades de recolocação pode ajudar a conquistar o novo posto, mas também é fundamental deixar claro que os meses parados não foram desperdiçados. Ao contrário, o tempo foi usado para se reciclar, fazer cursos, aprender e voltar ao trabalho ainda mais preparado do que antes. É essencial que o candidato não deixe o desânimo, o medo e a insegurança predominar, pois pode afetar seu desempenho durante a entrevista ou dinâmica de grupo.

O trabalhador deve ser transparente e franco com relação ao momento vivido, mas, ao mesmo tempo, mostrar-se confiante e seguro de que está pronto para dar o melhor de si na nova oportunidade.

A instabilidade econômica do país faz com que muitas empresas cortem custos e, com isso, bons profissionais perdem seus postos. É importante analisar o campo de atuação em que busca uma vaga para observar as possibilidades. Lembre-se: cada setor/área tem uma característica, com maior ou menor velocidade de recolocação, mesmo nos tempos de crise.

Siga o JC Concursos no Google Newsempregosvagas de emprego

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.