Mais de 8 mil vagas na área de telemarketing

Cargo de teleoperador exige entre ensino fundamental incompleto e ensino médio completo. As empresas não exigem experiência

Douglas Terenciano
Publicado em 22/12/2014, às 14h55

Por não exigir experiência dos candidatos, a área de telemarketing é a porta de entrada para o mercado de trabalho de muitos jovens em busca do primeiro emprego. Atualmente, a companhia especializada no ramo Atento e o Centro de Apoio ao Trabalho – CAT, da Prefeitura de São Paulo, juntos, oferecem um total de 8.267 vagas em todas as regiões do país.

Atento

São 7.430 oportunidades para o cargo de teleoperador espalhadas em unidades da empresa por todo o Brasil. As exigências são de ensino médio completo, bom vocabulário, fluência verbal, boa dicção, bom relacionamento interpessoal, dinamismo e conhecimentos básicos de informática e digitação.

As atividades a serem desempenhadas pelos contratados são de atendimento ao cliente final, que pode ocorrer de forma segmentada: ativo, receptivo e processamento de transações. Os selecionados receberão treinamentos específicos para atuação de acordo com as necessidades de cada um de seus clientes.

Todas as oportunidades são em regime celetista e os teleoperadores terão direito aos benefícios de assistência médica, vale-refeição ou vale-alimentação, seguro de vida, assistência odontológica, vale-transporte, auxílio-creche e auxílio à criança especial. A remuneração varia de acordo com o cliente e a carga horária.

O processo seletivo consiste em análise curricular, em que candidatos pré-selecionados serão convocados a segunda etapa, que pode ocorrer no mesmo dia caso haja tempo hábil, com testes de português, matemática, raciocínio lógico e verbal. Durante a seleção, os participantes poderão ser submetidos à dinâmica de grupo conforme a demanda de interessados. Por fim, os aprovados farão entrevista individual com gestores de recursos humanos da Atento.

Interessados devem cadastrar currículo no site www.atento.com.br.

CAT

Com 837 vagas, o maior número de oportunidades abertas atualmente nas unidades do Centro de Apoio ao Trabalho, a função de operador de telemarketing ativo exige entre ensino fundamental incompleto e ensino médio completo, dependendo da empresa contratante. Cursos relacionados a atendimento ao público serão considerados requisitos diferenciais.

As colocações estão distribuídas por todas as regiões da capital paulista. Os salários oferecidos chegam a R$ 1.000, conforme o posto e desempenho do funcionário.

Os operadores de telemarketing têm como atribuições do cargo as tarefas de ligar para pessoas físicas ou jurídicas; oferecer um produto ou serviço; fornecer informações sobre promoções e facilidades; explicar detalhadamente os produtos ou serviços vendidos e discorrer sobre preços e formas de pagamento; fornecer informações e sanar dúvidas dos clientes sobre qualquer parte do sistema oferecido; e efetuar a venda do pacote promocional, produto ou serviço, recolhendo dados necessários fechando o negócio e registrando todas as informações.

Para participar é necessário que o trabalhador apresente RG, CPF, carteira de trabalho e PIS. Em decorrência das comemorações de fim de ano, as unidades dos CATs não terão expediente nos dias 24, 25 e 31 de dezembro e 1º de janeiro de 2015. Nos demais dias o atendimento será normal, das 8h às 17h. Os endereços e mais informações podem ser obtidos no site www.prefeitura.sp.gov.br/trabalho ou na Central de Atendimento ao Munícipe pelo telefone 156.

Comentários

Mais Lidas