MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Segundo estudo, carreira no ramo dos jogos eletrônicos ganha força no Brasil

Segundo o estudo, o público feminino também vem crescendo dentro do jogos eletrônicos

Carreira nos eSports vem ganhando força
Carreira nos eSports vem ganhando força - Freepik
Victoria Batalha

Victoria Batalha

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 30/03/2023, às 10h21 - Atualizado às 10h25

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Jogar apenas por diversão está no passado, cada vez mais o cenário de eSports ganha forças no Brasil e torna-se opção de carreira para muitas pessoas. É o que revela o estudo realizado pela Pesquisa Game Brasil (PGB) e foi divulgado na última quarta-feira, 29 de março, pelo SX Group e Go Gamers, em parceria com a ESPM e Blend New Research. 

Para poder realizar o estudo, foram entrevistadas 14.825 pessoas em todo o país em janeiro este ano. 58,3% dos entrevistados responderam que os jogos oferecem oportunidades de carreira profissional. 

Entre as áreas que oferece mais oportunidades, segundo os gamers são:

  • Criação de conteúdo de jogos - 68,3%;
  • Publicidade e Marketing com jogos - 68%;
  • Programação de Jogos - 66%;
  • Efeitos visuais - 65,7%;
  • Arte, ilustração ou animação de jogos - 65%. 

82,1% dos entrevistados responderam que consideram os jogos com uma de suas principais fontes de diversão. Outro fator é que 70,1% dos brasileiros dizem que jogam algum tipo de game. O público feminino vem crescendo dentro do consumo dos jogos eletrônicos, principalmente nos jogos em smartphones. Porém, homens ainda são maioria, com 53,8% do público, enquanto mulheres são 46,2%. 

24,8% das pessoas responderam que já terem gasto até R$ 100 em jogos; 29,2% já gastaram entre R$ 101 a R$ 500; 12,7% entre R$ 501 até R$ 1 mil; e 12,9% gastaram mais de R$ 1 mil. 

Além disso, os gamers também disseram que já gastaram de outras formas, como 31,2% com moedas virtuais; 29,6% com expansões de jogos; 27,5% com melhorias de itens. 

Quanto ganham profissionais do eSports

O salário no cenário profissional dos jogos eletrônicos também é muito atrativo.

ProPlayers podem receber entre R$ 5 mil a R$ 30 mil, dependendo do nível de experiência, elo e jogo. Treinadores podem receber entre R$ 4 mil a R$ 25 mil. Os Analistas podem receber mensalmente R$ 3,5 mil até R$ 18 mil. Os Managers podem chegar a ganhar R$ 4,5 mil a R$ 17 mil.

Além disso, o mundo dos games oferecem vagas também para outras áreas, como social midia, que pode chegar a R$ 4 mil a R$ 12 mil, dependendo de qual equipe está responsável. Designers podem trabalhar criando identidade visual, layouts e emojis para streams, recebendo R$ 4,5 mil a R$ 12 mil. 

O mercado também abre portas para psicólogos, que irão ajudar a dar suporte emocional para os jogadores, com salário de R$ 2,5 mil a R$ 10 mil. 

Siga o JC Concursos no Google News

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.