MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Apenas 12,7% dos profissionais de TI são mulheres

Mulheres também disseram sofrer preconceito durante os processos seletivos e dentro das empresas

Mulheres representam 10% dos profissionais de TI
Mulheres representam 10% dos profissionais de TI - Freepik
Victoria Batalha

Victoria Batalha

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 27/03/2023, às 10h54 - Atualizado às 10h59

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O mercado de tecnologia continua aquecido mesmo com as demissões em massa acontecendo nas big techs, porém, o número de profissionais de TI do sexo feminino ainda é muito baixo, pelo menos é o que diz um estudo realizado pela empresa de tecnologia no mercado de recrutamento, Revelo. 

Apenas 12,7% dos profissionais de tecnologia são mulheres. Os cargos mais ocupados pelas profissionais são nas áreas de:

  • Analista de Qualidade;
  • Product Owner;
  • Business Intelligence. 

Porém, nos cargos para Back-End, Infraestrutura e Full-Stack, a relação é 10 profissionais homens para uma mulher. Porém, o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), apontou um aumento de 60% de mulheres na área, mesmo assim, a desigualdade ainda é grande no setor de tecnologia. 

Preconceito com mulheres no TI

Um outro estudo realizado pela Yoctoo, chamado de “Os Principais Desafios de Mulheres em Tech”, mostrou que ao menos 78% das mulheres já sofreram preconceito na área. Sendo que 61% sofreram nas empresas, 36% sofreram nos ambientes educacionais e 32% foram discriminadas durante os processos seletivos. 

Ainda conforme o levantamento, 46% das mulheres disseram que sofrera manterruping, que é quando um homem interrompe a fala de uma mulher antes que ela termine; 35% já sofreram mansplaining, que é quando um homem explica algo já dito pela mulher; e 33% já passaram por bropriating, quando um homem leva créditos por algo realizado por uma mulher. 

Além disso, o assédio moral também é presente, 21% das profissionais já relataram casos. E 19% falaram que passaram por situações de gaslighting, quando fazer uma mulher duvidar da sua sanidade e capacidade. 

Um estudo realizado pela ONU Mulheres, 1 a cada 5 (22%) profissionais são mulheres na área de tecnologia de ponta, por exemplo, na área de inteligência profissionais. No Brasil, os números são ainda menores, apenas 14% estão nesse setor dentro do mercado de tecnologia

Siga o JC Concursos no Google News

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.