Signa abre 50 vagas para trabalho remoto; saiba mais

As vagas vão desde estágio em desenvolvimento até Back-end e Front-end Developer, tester, Ux, segurança de dados, entre outras

Douglas Terenciano | douglas@jcconcursos.com.br
Publicado em 19/05/2021, às 14h57

vagas emprego
Divulgação

A Signa, startup que profissionaliza estruturas de e-commerces, está com mais de 50 posições abertas, que vão desde estágio em desenvolvimento até Back-end e Front-end Developer, tester, Ux, segurança de dados, entre outras.

"Somos uma empresa com mais de 15 anos em excelência no mercado", comenta o co-fundador e CEO Franklin Bravos da Signa. "Mesmo com a turbulência da pandemia, vimos nosso ticket médio aumentar 295% e o GVM dos clientes cresceu mais de 90% em comparação a 2019, que ficava na faixa de R$ 6 milhões ao ano. Com novos profissionais, queremos não apenas expandir as operações como também refinar cada vez mais a entrega para nossos parceiros", acrescenta.

Os interessados devem cadastrar currículo no site www.signativa.com.br/trabalhe-na-signa ou enviá-lo para o e-mail todentro@signativa.com.br. Todas as vagas da Signa são 100% remotas e os requisitos variam de acordo com cada posição.

Dicas para entrevista de emprego

O desafio de superar os demais concorrentes durante uma entrevista de emprego fica cada vez mais acirrado. Quem está fora do mercado de trabalho por um longo período tende a sentir ainda mais esse peso, já que é comum afetar a autoestima e a confiança desses profissionais.

Normalmente, a insegurança diante dos questionamentos de um recrutador é grande, especialmente na hora de explicar os motivos de estar tanto tempo fora do mercado. Ter uma postura otimista e transparência a respeito das dificuldades de recolocação pode ajudar a conquistar o novo posto, mas também é fundamental deixar claro que os meses parados não foram desperdiçados. Ao contrário, o tempo foi usado para se reciclar, fazer cursos, aprender e voltar ao trabalho ainda mais preparado do que antes. É essencial que o candidato não deixe o desânimo, o medo e a insegurança predominar, pois pode afetar seu desempenho durante a entrevista ou dinâmica de grupo.

O trabalhador deve ser transparente e franco com relação ao momento vivido, mas, ao mesmo tempo, mostrar-se confiante e seguro de que está pronto para dar o melhor de si na nova oportunidade.

A instabilidade econômica do país faz com que muitas empresas cortem custos e, com isso, bons profissionais perdem seus postos. É importante analisar o campo de atuação em que busca uma vaga para observar as possibilidades. Lembre-se: cada setor/área tem uma característica, com maior ou menor velocidade de recolocação, mesmo nos tempos de crise.

empregosvagas de emprego

Comentários

Mais Lidas